Tipos de plataformas de marketplace [Dicas de uma Agência de SEO]

Plataforma de marketplace

Você deseja participar ou ter uma plataforma de marketplace como o eBay ou Amazon e está procurando a que atenda às suas necessidades? Veja nesse conteúdo o que preparamos sobre diferentes tipos de marketplaces. 

A presença de vários fornecedores em sua loja é um bom método de oferecer uma ampla gama de produtos para seus clientes.

Os concorrentes acabam influenciando você a fornecer os preços mais competitivos para seus produtos e isso beneficiará seus clientes. Através deste tipo de serviço, você ganhará comissões por cada venda.

Neste artigo, apresentaremos as plataformas mais conhecidas para usar e criar seu próprio mercado no marketplace, com dicas de uma agência de SEO sobre as principais diferenças entre os marketplaces e os diferenciais que cada um tem. 

A maioria dessas plataformas está bem estabelecida no mundo das compras online tradicionais. 

Marketplace: o que é?

Market place ou marketplace é um serviço de intermediação comercial.  Marketplace é um site usado por vendedores independentes, profissionais ou individuais para vender seus produtos ou serviços pela internet. 

Os vendedores são obrigados a pagar uma comissão por venda. Certas plataformas têm vários modelos de negócios, por exemplo, os vendedores devem pagar um valor fixo por cada venda, taxa de assinaturas ou taxas de inserção ou preços de lead e assim por diante.

Existem inúmeros marketplaces, como Mercado Livre, Amazon, ebay ou Shopee, que disponibiliza várias áreas de venda. Os vendedores podem vender milhares de itens ou serviços por meio desses marketplaces e ficam impressionados com as diversas opções oferecidas por essas plataformas. Essas plataformas são frequentadas por um grande número de clientes da Internet todos os meses.

Certos marketplaces também gerenciam a entrega e o armazenamento de mercadorias para garantir a alta qualidade da experiência do usuário, bem como a longevidade das operações comerciais. 

Os marketplaces oferecem uma variedade de benefícios para vendedores e compradores. 

Para os compradores, eles podem acessar uma variedade de bens e serviços em um único local. Para os vendedores, eles podem se conectar com milhões de clientes em potencial e aproveitar a garantia de pagamento.

Qual é a diferença entre um marketplace e uma loja virtual?

A maioria das grandes lojas online é influenciada por marketplaces, pois é uma estratégia bem sucedida para atrair o interesse de clientes interessados ​​em aumentar as vendas online. Embora os marketplaces sejam um site de comércio eletrônico, nem todos os sites de comércio eletrônico são marketplaces.

1. Diferentes modos de operação

Embora esses tipos de sites online sejam todos utilizados para a venda de mercadorias, os serviços são diferentes em seus métodos operacionais. Em um mercado online, as transações são realizadas diretamente entre o comprador e o vendedor.

O site é de propriedade do vendedor, e o comprador é o comprador final. Em contraste, quando se trata de um serviço de mercado, há três partes envolvidas: o proprietário da plataforma, bem como o vendedor e o comprador. O marketplace é uma versão virtual do shopping, onde há várias lojas dentro deste site. Vários vendedores podem utilizá-lo para vender seus produtos ou serviços, seja ele um produto de pequeno porte, como um clareador dental ou até mesmo uma geladeira.

Os vendedores adoram esse sistema, pois esse sistema permite que os vendedores alcancem um número maior de clientes devido à fama do mercado. Assim, os vendedores que oferecem itens ou serviços são compradores do mercado.

2. Uma solução de logística

Se o vendedor possui uma loja online, é necessário investir recursos substanciais para criar o sistema de vendas online e gerenciar o armazenamento de mercadorias e seu transporte, bem como a administração da logística.

Isso é essencial para cumprir os prazos de entrega e garantir a satisfação dos clientes.

Ao usar um serviço de marketplace, os vendedores se beneficiam dos recursos e serviços disponíveis. O custo de operação é substancialmente reduzido, pois não precisa lidar com o aspecto logístico.

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

3. Oferecer que o cliente está a procura

Se um comerciante vende produtos através de sua própria loja online, ele é obrigado a modificar sua interface para atender aos requisitos de seus clientes.

Este método exige investimentos adicionais, incluindo páginas no catálogo, acompanhamento do estoque adicional de produtos, além de garantir a entrega de mais produtos e serviços no pós-venda e assim por diante. Se a empresa não dispõe de recursos (financeiros ou logísticos) para suportar a expansão do seu negócio, futuramente a empresa irá enfrentar alguns desafios.

Além disso, o vendedor pode se beneficiar dos avanços tecnológicos através do serviço de marketplace. Os sistemas de pagamento são apropriados para os compradores e as comissões são gerenciadas de forma eficaz. A faturação e a gestão logística também são sempre bem organizadas.

Decidindo sobre o melhor modelo de negócios

É importante observar que existem muitos modelos de soluções de marketplace que diferem no pagamento. 

Diferentes operadores têm a opção de escolher entre as seguintes fórmulas, que podem ser combinadas para manter seu foco: assinatura, comissão por venda, custo de inserção, por venda de lead, cupom desconto, ofertas e assim por diante.

1. O sistema de comissões do mercado

Ele permite que os vendedores ganhem com o compartilhamento de custos. Melhora a gestão das margens e ajuda a diversificar o leque de ofertas.

2. O sistema de assinatura

É uma alternativa intrigante às comissões quando não são relevantes, pois os custos de transação não podem ser determinados de antemão. As assinaturas auxiliam na gestão do marketing e monitoram as vendas no mercado.

3. Custos de postagem ou inserção do produto

Eles são normalmente usados ​​por meio de plataformas de publicidade que permitem que os vendedores possam anunciar seus produtos ou serviços.

4. Comissão

Esse método é o mais convencional entre os marketplaces, pois é um sistema de comissões. Essas plataformas só recebem quando o produto é vendido.

5. Freemium

Esse tipo de oferta está se tornando cada vez mais popular entre os administradores de soluções do mercado, principalmente os da área de entretenimento e música. Em geral, os usuários têm acesso a um serviço gratuito e irrestrito. Você deve adquirir a versão paga para ter acesso a todos os recursos do aplicativo.

6. Publicidade

Se os vendedores desejam que a presença online de sua loja seja exibida em pesquisas relacionadas ao seu negócio no marketplace, eles deverão pagar um custo definido pelo operador dos marketplaces.

Como você pode esperar, há um grande número de plataformas especializadas em fornecer produtos no mercado e os vendedores podem escolher de acordo com que ela pode oferecer de benefícios, seja custos por comissão ou até mesmo a sua popularidade.

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.