herospark comece grátis agora

Se você sair perguntando o que é streaming, muita gente não vai saber responder exatamente o que é. Mas se perguntar o que é Amazon Prime, Spotify ou Netflix, a maioria delas vai ter ao menos uma noção básica sobre essas palavras.

Mas, além de plataformas com soluções para entretenimento, o streaming e como utilizar também pode oferecer vantagens valiosas para produtores digitais! Neste texto, você entenderá o que é streaming de uma vez por todas.

 

O que é streaming e como funciona?

Streaming é a transmissão de dados de áudio e vídeo em tempo real. O streaming se popularizou bastante e geralmente é acompanhado pela palavra plataforma por conta de grandes empresas que oferecem vídeo e/ou áudio – como filmes, séries, documentários, músicas e podcasts – para serem consumidos em tempo real pelos clientes. 

Para funcionar, é preciso ter um servidor que armazena os conteúdos de determinado site, programa, app ou serviço digital.

O streaming funciona como uma troca entre esse servidor e um aparelho, de modo que quando uma pessoa dá um ‘play’ em um filme, por exemplo, o aparelho que ela está usando envia uma solicitação ao servidor onde aquele conteúdo está hospedado.

Em seguida, o servidor vai mandar os dados de imagem e som. E, pronto! Seu programa favorito aparece diante de seus olhos.

 

Dados sobre o streaming

Um estudo da Sherlock Communications, realizado em seis países da América Latina – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru -, concluiu que ao menos 70% da população assinou algum serviço de streaming em 2020

Além disso, de acordo com uma pesquisa sobre os impactos da pandemia no consumo das pessoas, realizada pela McKinsey, 48% dos consumidores brasileiros esperam aumentar seu consumo de conteúdo de vídeo. E 25% tem expectativa de gastar mais em entretenimento, em casa, durante a pandemia.

Nos EUA, a Parks Associates pontuou que, no final do terceiro trimestre de 2020, 61% das residências com banda larga assinaram dois ou mais serviços de streaming, quando comparado com o índice de 48% do ano anterior. O estudo revelou ainda que 45% assinam três ou mais serviços e 31% assinam quatro ou mais.

A verdade é que esse é um mercado que já vinha em crescimento. Desde 2017, como mostrou uma pesquisa realizada na época pela Opinion Box, a contratação dos serviços do Spotify e Netflix vem aumentando significativamente.

Diante desse contexto, a transmissão de vídeos utilizando o streaming se tornou uma alternativa para empresas, marcas, freelancers e veículos para a produção e divulgação de conteúdo, com a vantagem de produzir um produto mais nichado para um público bastante segmentado

Outro fato relevante é que, com o avanço destas plataformas, fica cada vez mais simples produzir conteúdo em streaming. Veja, por exemplo, o processo para fazer um webinar:

 

Streaming: conteúdo de nicho, audiência segmentada 

A própria dinâmica do funcionamento das plataformas possibilita o serviço on-demand, já que é possível assistir ou ouvir o que quiser na hora que quiser, sem precisar baixar o conteúdo ou ter que ficar preso à grade de um canal de TV a cabo. Isso incentiva a produção de um conteúdo mais nichado.

Um exemplo disso está no áudio. Já reparou a quantidade e variedade de temas de podcasts disponíveis numa plataforma, como a Spotify? Lá a pessoa pode encontrar programas jornalísticos, de entrevista, entretenimento, política, literários, programas que falem sobre feminismo, filosofia, ciência, meio ambiente, culinária, psicologia, ficção e por aí vai. 

A qualidade do produto e as estratégias de divulgação ditam o interesse da audiência. 

 

Streaming: um mundo de possibilidades

O streaming está aí para favorecer não só aqueles que já trabalham com audiovisual ou somente com áudio. Até as pessoas que não possuem uma formação nessa área podem muito bem entrar nesse mundo e fazer alguma renda extra. 

Mas é claro que é bom ter alguma expertise, um conhecimento para poder ganhar alguma renda extra nessa área, em crescimento, que é o mercado de conteúdo.

Os produtos digitais, de fato, podem ajudar pessoas que têm passado por grandes dificuldades e prejuízos financeiros por conta da crise, criando novas oportunidades dentro do empreendedorismo digital. Por isso é muito bom ter uma estratégia e conhecimento para criação de um produto digital lucrativo. 

A HeroSpark oferece um programa, o SparkStart, que ajuda todos aqueles interessados em começar a produzir bons conteúdos dentro desse mercado de conteúdo digital. Ela oferece tudo o que é preciso saber para você fazer parte desse universo rentável.

Com interesse e conhecimento, a pessoa tem tudo que precisa para fazer uma renda extra no mundo do streaming. E você, está esperando o que?

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *