Embora o conceito sobre o que é plano estratégico mostre que as empresas precisam se planejar, poucos negócios colocam em prática. Apostar na eficácia do ciclo PDCA  ou nas ferramentas de análise SWOT e PEST poderiam ajudar para um planejamento conciso.

Mas infelizmente alguns empresários tomam o caminho mais longo e decidem fazer suas próprias análises, sem precedentes ou embasamento teórico. O resultado é o que vemos no mercado: inúmeras empresas fechando mesmo com pouco tempo de atuação no mercado.

Para reduzir esse percentual negativo, separamos algumas dicas importantes sobre quais ferramentas usar para o planejamento do seu negócio. A priori, entenda o que é plano estratégico e saiba como ele pode te ajudar!

 

O que é plano estratégico?

O conceito sobre o que é plano estratégico pode mudar a sua empresa. Apesar de muitos negócios usarem planejamentos pouco eficazes, existem teorias que podem ajudá-los a construir um caminho certeiro, com boas práticas e soluções.

Basicamente, o plano estratégico é a forma que as empresas encontraram para traçar um trajeto para as atividades do negócio. Se o objetivo é alcançar o ticket médio de R$ 100 mil reais, algumas metas são necessárias para chegar a esse número.

Mas as metas não surgem do nada: são feitos estudos, análises aprofundadas e assim designada a tarefa a se exercer. Caso não dê certo, o planejamento sempre possui um plano B, C ou até D para substituir. 

O ciclo PDCA busca sempre retornar ao início das atividades e otimizar cada prática dentro da empresa. É uma forma que os gestores podem usar para melhorar as tarefas e assim buscar contínuas mudanças. Outras ferramentas também seguem essa noção.

 

Como colocar em prática?

Entender o que é plano estratégico é até fácil, mas a tarefa difícil está na prática do dia a dia. Apesar de existirem teóricos famosos, que ajudam no planejamento, testar e ver se funciona no cotidiano é sempre mais arriscado. 

O mapa de empatia, por exemplo, é uma ferramenta bastante interessante, já que enxerga o que os consumidores sentem, quais são as suas necessidades, entre outros. Mas colocá-lo em prática precisa de tempo e dedicação.

Por isso, a empresa deve não só buscar o que é plano estratégico, mas colocar em ação também: 

  • Ferramentas de gerenciamento e planejamento estratégico;
  • Profissionais que entendam sobre o assunto e consigam administrar;
  • Novos ciclos depois que uma tarefa se encerrar.

 

Quais ferramentas usar no plano estratégico?

dois homens colam post its em um mural como parte da organização do plano estratégico

Em relação às ferramentas disponíveis para fazer o plano estratégico, separamos os mais famosos, que podem ajudá-lo a acompanhar as atividades da sua empresa.

Essas ferramentas são: 

 

1. Análise SWOT

A análise SWOT é uma forma que as empresas podem adotar para tomada de decisões internas. Basicamente, ela é definida em quatro etapas: forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

A partir dessas informações, além de entender a fundo o que é plano estratégico, o empresário consegue acompanhar o que é necessário fazer para crescer, as oportunidades disponíveis, além do que pode ser ruim e assim atingir o negócio. 

 

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital

2. PESTAL

Os acontecimentos externos também podem afetar (e muito) o seu negócio. Por isso, usar a ferramenta PESTAL é uma maneira de acompanhar o cenário mundial e saber como isso irá impactar o mercado.

A sigla PESTAL remete às palavras “política, economia, social, tecnologia, ambiental e legal”. Esses são fatores primordiais para que o negócio acompanhe e tenha uma visão macro, já que podem interferir nos resultados e até mesmo no financeiro da empresa.

 

3. Mapa da Empatia

O mapa da empatia, uma ferramenta que já citamos desde a explicação sobre o que é plano estratégico, é mais uma metodologia que pode servir como aliada dos empresários.

Ela é capaz de ver os consumidores com outros olhos e entender quais são as suas necessidades, dores, entre outros problemas que precisam ser resolvidos.

Com essas informações em mãos, torna-se muito mais fácil atender às expectativas dos clientes e assim melhorar cada vez mais o produto/serviço da empresa. 

 

4. Ciclo PDCA

Por fim, o ciclo PDCA é uma ferramenta capaz de proporcionar melhorias contínuas dentro de uma empresa.

Para isso, é necessário que o negócio siga quatro passos, que são o “planejar, fazer, checar e agir”. Quanto mais vezes o ciclo gira, mais a empresa consegue identificar quais são os problemas e assim otimizá-los nos próximos processos.

 

Como verificar se o plano estratégico está funcionando?

mulher escreve textos em uma lousa e cola post its como parte da organização do plano estratégico

De nada adianta aplicar as ferramentas e entender o que é plano estratégico, se não houver profissionais responsáveis pelo acompanhamento do planejamento.

Apesar de ser discutido e registrado um plano a cada período, é essencial que alguém esteja responsável e verifique se ele realmente está funcionando. Caso não surta efeito, a depender da ferramenta usada, deve haver uma mudança de estratégia.

No ciclo PDCA, a dica é manter o plano até o fim e assim usar os problemas para consertar a nova estratégia. Porém, o PESTAL já enxerga de outra forma e indica que as mudanças aconteçam assim que for identificado alguma alteração no cenário mundial

Por isso é tão importante ter um especialista para controlar tudo e acompanhar o que acontece nesse gerenciamento inteligente.

 

Conclusão

O que concluímos até aqui é que não basta aprender o que é plano estratégico. É essencial conhecer as ferramentas e saber aplicá-las dentro do negócio. 

Embora essas práticas mostrem como o negócio deve se planejar, cada empresa pode usar uma ferramenta e assim experimentar a que melhor se encaixa no perfil. Se não houver bons resultados, o ideal é saltar para outra prática.

Até aqui citamos quatro formas que podem ajudá-lo no mercado a se planejar e acompanhar os resultados, que são a análise SWOT, PESTAL, Mapa da Empatia e Ciclo PDCA. 

Porém, se você encontrar outras metodologias e entender que elas são melhores, aposte fundo. O ideal é conhecer cada vez mais as formas de planejamento e assim escolher o plano estratégico perfeito. 

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.