Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade !

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Como abrir a sua escola online

escola online

Como criar uma escola online do zero? Diariamente inúmeras pessoas e futuros empreendedores se fazem esta pergunta. É por isso que não podemos a deixar sem uma resposta.

O que é uma Escola Online?

Uma escola online fornece serviços de treinamento onde o foco é transferir o conhecimento do professor para o aluno através de várias ferramentas online pela Internet. As principais vantagens deste negócio são:

  • Baixo investimento para começar: você não precisa pagar aluguel e outras despesas operacionais. Além disso, você prepara o curso uma única vez e o vende para milhares de pessoas estudarem.
  • Alta rentabilidade: em 90% dos casos, esse negócio se paga totalmente. Quanto aos 10% restantes que não dão certo, são atribuídos ao erro de escolha de nicho ou a baixa qualidade do conteúdo disponibilizado para estudo;
  • Base de clientes expandida: uma escola online está aberta a pessoas de todo o mundo;
  • Várias opções de trabalho: você pode vender seminários online ou master classes, que consistem em várias aulas, ou pode se comunicar com os alunos individualmente, resolvendo um problema específico (por exemplo, ensinando inglês ou os conceitos básicos de TI).

Preparação para Criar uma Escolha Online

Criar uma escola online requer uma preparação cuidadosa. Não basta apenas decidir o que exatamente você irá fazer, mas também precisa criar o produto em si e bolar um nome para o seu projeto (escola, curso, master class, aulas etc.).

Então você precisa analisar os custos financeiros futuros. Para fazer isso, decida quem estará envolvido no processo de ensino: você mesmo (se for um especialista) ou especialistas convidados. A primeira opção fará você economizar com pagamentos aos professores. Já a segunda lhe dará mais tempo livre que pode ser gasto no desenvolvimento do seu projeto ou de um novo nicho.

Diferentes formatos de trabalho exigem diferentes tipos de investimento. A maneira mais econômico é enviar artigos por email marketing. Não exige grandes custos de material e você só precisa ter acesso à Internet, ter um e-mail e criar o conteúdo útil. Além disso, esse formato tem um alto grau de retorno, porque se você criar o conteúdo apenas uma vez e poderá vender o mesmo conteúdo para todos que desejam comprá-lo.

Infelizmente, esse formato não é adequado para todos os campos. Especialistas no assunto recomendam o uso de videoaulas, cujo custo de produção dependerá do tipo de conteúdo a ser ensinado. Por exemplo, se for um curso que ensina programação de computadores e as aulas podem ser gravadas diretamente da tela do computador do professor ou se for um curso com aulas de culinária onde é preciso pensar no layout da cozinha, comprar os produtos que serão utilizados, arranjar os utensílios e acessórios da cozinha e contratar um cozinheiro que deverá ser vestido apropriadamente. Os custos desses dois tipos de gravações não podem ser comparados.

Portanto, dessa forma é possível analisar todas as etapas da criação de uma escola online. Contudo, a experiência mostra que não há uma única maneira exata de definir o custo inicial que você terá, porque para certo tipo de escola, pode ser necessário apenas a sua própria cabeça e uma conta no Instagram, enquanto para outras será preciso uma equipe de especialistas profissionais e um site repleto de conteúdo.

 

escola online

 

Como Abrir uma Escola Online: Principais Etapas

Se você não sabe como criar a sua própria escola online, use as instruções a seguir.

Passo 1. Escolhendo um nicho

Para começar, decida o que os seus cursos ensinarão às pessoas: como criar um filho, idiomas, culinária, design, dança, psicologia, etc. Ao escolher um nicho, você não deve pegar um ramo muito amplo, deve pegar um nicho mais limitado possível (isso significa, cobrir um pequeno público-alvo e resolver os problemas deles).

Um exemplo! Os cursos de fotografia online são uma categoria bastante ampla. Mas a fotografia de paisagem é uma categoria menor. Cursos online de fotografia de paisagem para iniciantes são uma categoria bem mais específica.

Obviamente, você poderá oferecer uma gama mais ampla de serviços, mas cada uma das categorias existentes precisará de uma empresa de marketing separada.

Passo 2. A Análise do Público-alvo

O público-alvo é o grupo de pessoas que estão interessadas no produto que você oferece. Para decidir sobre a escolha desse grupo, é necessário fazer um “retrato” exato de um cliente em potencial. Forme este retrato pensando no seguinte:

  • Gênero;
  • Profissão;
  • Idade;
  • Situação conjugal e financeira;
  • Principais valores;
  • Problemas que podem ser resolvidos com o seu produtos;
  • Comportamento do cliente: como eles escolhem, eles gastam dinheiro, quais características são levadas em consideração na hora da compra.

Entrevistar alguém cara a cara é a melhor maneira de criar esse retrato. Se não for possível um encontro pessoal, você pode tentar uma pesquisa breve, por telefone ou por mensagem.

Passo 3. Escolhendo o formato de ensino

O formato do ensino em uma escola online pode variar bastante. Vamos considerar as opções mais populares:

 

  • Uma seleção de artigos trata da elaboração de artigos úteis que podem ser vendidos por assinatura. Nesse caso, além da base teórica, você deve preparar uma prática. Ela deve ser recomendada no final do treinamento a fim de permitir aos alunos consolidarem os novos conhecimentos e você obtenha um feedback. Este formato requer pouco esforço e baixo investimento. Você só precisa de uma página web onde é possível fazer a venda do produto e registrar as informações do comprador. O intervalo de tempo mais comum entre um artigo e outro é de 1 semana;

 

  • As videoaulas são uma opção universal adequada para qualquer curso. O principal é considerar cuidadosamente o formato dessas aulas. Pode ser um video de ensino comum onde o professor é filmado falando ou um screencast (gravação de uma tela de computador acompanhada por uma narração). Para obter opinião dos alunos sobre as aulas, você pode usar sessões do Skype, discussões em redes sociais, videoconferências no YouTube e outros canais de comunicação. A duração média é de 2-3 semanas;

 

  • Os cursos online combinam diferentes tipos de material (apresentações, vídeos, fotos, infográficos, música). Nesse caso, o curso é disponibilizado em um site ou enviado aos clientes por e-mail. A duração ideal do curso com aulas online é de 45 dias;

 

  • Os seminários online (oficinas online) economizam tempo e dinheiro necessários para cobrir as despesas de viagem e aluguel de instalações. Além disso, a aula também pode ser gravada em vídeo e enviada aos alunos, juntamente com um artigo, apresentação e outros materiais didáticos. O tempo recomendado é de 1,5 horas.

Passo 4. Escolhendo as Ferramentas de Ensino

Se, na fase de teste, o uso de envio de e-mail ainda é permitido, para projetos mais profissionais, vale a pena escolher ferramentas mais significativas. Essas ferramentas são geralmente as mais eficientes:

 

  • Aceitar pagamentos automatizados através do Yandex.Cash ou de uma conta bancária. O pagamento para uma carteira virtual ou transferência bancária reduz a taxa de confiança dos clientes;

 

  • Uma página da web de vendas contendo a descrição do curso e um formulário de inscrição. Você pode criá-la usando qualquer designer online;

 

  • Serviços populares para envio de e-mails em massa são: SparkFunnels, SendPulse, Zoho Campaigns, BenchMark, MailChimp etc. Alguns deles oferecem pacotes gratuitos para um certo número de cadastrados;

 

  • Para realizar seminários e palestras online você pode usar o MyOwnConference, AnyMeeting, ClickMeeting, WebinarJam etc.;

 

  • As plataformas para criar uma escola online comumente utilizadas são: GoogleClassroom, Teachbase, Teachable, Emdesell, MemberLux etc.

Passo 5. Criando um Modelo de Negócios

É nesta etapa que você deve decidir como a sua escola online ganhará dinheiro. Muitas plataformas estão disponíveis para a oferta de cursos: pagas, gratuitas e combinadas (uma parte do curso é gratuita, a segunda é liberada após pagamento). Udemy, Geeksmath e Coursera são os serviços mais procurados no mundo.

Passo 6. Promoção de Produtos

Você pode promover seus cursos com a ajuda de campanhas de publicidade do Google, Yandex ou de redes sociais, onde seu público-alvo estiver. Use todas as oportunidades que estão a sua disposição e não tenha medo de criar o seu próprio conteúdo, porque é improvável que as conteúdos copiados de concorrentes tragam sucesso.

Passo 7. Criando um logo para a sua escola online

Se você decidiu abrir uma escola online, não se esqueça de criar um logo para ela. A imagem da sua marca vai atrair a atenção de clientes em potencial e os ajudará a entender o campo de conhecimento dos seus cursos e treinamentos.

 

Você não precisa necessariamente contratar designers profissionais para fazer isso. Você pode facilmente usar um gerador de logo online. O Logaster é considerado o mais popular dos geradores. Ele permite criar um logotipo em menos de 5 minutos.

Passo 8. Controle de Processos e Escalabilidade do Negócio

Ao ter conquistado uma audiência grande o suficiente, comece a expandir seus negócios. Isso pode ser feito usando o Trello e outros sistemas de CRM. Para começar, crie uma tabela privada, adicione os nomes de todos os funcionários nela e desenhe colunas através das quais os principais processos serão monitorados (“Tarefas”, “Aceitos”, “Para Revisão” etc.).

 

Assim que um funcionário da escola online transferir a tarefa de uma coluna para outra, você receberá um e-mail com a informação. Além disso, não se esqueça do estudo regular de novos nichos, da análise de novos formatos de treinamento, da busca por outros rumos e de especialistas profissionais.

 

Como você pode ver, criar uma escola online do nada não é tão complicado. Siga nossas dicas e não tenha medo de ser criativo. Você definitivamente terá sucesso!

Mais artigos para você

7 Ideias de negócios para trabalhar na internet

Se você está em busca de como ganhar dinheiro na internet, saiba que quando falamos em começar um negocio digital, …

Como se tornar um afiliado de produtos digitais?

Uma das coisas que são mais procuradas pelas pessoas sobre como ganhar dinheiro e aumentar a sua renda é o …

Como precificar um produto digital?

Como precificar o seu produto digital de forma que não prejudique a saúde financeira do seu negócio?   Se você …

Copy: como pode te ajudar a vender mais como afiliado?

Como conseguir escrever uma copy irresistível que fará com que você impacte cada vez mais pessoas e venda mais todos os …

Como vender produtos digitais e faturar alto com seu infoproduto?

Talvez você não saiba, mas o mercado de produtos digitais é altamente lucrativo e apresenta um crescimento constante. Esse mercado …

Licenciamento de produtos digitais: Como funciona?

Um licenciamento é adquirir direitos sobre determinada obra ou produto. Isso é comum no universo do cinemas e artistas. Quando …