herospark comece grátis agora

Você já parou para pensar como construir a estrutura de um e-mail? Hoje em dia é muito comum falarmos: “Mande-me um e-mail informando”; “o convite chegará via e-mail”; “já respondeu aos seus e-mails de hoje?”; “verifique sua caixa de spam”.

Apesar da Internet e do cotidiano digital terem se desenvolvido – e trocarmos mensagens por outras ferramentas também, o centro da comunicação profissional ainda é o e-mail. Assim, é de extrema importância que você saiba qual é a estrutura do e-mail marketing.

É comum que todas as pessoas tenham e-mail, mesmo que não o usem com tanta frequência. Afinal, para usar redes sociais como Instagram, Facebook, Twitter e afins é necessário estar cadastrado em um endereço eletrônico.

Quer saber como montar uma estrutura de e-mail perfeita? Continue a leitura.

A estrutura de um e-mail

Há muitas opções de sistemas e ferramentas que podem comportar nosso endereço eletrônico, como Gmail — que é do Google —, Hotmail e Terra. Todos têm uma estrutura em comum.

Para usar o sistema de comunicação do e-mail, o usuário deve ter o endereço desta forma: [email protected] Neste modelo “com” significa a palavra comercial e o “’br”, o país. Já o “@”, também conhecido por “arroba”, é indispensável em um endereço de e-mail, uma vez que o sistema computacional não o reconhecerá sem este caractere.

Para enviar um e-mail, é necessário informar o destinatário no campo “para” e o motivo do envio do e-mail em “assunto”. Também há botões opcionais, como quando você gostaria de enviar uma cópia normal (Cc) ou uma cópia oculta (Cco) para outro endereço. Na primeira opção, a pessoa que receber seu e-mail conseguirá ver as demais que também receberam, já na segunda isso não será possível.

O e-mail é um grande substituto eletrônico das cartas. Assim, algo que era necessário nesse modelo antigo e não é mais aqui, é a informação da data e hora, uma vez que isso é automático na ferramenta do e-mail. Ainda existe a opção de utilizar vários elementos como imagens, GIFs e anexos, por exemplo.

Quando você recebe o e-mail, a mensagem chegará em sua “caixa de entrada” e quando envia, no campo “enviados”. Também há a pasta do que é mais importante, rascunhos e lixeira. Todas essas opções são extremamente úteis quando o assunto é organização.

A possibilidade de anexar arquivos, vídeos e fotos é muito utilizada, por exemplo, em e-mails que são demonstrações de interesse em vagas de emprego, acompanhados de anexos de currículos. Isso é muito interessante, uma vez que mostra uma grande transformação na sociedade em si: antes as pessoas se dedicavam a sair e entregar currículos. Hoje, o e-mail dá conta disso.

 

O que há no e-mail?

 

Assunto

Já falamos um pouco sobre esse espaço. Representa o tema, tópico, objetivo que inspira você a enviar aquele e-mail. Essa ferramenta é ótima, uma vez que aparece como um resumo do que se trata o e-mail que você enviou. Se não der para ser tão objetivo, a sugestão é não ultrapassar o limite de 60 caracteres. Como toda regra tem exceção, o fundamental é ter bom senso.

Isso faz com que a pessoa economize tempo, pois não será necessário tentar descobrir do que se trata. Além disso, é um modo de mostrar a importância do seu e-mail diante de outros. O assunto pode ser, por exemplo: “Vaga de emprego”, “atividade do bimestre” ou “respostas da prova”.

Vocativo

Lembra daquela aula sobre elementos da gramática na escola? Pois é! Vamos usá-la agora! Vocativo não é nada mais do que o nome ou a forma que você vai chamar a pessoa que está recebendo seu e-mail, por exemplo: “Caro professor” ou “senhor (a)”. Uma dica: lembre-se sempre de utilizar a vírgula após o vocativo, isso é uma norma gramatical essencial e demonstra credibilidade em sua mensagem!

 

Corpo do Texto

Neste campo é onde tudo vai ser desenvolvido. É exatamente neste lugar que o assunto que você colocou lá no início da estrutura do seu e-mail vai ser explicado. Existem milhares de assuntos, como já dissemos, como um e-mail para demonstrar interesse em uma vaga de emprego ou envio de currículo.

Também pode ser pedindo alguma informação ou enviando algum arquivo para alguém. Independente do que for, as ferramentas do sistema não param de nos surpreender. Para que seu texto tenha maior clareza, dentro da caixa de texto existem diversas opções de fontes e tamanhos, Arial e Times New Roman são as mais tradicionais, normalmente utilizadas em tamanho 12.

 

Exemplo:
“Venho, por meio deste, afirmar meu interesse na vaga de marketing oferecida pela empresa HeroSpark. Para tanto, envio anexo ao e-mail meu currículo para análise.
Desde já, agradeço a atenção e aguardo retorno!

Imagens, GIFs e anexos

O GIF é um formato de imagem que pode compactar várias cenas e com isso exibir movimentos. É a sigla para Graphics Interchange Format (em português, formato para intercâmbio de gráficos). O seu uso pode deixar os seus e-mails mais dinâmicos, criativos e agradáveis para o leitor. Ou seja, devem ser utilizados principalmente em assuntos mais informais ou como estratégia de Marketing Digital para atrair atenção e fomentar uma conversão em vendas.

 

Se você não quiser utilizar o GIF, mas desejar acrescentar algo visual à sua mensagem, o que pode agregar muito valor ao seu conteúdo com um design pertinente, anexe fotos, imagens de gráficos e outros desenhos. Se preferir, você ainda pode carregar arquivos de áudio, vídeo ou documentos para complementar o seu texto ou confirmar o seu assunto, escolhido lá no início.

Despedida e Assinatura

Uma boa forma de finalizar o texto do seu e-mail é com uma expressão de despedida, como “até mais” ou algo mais formal como “atenciosamente”. Logo em seguida, a assinatura com seu nome.

 

Tipos de e-mail

Como já dito, a ferramenta do e-mail pode ser usada para diversas funções e finalidades. Mas, no meio do Marketing Digital, o modelo que tem muito espaço é o e-mail marketing, todo e-mail que uma empresa usa para conversar com seus clientes e colaboradores. Esse tipo de mensagem é muito utilizada em disparos, ou seja, envios para muitas pessoas ao mesmo tempo.

 

Há diversas ramificações do e-mail Marketing:

 

  • Newsletter;
  • E-mail promocional;
  • E-mail sazonal;
  • Mensagem de boas-vindas;
  • E-mail para clientes inativos;
  • Convites para eventos, concursos e muito mais.

 

Versão mobile x desktop

Hoje, a maioria das pessoas acessa sua caixa de e-mails pelo celular. Por isso, o foco deve ser na construção de e-mails responsivos. Isto é, transmitir uma mensagem eficaz para quem está acessando através do smartphone, sem “sacrificar” nenhum pixel quando aquela mesma mensagem for aberta em desktop.

 

Você não precisa construir um código desde o início. Uma solução é usar exemplos de framework ou templates já prontos. Inclusive, a ferramenta da HeroSpark oferece opções prontas. Que tal elaborar a estrutura de um e-mail e gerar a automação dele? Para saber mais sobre e-mail marketing, veja este vídeo:

 

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *