herospark comece grátis agora

As grandes mudanças digitais, que se iniciaram no começo de 2020, pelo distanciamento social, ainda reverberam sob novas formas. Por isso é importante ficar por dentro das tendências de marketing de conteúdo de 2021.

 

Muitos negócios já se adaptaram ou ainda estão no processo. Mas as transformações nunca deixaram de acontecer.

 

Vale lembrar que o marketing de conteúdo é o método no qual se cria conteúdos de interesse do público-alvo e que, ao mesmo tempo, estão relacionados ao produto que se quer vender na Internet.

 

Saiba o que tem funcionado nessa área do marketing nos últimos anos. Boa leitura!

 

Aplicando as tendências de marketing de conteúdo 2021 no seu negócio

 

Em 2020, a Semrush realizou uma extensa pesquisa, que envolveu mais de 1500 agências de marketing digital em vários países, incluindo o Brasil. Conheça os insights que destacamos e o que fazer.

 

Estratégias

 

Se a sua empresa ainda não tem uma estratégia de marketing, você pode estar ficando para trás. Essa mesma pesquisa da Semrush, mas em 2019, verificou que 77% das empresas tinham seu plano de marketing de conteúdo. Já em 2020, essa porcentagem subiu para 84%.

 

Busque seguir estas etapas para estar dentro das tendências de marketing de conteúdo 2021 e concretizar sua estratégia:

 

  • Conheça o mercado em que você está inserido

 

Tenha clareza sobre o que você quer resolver com o seu produto, qual o seu posicionamento, o que é único e de valor no seu negócio. Para chegar a todas essas respostas, você precisará saber o que as pessoas buscam e, de preferência, ainda não foi solucionado no mercado.

 

  • Trace metas de forma inteligente

 

Produzir conteúdo sem um norte, sem traçar marcos e vislumbrar o ponto B pode dificultar tudo. O caminho mais fácil é ser um fazedor de posts, mas ele não leva você a lugar algum. Portanto, estabeleça metas.

 

Por exemplo: alcançar 1500 contas no Instagram nos próximos 2 meses ou gerar 10 levantadas de mão com e-mail marketing no próximo semestre.

 

  • Entenda a jornada de compra do seu consumidor

 

Para levar o seu negócio ao conhecimento do maior número de pessoas e, adicionalmente, gerar vendas de forma eficiente, é necessário ter uma jornada de compra bem desenhada.

 

O conteúdo pode aparecer para quem não sabe nada sobre o seu produto e, ao mesmo tempo, para quem já efetuou uma compra e tem o desejo de adquirir mais. Por isso, ele deve refletir as necessidades de perfis diferentes de clientes, de acordo com sua jornada.

 

Objetivos

 

As principais metas dos empreendedores digitais, em 2020, foram gerar mais leads de qualidade (79%), atrair mais tráfego para o site (75%) e melhorar a reputação da marca (57%).

 

A captação de leads passa, quase que necessariamente, pela elaboração de produtos digitais. Com o auxílio de ferramentas estratégicas, como a HeroSpark, você pode criar e distribuir ebooks, webinars e workshops para obter dados de pretensos clientes.

 

Inclusive, ter muitos visitantes no site faz parte da geração de leads. Para isso, você pode investir no tráfego pago ou orgânico. Cada um tem suas particularidades, então busque conciliar os dois. Ou seja, conteúdo de valor e anúncios que possam entregá-lo à audiência.

 

Táticas

 

Você já sabe quais estratégias são as mais indicadas, mas a tática mais promissora, segundo a pesquisa, foi a de otimização SEO (Search Engine Optimization), para 75% dos empreendedores.

 

Para aplicar essa abordagem, você precisa ter um site, um blog ou um canal no YouTube, por exemplo. Esses canais se beneficiam dessa otimização, que é um conjunto de técnicas capazes de levar o conteúdo para a primeira página de uma pesquisa no Google.

 

  • Site

 

O primeiro passo a tomar para ter um site otimizado é planejá-lo, antes de pôr a mão na massa.

 

Faça uma análise dos sites dos concorrentes. O que funciona para eles, na medida do possível, pode funcionar para você também.

