Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


O que é nicho de mercado e como definir

o que é nicho

O tão falado nicho é a porção de um mercado, mais amplo, em que os produtos ou serviços especializados são vendidos. Definir o nicho e subnicho é vantajoso porque significa atender às demandas específicas que empreendimentos genéricos não suprem e, assim, as empresas nichadas constroem fidelidade e receita com um público que, geralmente, era negligenciado.

 

Vamos a um exemplo: temos o nicho de mercado de alimentos, certo? Contido nele, há o mercado de alimentação saudável, que atende os consumidores que preferem ou só podem ingerir alimentos sem glúten e sem lactose. Isso é um subnicho.

 

Não importa se o seu negócio é digital ou não, definir o nicho e subnicho para ele é quase uma obrigação. No Brasil, por exemplo, segundo nosso Panorama de Negócios Digitais 2020, 18% dos empreendedores digitais atuam em um nicho, o de Negócios, seguido de Marketing Digital e Educação.

 

Interessado em ter seu nicho de mercado bem delimitado também? Então leia o texto!

O que é e porque é importante ter um nicho e subnicho de mercado

Já parou para pensar que todo ninho é feito de filhotes muito parecidos, já que são do mesmo organismo progenitor? A etimologia de “nicho” vem de ninho e sua definição é parecida — é um conjunto de pessoas com perfil e interesses semelhantes e que, por essa razão, compõem uma ótima oportunidade de negócios. 

 

Afinal, se você concentra sua atenção e esforço para sanar os desejos de um público menor e mais homogêneo, a chance de sucesso se amplia. Isso se acentua ainda mais quando você consegue definir um subnicho dentro do seu nicho. Ou seja, deixar ainda mais especificado. 

 

Mas há mais vantagens envolvidas em ter um subnicho, perceba:

Lidar com menos concorrência

Mercados amplos abrigam empreendedores de várias categorias — de micro a grande. Não é nada fácil concorrer com empresários de peso, que possuem recursos e clientes fiéis, então se você está começando, ter seu subnicho logo no início pode ajudar a ter resultados mais rápido.

Cobrar de forma vantajosa pelos produtos ou serviços

Há explicações sólidas pelas quais o empreendedor nichado consegue cobrar mais pelo seu produto ou serviço: os clientes são específicos e não têm tantas opções para escolherem (o que retoma ao argumento da menor concorrência). Assim, o subnicho de mercado que é pouco explorado abre espaço para você colocar o preço mais livremente, sem considerar faixas de preços já existentes.

Ter um plano de marketing mais assertivo

Um dos indicadores de eficiência de campanhas de marketing é a precisão com que elas chegam aos clientes ideais. Se seus clientes não são semelhantes como em um ninho, mostrar que a sua solução é importante pode ser bem mais difícil. Interesses diferentes = comunicação também diferente.

Conseguir clientes mais qualificados e, por isso, com custo menor 

Se você reúne um grupo de pessoas com as mesmas necessidades e o seu trabalho é baseado nesse mesmo desejo, você não vai precisar se esforçar tanto e tentar persuadi-las a todo custo para obter vendas. Com isso, seu plano de marketing traz mais retorno e, por fim, mais faturamento.

67 headlines para páginas de vendas

Mostrar expertise

O conhecimento especializado, por definição, está ligado à especificidade. É quase inviável se tornar expert de uma audiência diversificada. Um mercado com pessoas de diferentes necessidades é mais compatível com profissionais generalistas, que não têm tanta autoridade como mestres.

Encontrar parceiros mais alinhados

Há muitas estratégias de marketing, e de negócios, em si, que envolvem a participação de um parceiro, como o guest posting e o co-branding. Se você faz parte de um mercado com diferentes profissionais, há mais chances de fazer parceria com alguém não tão alinhado e, em consequência disso, com um público menos interessado na sua solução.

 

Dicas para ter um nicho de mercado bem definido 

Escolha um fator de segmentação

Valores, interesses, localização geográfica, preço, renda (poder aquisitivo), qualidade (grau de exigência) são alguns dos mais comuns. Exemplo: mercado de roupas com nicho em moda geek. Além do mais, pular essa etapa pode causar prejuízos no seu negócio. De que adianta criar um produto com um acabamento fantástico se o seu público, naturalmente, não se importa com isso por serem mais apegados a preços, por exemplo?

 

Obtenha ajuda do Google para a definição do seu nicho

Se, ainda assim, você enfrenta dificuldades na segmentação de mercado, digite o seu produto ou serviço no Google e “de” ou “para” e veja as sugestões de pesquisa. Por exemplo: “roupas de” sugere “roupas de bebe”, logo, o nicho de roupas para bebês é bastante pesquisado no mecanismo de busca. 

 

Produza conteúdo sobre o seu produto/serviço

Tudo bem você não saber ainda seu nicho, mas não espere essa descoberta cair do céu. Ao produzir conteúdo informativo sobre a sua solução, você ganha a possibilidade de obter feedbacks, comentários e uma série de insights que podem dar um rumo sobre o perfil e os interesses da sua persona e dos seus clientes.

 

Crie um mapa mental sobre o seu produto/serviço

Quem produz conteúdo já é encorajado a trabalhar com mapas mentais, mas vale a pena reforçar essa dica. Seu cérebro pode estar acostumado com os assuntos que envolvem o seu produto. Mas, a partir do momento em que você passa as ideias para o papel, surge um esforço maior para extrair mais elementos que possuam relação — e eles podem ser as características do seu nicho. 

 

Se questione sobre problemas não resolvidos

Normalmente, negócios relevantes são os que resolvem problemas. Pense em gargalos, em dificuldades que as pessoas enfrentam. Junte isso ao seu produto ou à área que você domina. Pode ser que já exista um produto ou serviço que seja a resposta e se ele for pouco explorado, ótimo, ele é seu. Se não houver essa resposta, é hora de criar uma e chamar de sua.

 

Dessa forma, o nicho de mercado é um conceito simples (o de grupo de pessoas com características semelhantes), mas que oferece benefícios únicos a qualquer empreendedor. Além disso, há vários caminhos que ajudam definir o seu nicho, o que torna essa tarefa acessível e prática para ser executada.

 

Agora que você entende como obter um nicho de mercado, teste sem custo algum o SparkStart e se torne um empreendedor digital hoje! 

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …