herospark comece grátis agora

O Brasil é o país que mais utiliza o aplicativo de mensagens WhatsApp. Devido a esse uso frequente, as vantagens do aplicativo atraem muita atenção. Este é o caso do WhatsApp Pay, sistema de pagamento por WhatsApp.

O recurso lançado em março de 2021 faz muito sucesso, mas ainda gera muitas dúvidas. Neste texto, vamos esclarecer as principais questões sobre esse novo método de pagamento online.

O que é Whatsapp Pay?

O Whatsapp Pay é um sistema de pagamentos e transferências de dinheiro. O recurso de pagamentos permite que os usuários do Whatsapp façam transações bancárias quando desejarem ou necessitarem de maneira prática, simples e rápida.

O Banco do Brasil aprovou o serviço em 30 de março deste ano, 2021, para cartões de bandeira Visa e Mastercard.

 

Como habilitar o pagamento por WhatsApp?

Todos os usuários do aplicativo têm acesso ao recurso. Inicialmente, ele foi liberado gradualmente ao longo de 2021, mas posteriormente todos os celulares começaram a realizar as transferências.

Inclusive, quem teve acesso ao recurso pôde convidar amigos para usar o sistema de pagamentos, desde que seus cartões sejam de bandeiras participantes.

 

Como usar pela primeira vez o WhatsApp Pay?

  1. Abra a conversa com a pessoa para a qual você deseja fazer o pagamento;
  2. Clique no vetor de “clipe de papel” ou no item com sinal “+”;
  3. Selecione a opção “pagamentos”;
  4. Insira o valor que deseja transferir;
  5. O Facebook Pay será aberto;
  6. Aceite os termos de uso e cadastre um PIN, biometria ou leitura facial;
  7. Insira demais dados pessoais solicitados e adicione um cartão de débito emitido por um dos bancos parceiros;
  8. Faça a confirmação do cartão por código SMS, e-mail ou app do banco.

A partir daí, você pode fazer transferências e pagamentos direto pelo WhatsApp.

 

Como usar nas próximas vezes? 

  1. Clique no vetor de “clipe de papel” ou no item com sinal “+”;
  2. Selecione “pagamentos” e insira o valor que deseja transferir e uma mensagem, caso deseje;
  3. Confirme o número do cartão e envie.
  4. Digite o código de segurança e o pagamento será automaticamente transferido para o contato.

 

Existe limite de valor para pagamento por WhatsApp?

Os valores limites das transações no WhatsApp Pay variam entre R$ 1.000 por transação e R$ 5.000 por mês e o aplicativo permite até 20 transações por dia. No entanto, é possível fazer pagamento apenas em reais e dentro do Brasil, e fica a cargo dos bancos parceiros diminuir ou não os limites por transação já estabelecidos.

 

Quem pode realizar pagamento por WhatsApp? 

Todos os usuários que tenham mais de 18 anos (mediante verificação de CPF) podem fazer pagamentos e receber pagamentos pelo WhatsApp. Além disso, devem possuir cartão de débito, pré-pagos ou os cartões que oferecem a opção débito e crédito, emitidos pelos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil (Visa);
  • Banco Inter (Mastercard);
  • Bradesco (Visa); Itaú (Mastercard);
  • Mercado Pago (Visa); Next (Visa);
  • Nubank (Mastercard);
  • Sicredi (Mastercard e Visa);
  • Woop, a conta digital da Sicredi (Visa).

Ainda não é possível utilizar cartões de crédito para fazer as transferências e pagamentos via Whatsapp Pay.

 

É gratuito? 

Além das vantagens descritas acima, o próprio aplicativo já informou que os usuários pessoa física não são cobrados pelas transferências e pagamentos, ou seja, o Whatsapp Pay é gratuito.

No entanto, é preciso ressaltar que os métodos de pagamento Whatsapp são limitados. Assim, não é possível efetuar pagamentos no cartão de crédito na plataforma, por exemplo.

 

O pagamento por WhatsApp é instantâneo

De acordo com o Whatsapp, as transações efetuadas por meio do aplicativo não demoram para serem finalizadas, sendo possível realizá-las todos os dias e em qualquer horário. A empresa esclareceu que o objetivo futuro é ainda de integrar-se com o sistema de pagamentos Pix, mas, por enquanto, apenas instituições financeiras e de pagamentos podem operar com o Pix. 

 

Pagamento por WhatsApp é seguro?

Além da proteção por biometria, PIN ou leitura facial, a ferramenta de pagamentos por Whatsapp possui dados armazenados e criptografados via rede isolada, ou seja, separada da conta do usuário do aplicativo e de natureza,  garantindo a segurança de hardware e software durante as transações.

Contudo, a criptografia “de ponta a ponta” não será aplicada nos pagamentos, uma vez que os bancos exigem acesso às informações para que as transferências sejam efetuadas.

Apesar disso, as mensagens para quem foi enviado o dinheiro e os próprios pagamentos, assim como as imagens e vídeos continuam sendo criptografados, permitindo acesso apenas aos participantes da conversa.

Logo, se alguém tentar ter acesso a esses conteúdos, só conseguirá acessar versões criptografadas, que não costumam ser fáceis de identificar ou, melhor, decodificar.

O aplicativo, portanto, não tem qualquer acesso ao dinheiro do usuário do Whatsapp, apenas solicita ao banco a execução da ordem de pagamento ou pagamentos a pedido do cliente que iniciou a transferência através do próprio Whatsapp Pay.

 

O Whatsapp dá suporte em caso de fraudes e erros? 

Em caso de fraude no Whatsapp Pay, o dispositivo utilizado pelo golpista não lhe dará acesso ao recurso de pagamentos. Isso porque é necessário inserir o PIN do Facebook Pay ou a biometria do usuário da conta na hora de confirmar a transação pelo aplicativo.

Outra camada de segurança fornecida pelo recurso de pagamento por Whatsapp é a redefinição de dados quando o aplicativo é instalado em outro aparelho. Com isso, todas as informações de pagamentos do usuário são excluídas, impossibilitando qualquer tipo de fraude na sua conta do Facebook Pay. 

Gostou da dica? No blog da HeroSpark você tem diversos outros materiais úteis para empreendedores digitais de diversas áreas!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *