Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Como escolher uma boa plataforma online para seus produtos

plataforma online

Negócios, saúde, educação, desenvolvimento pessoal… você já deve ter lido sobre isso alguma vez em uma plataforma online. Esses temas são os mais procurados em produtos digitais, que são materiais criados e distribuídos na internet no formato de cursos, manuais, revistas digitais, podcasts, relatórios, etc.

 

A Interactive Advertising Bureau, uma instituição de pesquisas de mercado em Publicidade, identificou que, em 2017, o mercado de produtos digitais movimentou R$ 14,8 bilhões — o que representou aumento de 24,5% em relação a 2016. Em 2018, esse número subiu mais uma vez para R$ 18 bilhões. Você ainda tem dúvida se deve ou não criar um infoproduto

 

Produtos digitais possuem naturalmente uma alta margem de lucro. E o que eles não têm?

 

  • custos de envio;
  • limitações geográficas de envio;
  • necessidade de armazenamento;
  • escassez de estoque.

 

Entretanto, antes de entrar nesse meio e gerar sua receita também, você precisa ter uma plataforma favorável e que colabore com essas conquistas. A ferramenta pode ser a responsável por mais da metade do sucesso do seu empreendimento

 

E, assim como um bom chef utiliza apenas produtos de qualidade para cozinhar seus pratos, você precisa ter acesso a melhor plataforma online para se sair bem. Quer saber como encontrá-la? Fique conosco e leia o texto!

Como vender produtos digitais em uma plataforma online

Primeiramente, encontre um nicho e idealize o infoproduto apropriado a ele. Se você quer entrar para o nicho pet, você poderia pensar em um curso sobre Pugs, por exemplo.

 

A seguir, você deve gerar tráfego orgânico em volta da sua marca, oferecer algo em troca de contato dos leads (exemplo: cartão de vacinação personalizada para Pugs), anunciar uma promoção do seu curso e, enfim, automatizar essas vendas.

 

O papel da plataforma online nessa história é hospedar o seu produto em um sistema de forma segura, customizar esse conteúdo e cuidar das vendas. Elas podem ser feitas por meio dos afiliados, usuários que divulgam seu produto e ganham uma comissão pela venda dele, ou devido a automações próprias da hospedagem, como pela veiculação de anúncios pagos.

Principais funcionalidades de uma boa plataforma de infoprodutos

Foco na experiência do usuário

Não é todo mundo que tem prazer no aprendizado. Mesmo que o tema seja tão leve como é, provavelmente, os do nicho de relacionamentos. Para isso, existe a estratégia de gamificação, que é basicamente o uso dos artifícios dos games para envolver as pessoas em alguma tarefa. Essa estratégia cria um senso competitivo benéfico aos alunos e dá uma sensação de conquista cada vez que há avanços no progresso do curso. 

Programa de afiliados

Afiliados são pessoas vinculadas à plataforma online, caso possua o programa, que ajudam a divulgar o produto em troca de uma comissão. No caso dos produtos digitais, a comissão é ainda mais generosa porque o custo de produção de um infoproduto é normalmente menor que o de produtos tradicionais. 

Guia do planejamento do curso online

 

Ter um sistema de controle, disponibilizar materiais de divulgação e oferecer uma boa comissão são características desejáveis em uma plataforma para infoprodutos.

Transparência na cobrança das taxas

Atente-se para todas as taxas a serem cobradas por uma plataforma. Algumas cobram por cada parcela que o cliente pagar em um curso, por cada infoproduto diferente vendido, por cadastro, por mensalidade… mas cada tarifa entrega algo. Procure não se ater ao preço delas, mas ao valor associado.

Sistema antifraude

Há plataformas, como a Edools, mais voltadas para o produto digital do tipo curso online, que criptografam seu material, exibem dados dos alunos enquanto uma videoaula é assistida para evitar a pirataria, geram relatórios de segurança e muito mais. Em uma era na qual já foi dada a largada da transformação digital, ter segurança dos seus dados e dos seus alunos é, no mínimo, obrigatório.

Divulgação dos produtos digitais

Dê preferência para as hospedagens que procuram divulgar seu infoproduto de alguma forma. Anúncios pagos e bom rankeamento no Google, por exemplo, são métodos eficientes de divulgação, para você e para a própria empresa. Além disso, os afiliados estão a frente dessa propagação também!

 

Inclusive, a área de membros pode ser o tipo de plataforma mais interessante para quem quer pesar na divulgação. Diferente das plataformas online tradicionais, a área se propõe a manter o tráfego, gerar conversões, fazer disparos automáticos de e-mails, criar relatórios detalhados de métricas dos produtos, entre outros. 

Interface intuitiva 

Personalizar e deixar os produtos digitais visualmente autênticos e reconhecíveis como os da sua marca ainda é um desafio. Felizmente, algumas metodologias têm aparecido como meio de incluir mais as pessoas leigas em programação e design. A Eadbox, por exemplo, é adepta desse princípio. Mas fique atento porque nem todas as outras plataformas oferecem essa acessibilidade. 

Integração de serviços relacionados

Resolver o máximo de problemas do seu cliente já é uma prática conhecida no meio dos empreendedores. A busca por eficiência não pode parar. Por isso, uma plataforma online de infoprodutos poderia se propor a, além de hospedar os materiais, fazer automação de marketing, gestão de pagamentos, análise de vendas, consultoria em conteúdos online, etc. 

Anti login simultâneo

Tão importante, mas pouco falado. A funcionalidade do anti login simultâneo é um comando que bloqueia quando duas pessoas tentam logar em uma mesma conta ao mesmo tempo, o que sugere, frequentemente, que um cliente está dando acesso a sua plataforma a outro usuário. 

Emissão de certificados

No que tange os cursos online, entregar um certificado depois de assistir todas as aulas colabora bastante com a motivação e a experiência do cliente. Quando a plataforma oferece a opção de certificado personalizado, o aluno pode adicioná-lo ao LinkedIn, o que profissionaliza ainda mais o seu curso, além de ser um tipo de marketing passivo. 

 

Neste artigo, citamos aplicações pertinentes para quem busca uma plataforma online que hospede e valorize seus produtos digitais. Opte por ferramentas que se comprometam com a segurança do seu material, com a divulgação dele e com as estratégias de divulgação.

 

Você sabia que a HeroSpark possui uma plataforma para você hospedar e vender seus produtos digitais? Leia mais sobre como funciona a SparkMembers

 

Qualquer dúvida, nos escreva um comentário abaixo.

Mais artigos para você

Psicologia das cores no marketing: entenda o significado

O marketing de uma empresa abrange diversos detalhes que devem ser pensados para que ela se destaque em meio às …

Slogan: exemplos para infoprodutores

O slogan é uma frase utilizada para gerar identificação de um produto, um serviço ou uma marca e também pode …

O que é FAQ e como criar para o seu negócio digital

Afinal, o que é FAQ? Provavelmente, você já se deparou com essa sigla em algum site ou blog na Internet. …

Infoproduto ou dropshipping: descubra a melhor opção

Se você quer investir no empreendedorismo, mas ainda não sabe qual caminho seguir, precisa saber qual é a diferença entre …

Autoridade digital: o que é e como construir

Você deseja que a sua empresa tenha autoridade digital, mas está quebrando a cabeça e ainda não sabe como fazer …

15 frases para atrair clientes e aumentar as vendas

  Hoje em dia, é cada vez mais difícil chamar a atenção das pessoas nas redes sociais. Isso se dá …