Spam e-mail: o que é e como evitar que a sua mensagem vá para o lixo eletrônico?

Spam Email: Aprenda como evitar cair no lixo eletrônico
Spam Email: Aprenda como evitar cair no lixo eletrônico

O e-mail marketing é bastante utilizado para manter a comunicação com os clientes. Além de ser eficiente e dinâmico, quando se trata de acordos comerciais, o e-mail também pode ser considerado um documento comprobatório. 

Por esses motivos, é de extrema importância que o conteúdo enviado chegue ao destinatário sem ser desviado para o lixo eletrônico por spam.

Então, continue a leitura para saber mais sobre o spam e-mail e conferir dicas práticas para evitar que isso aconteça com o seu disparo de mensagens. Vamos lá?

Obtenha modelos prontos de iscas digitais para conseguir o e-mail do seu lead e a autorização prévia dele. Não perca tempo! Crie seu perfil gratuitamente na HeroSpark para escalar o seu negócio!

O que é spam e-mail?

São e-mails enviados para vários destinatários sem a permissão dos mesmos. Também são conhecidos como lixo eletrônico.

O termo “spam” surgiu da abreviação de um produto americano – SPiced hAM – que foi utilizado em um quadro humorístico do Monty Python. Confira nesse vídeo.

Percebe-se que a senhora claramente não quer o Spam. O mesmo acontece com os e-mails que chegam de forma indesejada, logo são classificados como spam.

Geralmente, os tipos de spam e-mails mais conhecidos são:

  • Correntes;
  • Boatos e lendas;
  • Propagandas;
  • Ameaças;
  • Pornografia;
  • Códigos maliciosos;
  • Fraudes;
  • Golpes.

Além disso, não é só nos e-mails que essa prática pode acontecer. As redes sociais e mensagens instantâneas também são alvos de spam.

Como o seu e-mail marketing pode virar um spam?

A diferença entre e-mail marketing e spam é que, no primeiro caso, é concedida a permissão para enviar e-mails ao remetente. Assim, todos os contatos concordam com o recebimento de e-mails, seja em formato de newsletter, boletins ou promoções.

Enquanto no spam e-mail, o conteúdo é enviado sem o aval de quem vai receber.

No entanto, muitos empreendedores compram listas de e-mail na intenção de aumentar sua base de contatos e espalhar sua mensagem para mais pessoas. 

Acontece que, ao fazer isso, provavelmente a mensagem será encaminhada para a caixa de spam, pois não foi pedida a autorização para enviar esse conteúdo antes.

Além disso, o próprio usuário pode classificar um e-mail, assim que recebê-lo, em spam. Isso comprova a importância de obter sua autorização antes.

Filtros anti-spam

Convém destacar que os provedores de e-mail possuem o filtro anti-spam, ou seja, um recurso que é capaz de barrar mensagens suspeitas. Para isso, eles levam em conta diversos critérios e atribuem pontos (nível de spam) para cada um deles

O Gmail, por exemplo, possui filtros com base no interesse do usuário. Ou seja, quanto mais engajamento com o e-mail, maior será a taxa de entrega. 

Esse provedor também realiza a avaliação conforme as pesquisas realizadas no Google e se o e-mail está de acordo com esse interesse prévio.

Já os e-mails da Microsoft (Hotmail, Outlook, Live, MSN) avaliam a quantidade de mensagens enviadas pelo destinatário, denúncias de spam e percentual de interação. 

Quais são os impactos do e-mail spam para o seu negócio?

Caso suas mensagens sejam consideradas spam, será causado um impacto negativo no seu negócio com a remoção indevida de e-mail legítimos.


Ou seja, suas propagandas e newsletters não chegarão à caixa de entrada dos seus clientes ou leads em potencial, e os mesmos sequer abrirão o e-mail correspondente. 

A consequência é a diminuição nas taxas de entrega e de abertura da sua lista de e-mail, o que compromete a divulgação do seu negócio e, obviamente, as chances de venda. 

Como evitar que o seu e-mail marketing vá para o spam dos clientes?

Para evitar que os seus e-mails sejam barrados pelos filtros anti-spam, é importante ter atenção a alguns detalhes, além de boas estratégias de marketing digital

A seguir, veja algumas dicas que podemos fazer para evitar que seu e-mail caia no spam:

1. Planeje o assunto do e-mail

Um bom planejamento facilita qualquer tarefa. Independente da plataforma de e-mail que o seu cliente usa – Gmail, Hotmail ou Yahoo, dentre outras – todas possuem filtros de spam. 

Por isso, ao invés de enviar um monte de e-mail sem sentido, planeje-se e elabore o assunto que será abordado com antecedência, assim como o texto que será encaminhado.

