Afiliados digital são as pessoas que fazem indicações de produtos, online ou físicos, e recebem comissões pelas suas vendas. Esse mercado recebe até 20 mil novos inscritos por mês, um número significativo para um serviço em expansão.

Na prática, a única exigência para ser um afiliado digital é ter pelo menos 18 anos. As outras características desejáveis é ser focado com os próprios objetivos, ter vontade de aprender sobre o mercado digital e entender as ferramentas do marketing de afiliados.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, vamos à leitura!

O que são afiliados?

Afiliados é uma profissão que possibilita ganhar dinheiro com a venda de produtos de terceiros por meio de comissões. O principal objetivo desses profissionais é criar estratégias para realizar o maior número de vendas possível. 

Além disso, os produtos vendidos pelos afiliados digital, em específico, são bastante diversos, como cursos online, tutorias e e-books dos mais variados temas.

A melhor coisa dessa área é que o leque de opções de trabalho para um afiliado é enorme. Ele só precisa se afiliar a um programa, realizar uma tutoria do produto ou serviço que divulgará e começar a vender para o seu público-alvo.

 

Por que fazer parte dos afiliados digital? 

 

É um negócio que exige pouco investimento inicial 

No marketing de afiliados, você não tem a necessidade de produzir nem adquirir nada. Custo zero com isso. 

Algumas pessoas até pagam anúncios logo no começo. Mas nada impede que você comece criando um site próprio, o que vai lhe custar apenas hospedagem e domínio, com o objetivo de monetizá-lo também no futuro. 

Com o site criado, basta adicionar conteúdo de qualidade, incluindo os virais. Eles vão atrair visitantes que, logo mais, se tornarão leads.

 

Você pode trabalhar de forma independente 

Muitos afiliados digital se queixam de um histórico com um chefe, muitas vezes abusivo. Mas, nessa carreira, você não tem chefe, embora a responsabilidade com as suas próprias contas se torne mais alta.

No entanto, se isso fosse realmente uma barreira, os programas de afiliados não cresceriam, certo? Poucos contam que esse negócio pode se tornar tão autônomo que pode ser considerado uma renda passiva.

 

É escalável

Se você chegar em um ponto em que haverá muito trabalho a fazer, basta delegar. Nesse mundo pós-digital cheio de demandas, não é incomum isso acontecer. 

Sem a necessidade de escritório e de suporte aos clientes, suas despesas se manteriam baixas, mesmo contratando alguém para trabalhar com você.

Além disso, se você achar um nicho ou produto diferente, com poucos afiliados envolvidos, a chance do negócio escalar se multiplica ainda mais. 

 

É perfeito para quem é competitivo por natureza

A análise de dados e de performance por si só já carrega um pouco de competição. Pelo menos consigo mesmo. 

As metas são pensadas no sentido de sempre evoluir. Os testes A/B são formas dinâmicas de ver esse desempenho e ter certeza do que funciona ou não.

Quando o nicho de atuação já é bem propagado, como o de emagrecimento, por exemplo, se torna ainda mais recompensador cada venda realizada. 

 

Você pode vender apenas o que quiser 

Diferente de quando você é contratado por alguém e tem de concordar com qualquer solução que a pessoa traz, na plataforma de afiliados você tem à sua disposição uma infinidade de produto ou serviço para vender.

Assim, quando você vende somente aquilo em que acredita, você estará praticando a integridade, a honestidade, a ética e seguindo com o seu propósito. 

Segundo a psicologia, esse é um dos atributos que mais dão satisfação aos humanos e os fazem trabalhar com eficiência, e é um constante desafio entre as grandes corporações.  

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

 

Como se tornar um afiliado? 

 

1. Pense no que quer vender

Escolher o que vender envolve tanto um nicho quanto um produto em si. Alguns exemplos de nichos de mercado são: finanças, saúde, relacionamentos, educação etc. 

É importante que você escolha um produto ou serviço coerente com a sua intenção de fazer parte de um programa de afiliados, que entenda um pouco da área escolhida e seja influente para vender. 

Quanto ao formato dos produtos, até então, existem essas opções:

  • Produtos digitais: e-books, cursos online, webinars, entre outros;
  • Aplicativo de chat para sites (Jivochat);
  • Produtos variados como máquinas de cartão de crédito, hospedagens de sites, Wi-fi (UOL Afiliados);
  • Itens diversos de varejistas (Amazon, Meliuz, Submarino).

 

2. Escolha uma boa plataforma

Cada tipo de produto, normalmente, possui sua própria plataforma. Mas alguns possuem concorrentes entre si, como os produtos digitais, aplicativos e hospedagens. 

Então, escolha a empresa que mais satisfaça suas necessidades de empreendedor individual e comece a vender.

Lembre-se também de que não é recomendado pensar só em você como afiliado ao escolher a plataforma. Porque o produtor e o cliente também a usarão, provavelmente. Então, ela deve ser intuitiva para todos, além de proporcionar boa comunicação.

 

3. Crie sua audiência

Neste momento, você precisa criar uma comunidade de pessoas interessadas no produto que você escolheu. E não vale incluir aquela sua conta pessoal com amigos e familiares, já que nem todos têm interesse no produto.

Por meio do conteúdo e da interação com os outros usuários, das redes sociais ou da internet em geral, você atrairá mais público-alvo em potencial e os resultados, de médio a longo prazo, são garantidos.

 

4. Invista em mídia paga

Em paralelo à criação da sua própria comunidade, o tráfego pago pode ajudar e tornar essa estratégia mais sustentável. 

Portanto, publique anúncios do produto com o seu link de comissão para que, ao segmentar e alcançar algum lead, a compra seja feita por essa URL e a plataforma a reconheça.

Quem compra mídias, é obrigado a entender os resultados das campanhas (ou terceirizar essa função). Sempre que lançar um conjunto de anúncios, você deve dominar os objetivos, os orçamentos e as projeções das propagandas.

Afiliados digital são os empreendedores que entendem o porquê de se afliarem e levam  a sério todo o processo. Do contrário, sem se motivar pela sua escalabilidade ou independência, por exemplo, a jornada até ser um afiliado de sucesso pode ser bem difícil.

 

Perguntas frequentes

 

Quanto ganha um afiliado digital?

Um afiliado digital recebe de acordo com o que for acordado com o produtor. Então, não existe um valor fixo, já que os ganhos dependem do quanto cada um vende e da comissão determinada pelo criador de conteúdo. Portanto, é difícil definir uma média.

No entanto, saiba que os valores podem variar entre R$ 0,30 a mais de R$ 100,00 por comissão para cada venda realizada. 

É importante lembrar também que os valores variam de acordo com cada segmento. Então, cabe a você decidir quais são os produtos ou serviços mais rentáveis para vender.

 

Qual a melhor plataforma para ser afiliado?

A HeroSpark Afiliados é um programa ideal para que afiliados vendam infoprodutos de terceiros dos mais diversos tipos, sem ter que produzi-los. Assim, além de lucrar, você consegue escolher o produto certo para o público que deseja atingir.

Através de um sistema fácil e seguro, o programa de afiliados da Hero acelera suas vendas e garante toda segurança para o recebimento das suas comissões. 

Se você ficou interessado em começar como afiliado, que tal conhecer agora mesmo a HeroSpark? Aqui, você encontra as ferramentas que precisa para vender produtos digitais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.