Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade !

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Inbound Marketing: como e porque implementar no seu negócio

inbound marketing

A ciência da mercadologia pode proporcionar vários métodos que aumentam as vendas, como o Inbound Marketing. A partir de 2006, Brian Halligan e Dharmesh Shah, dois grandes empreendedores, criaram esse conceito de que a melhor saída para o marketing é a atração voluntária de clientes em torno dos negócios.

 

Além disso, junto com essa nova abordagem do marketing e empreendedorismo, também surgiu o termo ‘leads’ (clientes em potencial, que tornam a aquisição de clientes mais barata).

 

Dentre todos os outros tipos de marketing — o tradicional, geomarketing, marketing direto etc. — o Inbound Marketing se tornou a principal escolha de 74% dos mercadólogos do mundo, 12 anos depois de ter sido criado, como consta o relatório de 2018 da HubSpot, empresa fundada pelos inventores do Inbound Marketing.

 

Os números podem surpreender porque há alguns cases que mostram uma média típica de transformação nas vendas. A cervejaria Lohn Bier, por exemplo, obteve crescimento de 700% no faturamento em cinco meses de implementação de Inbound Marketing nas suas estratégias. 

 

Como munir seu negócio com o ‘marketing de atração’? Leia mais e confira!

 

Como funciona o Inbound Marketing?

Em resumo, o marketing de atração descobre clientes em potencial por meio de recursos como:

 

  • blogs;
  • podcasts;
  • ebooks;
  • SEO (otimização para motores de busca);
  • social media marketing.

 

Todos esses meios para aplicar o Inbound Marketing se fundamentam no Marketing de Permissão, criado, por sua vez, por Seth Godin, em 1999, outro empreendedor de destaque. Ele considerou toda essa mudança de hábitos dos consumidores, que já não aguentavam mais serem interrompidos com propagandas, mas que desejavam buscar ativamente o que e com quem comprar os produtos. 

 

Agora imagine: qual é a primeira coisa que você faz quando quer pesquisar um produto ou loja que trabalhe com o produto desejado? ‘Dar um Google’, certo? O Internet Live Stats, em 2019, observou que são 3,5 bilhões de buscas por dia. Como é possível posicionar seu empreendimento no meio de tantas pesquisas? 

 

Os especialistas em Inbound Marketing criam esses materiais — ebooks, podcasts, posts de rede sociais — com o teor relevante, seja com dicas e soluções de problemas dos potenciais clientes, como também com conteúdos engraçados, nostálgicos, enfim, que gerem emoções. 

 

Esse trabalho fortalece o relacionamento da marca com o seu público (o que se chama de marketing de conteúdo) e, unido a outras estratégias do Inbound Marketing, gera como resultado mais conversões e vendas.

 

Por que vale a pena implementar Inbound Marketing no meu negócio?

Aumenta a confiança e a credibilidade do seu negócio

No Inbound Marketing, os clientes buscam sua solução e a adquirem de forma mais genuína do que quando perdem para um apelo do tipo “compre isso agora!”. Além disso, por si só, posicionar a marca em um nível bastante confiável no mercado, os próprios clientes passam a dar feedbacks que também podem ser aproveitados pelo marketing de atração.

 

Você já ouviu falar dos advogados da marca? Dentro do Marketing de Defensores, são os clientes mais leais e apaixonados pela empresa — como podemos presenciar com a Apple e o Nubank. Muitas vezes, eles utilizam estratégias que comemoram o sucesso do cliente com seus produtos ou ajudam a resolver algum problema, o que acaba atraindo mais clientes e, consequentemente, mais fãs. 

 

Evolui a qualidade dos leads

Em vez de comunicar o tempo todo com pessoas que não sabem nada sobre o seu negócio a fim de conseguir vender, não seria mais inteligente ter um diálogo menos trabalhoso e mais objetivo com quem já sabe do que se trata? Isso é ter leads qualificados e não dá para qualificá-los com anúncios, por mais criativos que sejam.

 

Por meio de um bom relacionamento das estratégias de atração, você pode aumentar gradualmente a qualidade dos seus leads. Isso torna as campanhas de marketing mais baratas e mais assertivas.

 

Inclusive, diferente de roadshows e reuniões comerciais, que empregam mais tempo (e também dinheiro), com o Inbound você posiciona sua empresa no mercado da mesma forma e a torna aberta a parcerias sem prejuízo algum.

Oferece meios de aprender sobre o seu público-alvo

A partir do momento em que você entrega conteúdo e observa como o público reage a esse material, você estará obtendo novos dados extremamente úteis para o seu negócio. Cada curtida e comentário passam uma mensagem e eles são feitos porque há conteúdo para interação.

 

Ou seja, mesmo que não sejam publicados quizzes ou conteúdos interativos, a análise a longo prazo dos insights pode ajudar você a traçar o perfil do seu público, o que pode ajudar no desenvolvimento de novas soluções e aperfeiçoamento das que já existem. 

 

Auxilia o seu público 

Se os seus clientes compram de você regularmente, você fatura e eles, teoricamente, cedem algo — o valor do produto. Todavia, se você produz uma estratégia de Inbound Marketing eficiente, eles podem até se sentir em débito pela ajuda concedida por meio do conteúdo. 

 

Vamos a um exemplo.

 

A loja A vende bolsas e a loja B vende bolsas e ensina como fazer looks com elas. Se um visitante resolve pôr em prática as dicas e percebe que elas funcionam, a lógica é ele comprar o item da loja B, até em sinal de reciprocidade e agradecimento pela ajuda.

 

Funciona a longo prazo e de forma sustentável

Em vez de se limitar a campanhas temporárias e pontuais, no Inbound Marketing você mantém sua presença digital constante. Mesmo que o Instagram da loja faça duas postagens por semana, desde que sejam meses nessa frequência, o algoritmo trabalha a favor, por causa dessa constância

 

Além disso, se, a certa altura, você pensar que não tem mais dicas para oferecer, as próprias reações e sugestões do público ao seu conteúdo norteiam mais conteúdo, ou seja, o marketing de conteúdo é um ciclo que se alimenta por si só.

 

Enfim, tornar o Inbound Marketing real no seu empreendimento traz vantagens únicas e, com isso, melhores resultados nas vendas. 

 

O que você achou do artigo? Se ajudou, saiba como as comunidades podem também ajudar a ter mais vendas!

 

Mais artigos para você

OBS Studio: como usar no seu negócio digital

De acordo com dados divulgados pela SEMRush, há 70% mais de chance das pessoas lembrarem da sua empresa depois de …

Como criar canal no Youtube

A maior plataforma de vídeos do mundo tem mais de 15 anos de existência. Aprender a criar um canal no …

Como fazer um plano de aula

Assim como a estratégia está por trás de todo negócio bem estruturado, o plano de aula é um dos fatores …

Storytelling: o que é e como usar?

Quem está à frente de um negócio, seja grande ou pequeno, sabe da luta contínua e diária para engajar o …

Backlinks: como e por que utilizar no seu site?

Backlinks são, simplesmente, links inseridos em uma página que podem levam o leitor a outra. Você pode usar tanto links …

Como criar um blog

Engajar o público é uma tarefa difícil, mas que rende ótimos frutos. Saber como criar um blog para a sua …