2. Evite enviar somente uma imagem

É muito comum recebermos e-mails que contêm apenas uma imagem no corpo do texto. Geralmente, o mesmo folder é utilizado para a campanha em outros formatos de divulgação.

acelerador digital

Isso não é bom para o e-mail marketing, pois automaticamente as imagens sozinhas indicam que o conteúdo é perigoso ou enganoso. Por isso, evite enviar somente uma foto. 

3. Adapte-se ao mobile 

Atualmente, a maior parte dos clientes acessa o e-mail pelo celular. Sendo assim, ser mobile friendly e adaptar o seu conteúdo para diversos tipos de dispositivos é essencial. Se a sua empresa ainda não faz isso, já passou da hora!

4. Forneça a opção de descadastro 

Uma das coisas mais desconfortáveis para o cliente, além do spam, é não se identificar mais com uma marca e não saber como retirar o contato da lista de e-mail marketing. 

Por isso, ao final do e-mail, sempre ofereça a opção de descadastramento.

5. Periodicidade e narrativa contínua 

Manter a periodicidade do contato com o cliente é muito importante. Seja a cada 15 dias, toda segunda-feira ou uma vez por mês. Estabeleça as datas de envio e cumpra todas. 

Fora isso, mantenha uma narrativa contínua que conecte um e-mail do outro. Assim, sua marca ficará mais humanizada e manterá uma coerência nas ações de marketing digital.

6. Evite alguns termos e palavras no assunto

Existem alguns termos e palavras que, quando utilizadas no assunto do e-mail, costumam ser barradas pelos filtros anti-spam e pelos próprios usuários. Elas são:

  • Atenção
  • Imediato
  • Agora
  • Ser seu próprio patrão
  • Trabalhar em casa
  • Ligue agora
  • Bônus em dinheiro
  • Veja isso
  • Dê uma olhada
  • Leia agora
  • Não exclua
  • Isso não é spam
  • Oportunidade
  • Clique Aqui!
  • Uma ótima oportunidade!

Portanto, evite-as!

Dica extra: textos em CAIXA ALTA, com excesso de pontos de exclamação e/ou fontes com cores brilhantes também não são bem aceitos pelo e-mail.

7. Obtenha a permissão dos seus contatos para o envio das mensagens

Esse ponto é o que vai diferenciar sua mensagem do e-mail spam.

Construir uma lista de leads qualificados pode ser um processo demorado, porém, vale a pena quando a meta é realmente construir uma audiência engajada, com ótimas taxas de abertura e entrega de e-mail.

Portanto, atraia seus leads com iscas digitais e deixe-os cientes do seu envio periódico de e-mails. 

8. Segmente seus leads

Ao identificar em qual parte do funil de vendas seu lead está, a mensagem pode ser muito mais personalizada e do interesse do usuário. Isso leva a uma maior taxa de abertura e menor chance de o e-mail cair no filtro anti-spam.

Por exemplo: ao saber que seu lead visitou a página de vendas de um produto seu na área da saúde, você pode enviar conteúdos relacionados a isso ao invés de encaminhar sobre outros temas que talvez não lhe importe muito.

9. Mantenha sua lista de e-mails atualizada

A sua lista precisa estar atualizada com contatos válidos para que as chances de entrega e abertura sejam maiores. Afinal, de nada adianta ter vários contatos e enviar muitos e-mails se poucos realmente leem a mensagem.

Por isso, faça frequentemente pesquisas com sua base de contatos. Questione se estão gostando do conteúdo, o que mais querem ver e se desejam continuar recebendo o e-mail.

Além disso, saiba que é importante excluir e-mails inativos, uma vez que os filtros anti-spam detectam quando muitos dos seus usuários não existem mais e, assim, acabam enviando você para a caixa de spam de usuários em potencial.

Com o engajamento da lista, o provedor entenderá que sua mensagem é pertinente. 

10. Utilize uma ferramenta de e-mail marketing 

As ferramentas de e-mail marketing são utilizadas para criar campanhas de marketing por e-mail. Com elas é possível:

  • Segmentar o público;
  • Criar funis e automatizações;
  • Fazer manutenção da base de contatos;
  • Agendar o envio de e-mails.

São plataformas que auxiliam toda a comunicação feita por e-mail, podendo personalizar mensagens e aumentar as taxas de conversão.

É importante salientar que muitas dessas plataformas possuem versões pagas. Geralmente, quando se atinge um limite de contatos, é preciso fazer uma transição de plano. 

Já na HeroSpark é diferente. Oferecemos esse serviço de forma gratuita!

Na plataforma da Hero, você terá disponível todas as funcionalidades necessárias, como:

  • Segmentação automática de leads;
  • Templates de e-mails prontos com textos persuasivos;
  • Lista de contatos ilimitada;
  • Templates de funis de venda;
  • Disparo automático ilimitado.

Também é possível construir landing pages de iscas digitais para conseguir o e-mail do seu lead e a autorização prévia dele. Portanto, não perca mais tempo e crie hoje a sua conta gratuita na HeroSpark para escalar o seu negócio!

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
1 comment
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *