Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade !

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Como medir o ROI de treinamentos corporativos

treinamentos corporativos

Uma das maiores tendências que observamos nos últimos tempos quando falamos a respeito de treinamentos corporativos é a possibilidade de torná-los digitais.

 

E não é para menos. Afinal, cada vez mais empresas e profissionais de RH estão buscando novas alternativas para capacitar colaboradores de maneira mais dinâmica e com uma maior economia de tempo e recursos.

 

Neste contexto, o treinamento de colaboradores na modalidade de ensino online acabou conquistando todos os envolvidos no processo por diversos aspectos distintos.

 

Mas como descobrir e avaliar se um treinamento corporativo está dando os resultados esperados ou não?

 

Efetividade dos treinamentos corporativos

 

Será que seus colaboradores estão realmente aprendendo o que precisam? Eles estão aplicando esses conhecimentos no dia a dia? Seu treinamento tem um impacto na linha de frente da sua empresa? Será que vale a pena ter esse treinamento?

 

Para responder essas perguntas, vamos falar sobre algumas maneiras de medir a qualidade e efetividade do seu treinamento, como: 

 

  • Controle de Qualidade, caso você desenvolva os treinamentos online; 
  • As 4 etapas de avaliação de um treinamento;
  • Retorno sobre Investimento (ROI).

Cada um desses aspectos é essencial para termos as respostas para as questões que foram trazidas para essa discussão. E é sobre isso vamos tratar neste material.

 

Então, pegue papel, caneta, procure um lugar confortável para sentar e vamos juntos!

 

Boa leitura!

Controle de Qualidade

Garanta a qualidade dos seus treinamentos EAD e gere mais resultados!

 

Antes de você finalizar um treinamento online ou subi-lo no seu LMS (Learning Management System), verifique os possíveis erros que possam existir. 

 

Isso parece bastante óbvio e a maioria de nós realizamos o controle de qualidade de nosso trabalho de uma maneira ou outra. No entanto, a maior parte das pessoas não faz isso sistematicamente. 

 

Uma forma de começar a fazer isso é desenvolver um checklist. O checklist é uma ferramenta para avaliar a qualidade do treinamento antes de implementá-lo.

 

Mesmo sabendo que é mais fácil medir a qualidade nos estágios finais (como, por exemplo, o impacto do treinamento sobre o colaborador), é importante se atentar aos fatores mais óbvios como o design instrucional ou a tecnologia utilizada. 

 

O checklist de controle de qualidade não só nos ajuda a identificar e corrigir problemas antes dos colaboradores acessarem, mas também nos ajuda a identificar oportunidades de melhorias nos treinamentos corporativos.

 

A identificação dos problemas mais frequentes ajuda a desenvolver melhores práticas para garantir consistência no projeto atual e nos futuros. Afinal, você não pretende cometer os mesmos erros sempre, certo?

 

Para garantir a qualidade, você deve seguir um processo de controle de qualidade mais detalhado realizando validações e testes, tais como:

 

Validação de Roteiro, Storyboard e Conteúdo

Valide o treinamento todo olhando a efetividade instrucional, erros gramaticais e clareza no design e mensagem que deve ser transmitida. Esse processo de validação ocorre ao longo do projeto, desde a validação inicial do roteiro até a fase de produção do mesmo.

 

Teste de Usabilidade

Durante o design do treinamento e o desenvolvimento do storyboard, avalie a usabilidade do mesmo. A forma do treinamento é a mais adequada? O conteúdo do treinamento está claro? Ele está fluido (engaja)?

 

Teste funcional

Verifique as funcionalidades do treinamento durante o desenvolvimento e antes de distribuir aos colaboradores. Os testes devem incluir interface do usuário, navegação, pontos de interação, entre outros requisitos técnicos.

 

As 4 etapas de avaliação de um treinamento

Reação, Avaliação, Aplicação e Impacto

 

Perfeito, você já validou a qualidade do seu treinamento e agora ele está disponível para seus colaboradores. Pronto? Não!

 

Para medir o valor do seu treinamento, você deve avaliá-lo em sala de aula ou através do seu LMS e após o término do treinamento quando o colaborador retorna para suas tarefas usuais. 

 

Um dos métodos utilizados para medir é o método de Kirkpatrick e suas 4 etapas de avaliação (reação, avaliação, aplicação e impacto). 

 

Vamos falar um pouco sobre essas etapas a seguir.

 

ACESSE GRATUITAMENTE O EBOOK COMPLETO

Mais artigos para você

Como ser persuasivo em vendas e atendimento? 6 dicas para testar e se surpreender

Entender como ser persuasivo em vendas e atendimento é o desejo de quase todo profissional. Afinal, qualquer um de nós …

O que é PNL: 11 técnicas eficazes para abordar clientes e vender mais

Em ambiente tão competitivo quanto o comercial, conhecer técnicas de persuasão e empatia, como o que é PNL em vendas, …

Por que Pedagogia é o curso com maior número de ingressantes no EaD?

O levantamento foi feito utilizando dados do Censo da Educação Superior, realizado anualmente pelo INEP   Ano após ano, o …

10 ideias para ganhar dinheiro em casa

Existem opções para todos os tipos de talentos e habilidades. Confira 10 ideias para ganhar dinheiro em casa   O …

Negócios Digitais: Como criar audiência para seu

Trace um perfil bem definido, crie conteúdo de qualidade e converta acessos em vendas nos seus negócios digitais.   Se …

Como ganhar dinheiro extra na internet criando um negócio digital

Antes da era digital chegar, muitas coisas eram inimagináveis, como ganhar dinheiro extra na internet. Você já parou para pensar …