empreender com a herospark

Você ainda não sabe como ganhar dinheiro no YouTube? Então, não deixe de pensar nessa oportunidade. Isso porque a plataforma de vídeos continua sendo uma ótima opção para quem busca uma renda extra (ou até principal) na internet.

Se você ainda não está convencido, saiba que 60% das pessoas preferem assistir vídeos no lugar de ver televisão ao vivo, conforme mostrou o Google. Além disso, o YouTube é o segundo maior mecanismo de pesquisa do mundo.

E agora, ficou interessado em ganhar dinheiro com o YouTube? Então, continue a leitura!

Como ganhar dinheiro no YouTube: 7 métodos de monetização

Há quem pense que existem muitas dificuldades em criar um canal e ganhar dinheiro na maior plataforma de vídeos do mercado. E isso não é mentira!

No entanto, apesar de não ser um caminho tão simples, é possível monetizar dinheiro com o YouTube seguindo exatamente algumas etapas. Por isso, confira quais são elas!

 

1. Crie um canal no YouTube

Naturalmente, para começar, o primeiro passo é ter uma conta na plataforma. Para isso, basta acessar a página do YouTube e seguir os passos a seguir:

 

Cadastro

  1. Ao abrir a página inicial, selecione o botão “Fazer login”, no canto superior da tela;
  2. Na tela de login, selecione a opção “Criar conta”, no final da página;
  3. Em seguida, escolha se a conta será pessoal ou para gerenciar o seu negócio;
  4. Se você já possui uma conta do Google, selecione a opção “Faça login ao invés disso”, no final da página. Caso não possua, preencha com os seus dados e crie uma senha de acesso.

 

Canal

Após entrar no seu perfil, é hora de, finalmente, criar o seu canal. Essa etapa também pode ser feita rapidamente. Para isso:

  1. Selecione a opção “Crie um Canal”, no canto superior da página;
  2. Você verá uma tela para preencher o nome e selecionar a imagem do seu canal. O tamanho ideal para a foto perfil é de 800×800 px; 
  3. Insira a descrição do seu canal. Se você trabalha como afiliado e vende um curso online, por exemplo, pode compartilhar informações relacionadas.

Pronto! Agora você poderá personalizar o seu canal de acordo com o seu conteúdo. Para isso, veja as configurações e dicas de ferramentas para deixá-lo com a cara do seu negócio nesse artigo.

 

2. Obtenha parte da receita do YouTube Premium

Optar por assinatura é comum entre o público-alvo com maior poder aquisitivo, interessado em conteúdos de investimentos, por exemplo.

Assim, se o seu usuário paga a assinatura do YouTube, por mais que não ganhe com os anúncios, você recebe parte da receita. 

Nesse sentido, saiba que o YouTube Premium permite o download dos vídeos offline, o que pode reduzir o seu número de visualizações. Por outro lado, ele permite a visualização do conteúdo em segundo plano, o que, provavelmente, aumenta a métrica de tempo de visualização. 

 

3. Divulgue links de afiliados

O YouTube é uma fonte gigante de tráfego. Então, se você é afiliado a infoprodutos e produtos físicos, crie conteúdos relacionados a eles e divulgue os links na chamada para ação.

Assim, você trabalha toda a consciência da audiência sobre determinado produto, quebra objeções e disponibiliza o link para que você ganhe a comissão. 

Da mesma forma que muitos afiliados fazem com o Instagram ou com blogs, você pode criar um canal nichado somente para a divulgação dos produtos digitais.

 

4. Ative os anúncios do Google AdSense 

Estas são as três tapas do AdSense, segundo o Google. Além de exibir os anúncios no seu site, o AdSense também pode exibir propagandas no seu canal do YouTube!

O Google AdSense é o método de monetização pioneiro da plataforma, no qual você veicula anúncios nos seus vídeos. 

A desvantagem desse método é que você precisa de, pelo menos, 1.000 inscritos e o seu conteúdo deve ter sido assistido durante 4 mil horas nos últimos 12 meses. 

Esse é o critério da plataforma para garantir que você tem uma produção razoavelmente constante e de aceitação pelo público.

Os pagamentos variam um pouco, mas, no geral:

  • Mil visualizações: 2 a 34 dólares;
  • Cem mil visualizações: 500 a 2,5 mil dólares;
  • Um milhão de visualizações: 2 a 4 mil dólares.

Lembre-se que, uma vez que o seu vídeo foi publicado, ele continuará gerando receita indefinidamente, como uma renda passiva. 

Se interessou? Então confira como criar uma conta no Google AdSense. 

  1. Acesse a página inicial do Google AdSense;
  2. No canto superior direito da página, selecione a opção “Primeiros passos”;
  3. Faça login na sua conta do Google;
  4. Ao abrir a página, você terá a opção de inserir uma URL (link) do site que você quer exibir seus anúncios. Se você deseja fazer isso mais tarde, selecione a opção “Ainda não tenho um site”;
  5. Configure as informações de sugestões personalizadas e selecione o país/território de pagamento. Deve ser o local onde você mora e você pode receber um PIN (Número de identificação pessoal) pelos Correios. Isso também ajuda a receber pagamentos no futuro. Preste atenção, pois não é possível mudar essas informações novamente no Google AdSense;
  6. Aceite os termos e condições.

Agora você já pode começar a usar o Google AdSense!

 

5. Produza conteúdo patrocinado

Neste método, você pode conversar ativamente com as empresas para fechar parcerias e obter cupons de desconto para o público. 

Assim, independentemente da marca ter um Programa de Afiliados, basta produzir conteúdo de qualidade, que tenha relação com o produto ou serviço e comercializá-lo. 

Nesse caso, mesmo que você não venda, você ganha a quantia combinada, diferentemente da afiliação, em que se ganha somente se houver venda. 

 

6. Faça transmissões ao vivo com Super Chats

Em vez de compartilhar o seu conteúdo em um vídeo já editado, marque uma live com seus inscritos ou com a sua audiência de outras redes sociais. Nessas transmissões ao vivo, você pode receber Super Chats e Super Stickers, que são mensagens destacadas das pessoas que querem que seus comentários sejam lidos ao vivo. 

A desvantagem deste método é que, para despertar o interesse de receber Super Chats, você já precisa ter uma audiência grande ou receber muitos comentários e perguntas nas lives, para que se justifique o investimento por parte do usuário. 

Uma forma de driblar esse problema, é fazer lives já trabalhando em algo, como jogando um videogame, editando imagens, desenhando, enfim, qualquer atividade que possa competir com a sua atenção em ler as mensagens.

 

[BÔNUS 1]: Como ganhar dinheiro com o YouTube 

Todas as dicas citadas anteriormente estão relacionadas com as formas de ganhar dinheiro diretamente na plataforma. Mas saiba que ela pode fazer ainda mais por você. Saiba como!

Crie uma estante de produtos no canal

Poucas pessoas utilizam essa técnica de monetização, mas é possível criar uma aba no canal do YouTube com o nome “Loja” e exibir itens com fotos, preços e o link externo para a loja virtual. 

A estante de produtos do YouTube comporta até 12 itens e o mais interessante é que eles podem ser fixados na página quando você faz uma transmissão ao vivo ou serem incluídos nas telas finais, quando o usuário termina de assistir um vídeo. 

 

Ranqueie conteúdos do seu site

É inevitável: existem palavras-chaves e assuntos praticamente impossíveis de rankear no Google. Então, em vez de pagar anúncios, você pode produzir vídeos sobre os assuntos e ocupar as primeiras posições ao lado de marcas de altíssima autoridade de domínio.

Por exemplo: a palavra-chave “empreendedor de sucesso” traz como primeiro resultado um artigo do Neil Patel. Como a disputa pode ser bastante acirrada, o Sebrae Talks aparece também no topo da página. Não com um artigo, mas com um vídeo, devidamente otimizado para rankeamento.

Dessa forma, você economiza com anúncios. Além do mais, não tem a taxa de conversão reduzida de forma tão intensa por não aparecer no Top 3 de uma pesquisa relevante para o seu negócio. 

 

[BÔNUS 2]: Perguntas frequentes sobre ganhar dinheiro com o YouTube

Apesar de ser uma proposta interessante, é comum surgirem questionamentos sobre o processo de ganhar dinheiro no YouTube, bem como se vale a pena mesmo investir energia na plataforma. 

Por isso, reunimos perguntas comuns para quem está começando tirar suas dúvidas e começar a sua jornada.

 

Quanto o YouTube paga por visualização?

O ganho no Youtube é calculado por custo a cada mil visualizações (CPM) e pode variar entre 0,25 e 4,50 dólares.

 

Como o pagamento é feito?

Com o seu cadastro no AdSense, você vai definir a forma para receber o pagamento. A conta deve aceitar remessas internacionais e o saque é liberado a partir de um valor mínimo  de 100 dólares.

 

Quando é possível sacar o dinheiro?

Após alcançar o mínimo de 100 dólares para o saque, basta fazer a solicitação pelo AdSense. O tempo pode variar de acordo com a instituição financeira e serviço escolhidos.

 

Qual é o valor pago por um vídeo com 1 bilhão de visualizações?

O valor pode variar de acordo com o custo a cada mil visualizações e com a cotação do dólar. Mas a estimativa é de algo entre 300 mil a 500 mil dólares.

E então, agora que você já sabe como ganhar dinheiro no YouTube, é hora de colocar a mão na massa e começar a produzir conteúdo. Seja como afiliado ou criando seu próprio material, é um bom momento para explorar o sucesso da plataforma.

Assim, para gravar vídeos ainda melhores, veja nosso guia completo sobre como montar um estúdio de gravação. Esse conteúdo com certeza te ajudará a entrar com o pé direito nessa plataforma de vídeos!

vender cursos online herospark

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *