Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Tudo o que você precisa saber para criar um webinário

webinário

Quantos dos empreendedores digitais que você conhece já transmitiram um webinário? Diferente de uma live simples, essa transmissão envolve mais conhecimento, ainda mais pela utilização de uma apresentação de slides.

 

A HubSpot, junto da Wyzowl, uma companhia de marketing em vídeo, perceberam que 87% das empresas utilizavam os vídeos no marketing em 2020, sendo que essa porcentagem era de 63% em 2017 e 81% em 2018. Uma das versões mais pertinentes de vídeo é o webinário.

 

Além disso, o conteúdo audiovisual é, em regra, mais dinâmico e fácil de ser absorvido, para a maioria das pessoas. Porém, se, porventura, alguém da sua audiência prefere ler os materiais, basta disponibilizar um documento de transcrição da apresentação.

 

Convencido de que não só é possível, como você deveria incluir o webinário como estratégia para gerar leads? Entenda!

 

Por que você deveria utilizar um webinário para captar leads

Mais confiança e autoridade

Se posicionar digitalmente em uma apresentação, em torno de 61 minutos, passa a impressão de um empreendedor de conhecimento, que possui uma bagagem para compartilhar com as pessoas. 

 

Inclusive, mostrar quem você é dessa forma ajuda as pessoas a confiarem em você e, assim, decidirem fechar a compra do produto ou serviço. No webinário, há bastante diálogo: pela interação entre a própria audiência e quando a audiência pergunta e você responde. Absolutamente tudo é passível de ser esclarecido, diferente da leitura e da interpretação unilateral de um e-book ou infográfico. 

 

Atração de leads de boa qualidade

Os visitantes que se dão ao trabalho de se inscreverem para o seu webinário, marcar a data e horário na agenda e comparecerem ao evento são naturalmente mais responsivos e interessados na sua solução.

 

Além disso, o gatilho da reciprocidade faz bastante sucesso quando falamos em webinários. Muitos têm uma percepção de que o evento é grande e trabalhoso ao produtor, então não resistem em compartilhar dados com ele.

 

Disponibilidade de diferentes formatos de webinários

Além de ser um infoproduto completo, você pode fazê-lo de forma inédita em pelo menos três tipos:

 

  • Webinário educacional: é o tipo de transmissão em que seu objetivo é resolver um ou mais problemas dos leads e, inclusive, quando o título do webinar é “como fazer…” a presença dos inscritos tende a ser maior.
  • Estudos de caso: uma vez que os leads que assistem ao seu webinário estão em um estágio mais avançado do funil de vendas, eles se interessam sobre o retorno por investimento do produto e seus benefícios gerais, o que é bem apresentado no formato de estudo de caso.
  • Demonstração de produto: pelo mesmo motivo acima, clientes em potencial, já cientes do seu negócio possuem mais interesse sobre os detalhes de uso do produto ou serviço, o que uma demonstração satisfaz perfeitamente.

Possibilidade de gerar outros materiais

Depois que o evento acaba, você ainda não o extinguiu completamente. Você pode distribuir ou vender a transcrição, aproveitar os comentários e feedbacks que deram durante o evento para criar novos materiais, transformar a própria apresentação em posts. 

 

Basta cortar todo o vídeo em momentos estratégicos, como as vezes em que você fala alguma estatística ou ainda criar clipes de áudio. Fragmente esse material maior em vários pequenos e, assim, multiplique suas iscas digitais.

 

Como captar leads com um webinário

Identifique sua audiência

A única forma de você solucionar o problema do seu cliente em potencial ou detalhar seu produto ou serviço e revelar funcionalidades relevantes sobre ele, é conhecendo esse lead. Você pode fazer essa coleta de informações com os clientes já existentes, ou por pesquisas online e dinâmicas na redes sociais.

 

Algo que pouca gente faz para identificar a audiência é encontrar clientes que compraram os mesmos produtos ou, pelo menos, soluções parecidas às que você pretende promover no webinário. Isso pode fazer você compreender qual tom de voz ou posicionamento eles preferem mais.

 

Crie uma landing page própria para um webinário 

É na página de captura que seus visitantes irão se motivar a assistir o webinário. Você precisa ter boas justificativas para que eles invistam um momento para assistir seu conteúdo.

 

Por isso, não pode faltar na landing page: um título claro e objetivo, uma meta descrição que atrai, um vídeo curto que anime o visitante e explique brevemente sobre o que será a transmissão, um texto focado em uma vantagem com uma CTA, provas sociais e informações relevantes do seu currículo. Por fim, não esqueça de criar senso de urgência limitando as vagas e enfatizando que a palestra será gratuita.

 

Receba um convidado no evento

A recepção de um convidado em um webinário pode ser usado como efeito surpresa para o seu público, como pode atrair parte do público do convidado. Pelos dois caminhos, você pode obter mais leads.

 

Vale ressaltar que esse convidado deve ter necessariamente uma audiência parecida ou, pelo menos, tenha uma solução complementar à sua. Além disso, pesquise sobre esse convidado. O recomendado é que ele já tenha um histórico de produção de conteúdo de valor, assim não será uma pessoa que apenas tome espaço na sua transmissão.

 

Faça um follow-up com e-mails

A maioria dos inscritos para o seu webinário vão querer assistir apenas o replay e esse arquivo gravado faz parte do follow-up (ou acompanhamento). Essa estratégia é uma razão plausível para mandar alguns e-mails ao seu lead sem parecer inconveniente, afinal, se ele se inscreveu para a sua transmissão é porque há interesse no que você tem a dizer. 

 

Aproveite a ocasião para falar novamente sobre a oferta do webinário, já que o lead pode não ter assistido no momento que você anunciou ao vivo. Dessa forma, você nutre seus leads e ganha mais chances de conversão.

 

SparkFunnels

 

 

O webinário é uma estratégia de vídeo não tão explorada como deveria ser, embora os dados afirmem como o vídeo marketing é eficaz. Portanto, ache sua audiência, prepare uma landing page específica, transmita sua apresentação e acompanhe seus leads.

 

O que achou do conteúdo? Se você se interessa nas melhores formas de achar seu cliente ideal, assista nosso papo sobre persona nos negócios digitais!

 

Mais artigos para você

Mercado Digital: o que é e como funciona

A transformação digital não é somente realidade, mas uma necessidade. Você sabe o que é mercado digital? Se você ou …

O que é negócio escalável e 3 ideias

Negócio escalável, cada vez mais, prova que não é uma buzzword ou palavra da moda. A alta lucratividade, além de …

O que é oratória e 4 dicas para falar bem no seu curso online

Se você pretende criar cursos online, é necessário saber o que é oratória e como usá-la para desenvolver aulas mais …

O que é NFT: entenda como funciona este registro digital

Você sabe o que é NFT? Ele é um registro digital que transforma o seu bem digital em algo único. …

Bruno Perini: saiba quem é e conheça seus projetos

Curioso, focado, organizado e com um objetivo muito claro e bem definido. Essas características podem definir bem quem é Bruno …

Psicologia das cores no marketing: entenda o significado

O marketing de uma empresa abrange diversos detalhes que devem ser pensados para que ela se destaque em meio às …