 

A seguir, elabore um levantamento das páginas que você possa ter no site, baseado nas palavras-chaves mais interessantes e, aí sim, procure uma hospedagem e um tema leve e rápido para utilizar.

 

  • Blog

 

As pessoas estão sempre buscando respostas no Google e a maioria delas estão nos blogs. Então ainda é um formato muito apreciado pelo público, em geral. Ofereça uma boa experiência ao usuário (evitando botões que atrapalham a navegação, por exemplo), crie links para sites de confiança e deixe os conteúdos escaneáveis e fáceis de entender.

 

  • Canal no YouTube

 

Da mesma forma que se utiliza o Google como fonte de informações, o público também utiliza o YouTube. Basta vasculhar as sugestões que aparecem na barra de pesquisa.

 

Assim, ao publicar vídeos na plataforma, escolha thumbnails atrativas, segmente os trechos dos vídeos para ajudar as pessoas a encontrarem o que elas precisam rapidamente, insira tags e trabalhe bem as palavras-chaves.

 

Métricas de sucesso

 

As métricas que mais fizeram sentido para os produtos dos participantes da pesquisa também seguiram o que foi coletado em 2019: crescimento do tráfego orgânico (de 76 para 83%), número de leads (de 62 para 66%) e número de visualizações de página (de 60 para 70%).

 

Geração de leads e aumento do tráfego (incluindo o orgânico) também apareceram como objetivos importantes na estratégia de marketing de conteúdo. Além disso, o número de sessões ou visualizações de página também é um dos indicadores para saber se a estratégia de conteúdo está no rumo certo.

 

Reúna todos esses dados criando uma conta no Google Analytics.

 

Ferramentas

 

O top 3 de ferramentas mais utilizadas foram as de análise de site (88%), ferramentas de SEO (82%) e as de postagem automática nas redes sociais (69%). A vantagem é que a maioria das ferramentas de análise de site também ajudam com o SEO, veja algumas opções, a seguir.

 

Pagespeed Insights

 

O Pagespeed Insights é uma ótima ferramenta para análise inicial. O próprio Google criou e ela mede a velocidade do site, no computador e nos dispositivos móveis.

 

Você pode entregar conteúdos de alto valor, mas se o seu site não estiver atualizado e com a manutenção em dia, a comunicação não chegará aos usuários.

 

Analisador de SEO

 

Outra ótima ferramenta é o Analisador de SEO do Neil Patel. De forma gratuita, ele verifica quantas palavras-orgânicas seu site está rankeando, aponta erros críticos, faz a pesquisa de palavras-chave, gera ideias de conteúdos e outros.

 

Semrush

 

Outra opção é o acervo de funcionalidades do site da Semrush: seu painel de ferramentas SEO faz análise de domínio, verifica a saúde do site, dá ideias de conteúdos e dispõe de um assistente de escrita otimizada.

 

Veja também algumas tendências em SEO para alavancar seus resultados:

 

 

Tipos de conteúdos

 

O tipo de conteúdo que teve mais desempenho, para os respondentes, foram os posts de blog (92%).

 

Dessa forma, como parte também de uma tática que funciona, é importante organizar e atualizar o blog sempre que possível.

 

Crie conteúdos que se conectam, organizando-os com o uso de categorias e tags, com URLs amigáveis e enriquecidos com vídeos, infográficos e produtos digitais.

 

Canais

 

Mais uma vez, o blog (pesquisa orgânica) aparece como o canal de preferência, para 89% dos empreendedores.

 

O fato é que um site sem blog raramente terá resultados equivalentes aos que possuem blog, pois esse canal possibilita:

 

  • tráfego sempre aquecido;
  • oportunidades de viralização;
  • distribuição dos posts via newsletter.

 

O marketing digital não é uma ciência exata, mas acompanhar as tendências de marketing de conteúdo em 2021 ajuda a aumentar a eficiência dos processos — além de tornar o mercado cada vez mais profissional.

 

A HeroSpark conta com soluções que podem aperfeiçoar seu negócio digital. Conheça e tire suas dúvidas!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *