Assim como um bom título, uma thumbnail também pode atrair mais pessoas até o seu conteúdo. Isso porque a thumbnail consiste em pixels que formam uma imagem em miniatura do seu conteúdo. 

Nesse sentido, uma thumbnail é como o elemento de uma vitrine. Se ela não for bem trabalhada, pode prejudicar a experiência visual do conteúdo. 

YouTube, Instagram e Google são as redes em que mais se utilizam as thumbnails, mas cada uma tem suas particularidades. Por isso, é importante saber como usar cada uma nos seus respectivos canais. 

E então, quer saber o que é e como fazer uma boa thumbnail? Continue a leitura do artigo!

O que é e como surgiram as thumbnails?

Thumbnails são versões de tamanho reduzido de fotos ou vídeos, usadas para ajudar a reconhecer e organizar esses. Vale dizer que na era das imagens digitais, os mecanismos de busca visual utilizam bastante essas versões em miniaturas. 

O termo ‘thumbnail’ faz referência à unha do polegar e, surpreendentemente, essa expressão já foi usada no século XIX para representar uma imagem pequena. Mas, no contexto da tecnologia, foi utilizada pela primeira vez na década de 80.

Há quem aproveite as imagens em miniaturas para criar o famoso ‘clickbait’, mais um termo em inglês, que é uma isca de cliques — incita o usuário a clicar por pensar que se trata de um conteúdo x, mas, muitas vezes, aborda um conteúdo y. 

Embora seja a tática responsável por muitos virais, não é bem-vinda para uma marca, por enganar visitantes e ocasionar perdas de clientes.

 

Para que serve a thumbnail?

A thumbnail serve para agilizar a busca e a identificação de um conteúdo. Afinal, por serem arquivos mais leves e com dimensão otimizada, é possível apresentar mais conteúdos em uma única página utilizando as thumbs.

Além disso, a thumbnail é também uma prévia visual do conteúdo e, se bem utilizada, pode chamar a atenção da audiência e atrair mais tráfego para a página. 

Essas miniaturas personalizadas do seu conteúdo também são uma boa maneira para estabelecer uma identidade visual para o seu negócio, especialmente nas plataformas de vídeo. 

Para isso, é importante se manter atento aos elementos de uma thumbnail e saber utilizá-los para destacar sua marca.

 

Quais são os principais elementos de uma thumbnail?

Uma miniatura é formada por alguns elementos, e cada um deles tem uma função específica. Em conjunto, esses componentes devem fazer a thumbnail se destacar. 

Entre os principais elementos de uma boa thumbnail, podemos destacar:

 

Imagem

A imagem precisa retratar a essência do conteúdo. Se for um vídeo, pode ser o recorte de um trecho ou até mesmo uma imagem de quem está apresentando o conteúdo.  

Se o conteúdo for de áudio, como um podcast, vale a pena apostar em uma arte personalizada para cada episódio.

 

Texto

O texto é um elemento central de uma thumbnail, já que pode sintetizar de maneira mais evidente o assunto tratado naquele conteúdo.

Por isso, utilize sentenças curtas, de no máximo cinco palavras. Além disso, escolha bem o tamanho e o tipo da fonte e use a mesma cor em toda parte textual da sua miniatura.

Aposte nesse elemento como uma forma de estabelecer uma identidade única para o seu conteúdo, aquilo que fará sua audiência lhe identificar de primeira.

 

Cores

Grande parte do impacto causado por uma boa thumbnail é proveniente das cores utilizadas na sua criação. Portanto, aposte em cores atrativas e que dialoguem com a sua marca.

 

Emojis e memes

Memes e emojis são ótimas representações de linguagem rápida e de fácil entendimento. Além disso, o uso de um meme pode ajudar a viralizar o seu conteúdo.

 

Objetividade

Um outro elemento que vale destacar é a objetividade. Uma miniatura precisa transmitir uma mensagem muito clara e de maneira concisa. Vale destacar que é necessário que o elemento seja fiel ao conteúdo que representa.

 

Como usar as thumbs?

Segundo o YouTube, 90% dos vídeos com melhor desempenho na plataforma possuem thumbs customizadas, ou seja, que não são feitas a partir de um quadro do vídeo. 

Assim, do Adobe Photoshop ao Canva, existem programas profissionais bastante acessíveis para criar uma thumb.

Dito isso, vamos descobrir agora como criar e usar as thumbs nos principais canais da internet. Confira!

 

Instagram

Vídeos do IGTV e dos Reels são os tipos de publicações que precisam de thumbnails. 

Para o IGTV crie imagens .JPG e disponha o conteúdo nas proporções 9:16, 1:1, ou 16:9 (depende de como você realizou a filmagem). As resoluções recomendadas são de 1280 x 720, 720 x 720, ou 720 x 1280 pixels. 

 

Thumbnail 9:16 Instagram

Thumbnail para IGTV com conteúdo vertical (9:16). Instagram – HeroSpark

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

 

Thumbnail 16:9 Instagram

Thumbnail para IGTV com conteúdo horizontal (16:9). Instagram – HeroSpark

 

Thumbnail Instagram 1:1

Thumbnail para IGTV com conteúdo quadrado (1:1). Instagram – thainaiansen

 

Já os vídeos do Reels podem aparecer normalmente no feed (proporção 1:1) ou na galeria dedicada aos Reels (proporção 9:16). Para não ter problemas, você pode trabalhar na mesma lógica do IGTV, de deixar o conteúdo mais centralizado (como se fosse uma zona segura), mantendo as margens livres. 

 

Thumbnail Reels 1:1

Thumbnail para Reels com conteúdo quadrado (1:1). Instagram – esocialmediamas

 

Thumbnail Reels 9:16

Thumbnail para Reels com conteúdo vertical (9:16). Instagram – esocialmediamas

 

YouTube

A proporção das imagens para esta plataforma é de 16:9, na resolução de 1280 x 720 pixels. O site também aceita arquivos no formato .GIF, .BMP e .PNG. Como a comunidade é exclusiva para conteúdos audiovisuais, você precisa caprichar mesmo nas thumbs. 

  • Priorize cores que contrastam o preto, vermelho e branco do YouTube (como lilás, amarelo, azul e verde — cores vivas, em geral).
  • Inclua uma imagem de uma pessoa, o que pode aumentar em até 38% o engajamento dos usuários com seu conteúdo.
  • Se aplicável, represente cenas de ação na thumbnail. Exemplo: o vídeo é de um prato especial, então em vez de preencher a thumb com a foto da refeição pronta, tire uma foto preparando-a.

Thumbnail YoutubeThumbnail para YouTube. YouTube – HeroSpark

Google

Além de ter cuidado com o nome do arquivo da imagem, legenda, texto alternativo etc., também é fundamental garantir a qualidade e dimensão da imagem do thumbs que aparecerá no Google.

Isso porque as thumbs que aparecem nos resultados da pesquisa orgânica impactam o clique, criam uma antecipação e podem transformar a expectativa do usuário sobre o que é o site de destino. Especialmente quando as buscas são feitas pelo smartphone, as thumbs têm ainda mais importância.

Priorize imagens quadradas (1:1), evite inserir muitos detalhes e elementos em uma única imagem e torne-a informativa (se o conteúdo do site for informativo).

 

Thumbnail Busca Google

Thumbnails que aparecem em uma busca no Google

Bônus: e-commerce

As miniaturas das lojas virtuais vão além de um diferencial, mas sim uma oportunidade de exibir uma quantidade maior de produtos e, assim, ter mais chances de mostrar o que o visitante procura de imediato.

As thumbs em landing pages também servem para oferecer produtos similares e, possivelmente, aumentar o valor do carrinho de compras. A maioria das empresas já utilizam esse recurso — como Netshoes, Magazine Luiza, entre outros.

 

Thumbnail eCommerce

Thumbnails no e-commerce. Fonte – Magazine Luiza 

 

Dicas para produzir sua thumbnail

 

1. Sites e programas online já fazem uma parte do trabalho para você

Não é necessário abrir um documento em branco, configurar as dimensões e gerar sua thumb do zero. Hoje existe uma quantidade numerosa de sites e programas gratuitos que possuem o template quase pronto para você preencher com o conteúdo.

Canva e Adobe Spark são ferramentas excelentes para produzir sua miniatura. O Snappa também é muito utilizado para este fim, mas, no seu modo gratuito, limita até cinco downloads de projetos por mês.

 

2. Adeque recursos pensando na Consciência de Marca

Um erro bastante comum é o das pessoas fazerem suas thumbs de forma aleatória, sem seguir uma identidade visual e um estilo próprio da marca. Sobretudo no YouTube, é uma falha grave porque os usuários estão expostos a muitos vídeos e, sem um layout que ajude a lembrar do seu canal, menor será o envolvimento. 

Se você escolheu editar suas miniaturas uma vez com lilás, amarelo e branco, por exemplo, já que são cores vivas e compatíveis entre si, siga com a mesma paleta por um tempo razoável. Caso faça um rebranding, aí sim seria interessante variar.

 

3. Teste tudo o que você aplicou

No mercado digital, a melhor forma de se dar bem é testando o que dá certo. Algumas ferramentas possibilitam o teste A/B com thumbs, como o TubeBuddy. Por mais que existam tantas recomendações, o seu público possui preferências próprias, por isso é importante identificá-las o quanto antes.

Com este artigo, foi possível compreender a importância e como criar uma thumbnail para algumas das maiores redes sociais e até para uma loja virtual.

E para você aproveitar o máximo daquilo que as redes sociais podem oferecer ao seu negócio, nós preparamos um material com tudo o que você precisa saber para transformar suas redes em máquinas de vendas.

Baixe gratuitamente o e-book “Como criar as suas redes sociais” e impulsione o seu negócio se tornando uma autoridade digital. 

1 Comentário

  1. Juliana disse:

    As Thumbnails são realmente importantes, mas não sabia que era uma taxa tão grande. Obrigada pela informação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.