Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Funil de conteúdo: saiba o que postar em cada etapa

Funil de conteudo

O funil de conteúdo consiste em uma ferramenta que busca auxiliar na jornada de compra dos internautas, desde o momento em que conhecem a marca em questão, até o momento em que se tornam clientes.

 

Esse recurso é muito utilizado entre os vendedores, mas também se tornou algo fundamental no marketing digital. A partir do funil de conteúdo, é possível identificar em que parte da jornada se encontra o cliente, facilitando a produção de postagens com conteúdo topo de funil.

 

A ferramenta é dividida em três etapas, cada uma com características específicas e que precisam ser trabalhadas estrategicamente, sobre as quais falaremos, a seguir.

 

1- Topo de funil (ToFu)

 

O conteúdo topo de funil é aquele pensado para atrair visitantes para sua mídia social e dar o máximo de informações sobre o seu negócio para que os internautas se sintam interessados e continuem em sua jornada até a compra, mesmo que não esteja 100% focado em adquirir algum produto ou serviço específico.

 

Os conteúdos de topo de funil são aqueles que conseguem trazer o maior número de visitantes. Para isso, deve ser relevante e de qualidade, mas abrangendo termos mais gerais, para que os possíveis clientes se identifiquem e se aproximem de seu negócio.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

 

2- Meio de funil (MoFu)

 

Essa etapa exige um pouco mais do pensamento vendedor de uma empresa, visto que, quando pensamos em conteúdos para o meio de funil, o usuário já não é mais um simples visitante que apenas rolou o feed de sua rede social. Agora, ele já conhece o conteúdo de sua empresa e como isso pode favorecê-lo.

 

Por isso, essa é a oportunidade perfeita de aprofundar um pouco mais esse relacionamento, mostrando que você tem aquilo pelo que o internauta está procurando.

 

3- Fundo de funil (BoFu)

 

Após as etapas anteriores, quando o usuário já tem a sua atenção voltada para a sua mídia social e interesse pelo conteúdo que ela oferece, é chegado o momento de mostrar porque a sua empresa deve ser escolhida como a solução que ele busca.

67 headlines para páginas de vendas

 

Então, seguindo um funil de marketing previsível, podemos dizer que, nessa etapa, o internauta está avaliando os fatores positivos e negativos de fechar uma compra, tanto com sua empresa, quanto com possíveis concorrentes. Por isso, nessa etapa de fundo de funil você precisa ser ainda mais objetivo e mostrar para ele que o seu negócio é a melhor opção.

 

Aprenda mais sobre os conteúdos de topo de funil. Afinal, serão os responsáveis pela maior parte do seu tráfego:

 

 

Benefícios do funil de conteúdo

 

É possível analisar que o funil de conteúdo é de extrema utilidade dentro de uma estratégia de marketing e ainda traz benefícios como:

 

  • Otimização da gestão: a análise de cada estágio fica mais objetiva e ágil;
  • Melhores oportunidades: aumenta a possibilidade de fechar negócios com os clientes;
  • Previsibilidade de resultados: através dos números, é possível prever se os setores de marketing e vendas cumprirão a meta e qual será o tempo necessário para alcançá-la;
  • Desenvolvimento de produtos: a partir da interação com os seus clientes, você poderá encontrar novos caminhos para aperfeiçoar os serviços ou produtos da empresa.

 

Como criar um funil de conteúdo?

 

Existem algumas etapas que devem ser seguidas para criar um funil de conteudo eficiente e de sucesso que ajude a sua empresa. Em primeiro lugar, você deve definir o seu produto, aquilo que você deseja vender e definir o seu avatar. Além disso, a empresa deve produzir conteúdo, seguindo as etapas do funil de conteúdo já introduzidas, pensando na mensagem que procura transmitir aos visitantes.

 

Nesse sentido, é essencial pensar em conteúdos para cada etapa do funil. Aqueles mais gerais para pessoas que ainda estão conhecendo a sua marca — e, consequentemente, são do topo de funil —, alguns mais nichados que são de meio de funil e, por fim, conteúdos que realmente mostram o que você oferece — fundo de funil.

 

É evidente que, com um número alto de demandas, não será possível se comunicar manualmente com os potenciais clientes. Pensando nisso, é importante automatizar os fluxos de e-mail e mensagens, que entreguem recados personalizados conforme o comportamento de um grupo de usuários.

 

Agora que você sabe o que é funil de conteúdo, precisa conhecer a HeroSpark, uma excelente ferramenta que visa colocar tudo o que você precisa para criar um negócio digital lucrativo em um único lugar e ajudar empresas a transformarem o seu conhecimento em um negócio digital de alto impacto.

Mais artigos para você

Divulgação de cursos online: saiba como fazer

Não basta criar um infoproduto, é necessário aprender a fazer a divulgação do curso online. Lembre-se: quem não é visto, …

4 dicas para impulsionar no Instagram

Atualmente, o Instagram é uma das redes sociais mais usadas no mundo e é uma das mais estratégicas para quem …

mLabs: planos e características

Você já ouviu falar nas ferramentas de gerenciamento de redes sociais? Atualmente, existem muitas opções de ferramentas no mercado. Uma …

URL amigável: o que é e por que ter uma

Você produz ótimos conteúdos em seu site ou blog, mas recebe pouquíssimos acessos? Se esse é o seu problema, saiba …

Estratégia digital: o que é e como montar uma de sucesso

Para atuar no marketing digital é necessário investir em planejamento, caso contrário os seus objetivos não serão alcançados. Diante disso, …

Inbound e outbound: descubra as diferenças e qual usar

Se você é um infoprodutor, precisa conhecer todas as estratégias de marketing digital existentes no mercado para conseguir atrair a …