A produção de conteúdo que até certo tempo era somente em blogs, passou a ser feita também em outros formatos como pelo Instagram, YouTube e por podcast. São tantas opções diferentes que ainda existe uma dúvida por parte de muitas pessoas: o que é podcast?

 

Esse formato traz o conteúdo em áudio e é super pertinente a esta Era Digital, na qual as pessoas têm pouco tempo livre e precisam consumir o conteúdo enquanto fazem outras coisas. Para se ter uma ideia, de acordo com o Correio Braziliense, o Brasil tem o segundo maior mercado de podcasts do mundo.

 

Por isso, vale a pena conhecer o que é podcast e entender como fazer para aplicar na sua estratégia de marketing digital. Explicaremos tudo neste artigo, acompanhe.

 

O que é podcast

 

O podcast pode ser comparado a um programa de rádio, pois ele transmite um conteúdo por áudio para os ouvintes. A diferença é que ele pode ser escutado a qualquer momento, pois este áudio costuma ser disponibilizado em plataformas streaming — como o Spotify — ou no formato de arquivos para serem baixados.

 

Os conteúdos podem ser gravados em diferentes estilos, como:

 

  • Uma única pessoa;
  • Duas ou mais pessoas no formato de bate-papo;
  • Duas ou mais pessoas no formato de entrevista;
  • Storytelling, por meio do qual é contada uma história com personagens e narrador.

 

Quem utiliza o podcast na sua estratégia de disseminação de conteúdo costuma dividi-lo em diferentes episódios com cerca de 1 hora. Sendo assim, determinam uma frequência para publicar estes áudios, do mesmo modo que ocorre em blogs ou num canal do YouTube.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

 

Como fazer um podcast

 

 

Definir o avatar

 

A produção só fará sentido se a equipe souber a quem o podcast é direcionado, ou seja, quem é o avatar. Ao conhecê-lo, você entenderá quais assuntos abordar, qual a duração do podcast, a linguagem utilizada e possíveis convidados.

 

O avatar, também conhecido como buyer persona, é o detalhamento do seu público-alvo. Ele é composto por diferentes características, como:

 

  • Demográficas — idade, gênero, escolaridade e classe social;
  • Profissional — objetivos, rotina e desafios;
  • Hábitosredes sociais que utiliza, por onde se informa, influencers que acompanha, dores que enfrenta e locais que frequenta;
  • Consumo — se compra online ou em lojas físicas e o que chama a sua atenção.

Caso queira saber mais sobre o assunto, veja este vídeo:

 

 

Planejar

 

O podcast, ainda que seja no modelo de bate-papo, precisa ser muito bem planejado. O planejamento e o avatar vão ser a base para gerar um conteúdo de qualidade. Caso contrário, no momento da gravação surgirão inúmeras dúvidas.

 

Portanto, nesse momento, defina o tema do podcast e se será uma série de gravações — para ter vários episódios — ou somente um. Para isso, considere as características do seu avatar e os temas que você tem um bom domínio.

 

Escolha também o formato. Caso seja o seu primeiro podcast, não haja uma equipe técnica e você não tenha habilidades com as ferramentas, recomendamos que seja feito um podcast individual. É uma forma de entender como funciona e corrigir o que pode vir a dar errado.

 

Veja também quais serão os custos dessa produção, para entender se será possível realizá-la com o orçamento disponível. Os custos não costumam sere altos para uma gravação simples, mas falaremos sobre isso mais adiante no tópico “realizar a gravação”.

 

Ao finalizar o planejamento, é preciso ter em mãos:

 

  • Tema;
  • Formato;
  • Frequência com a qual serão publicados;
  • Orçamento.

 

Escolher os participantes

 

Se foi decidido criar um podcast com outras pessoas, é preciso ter muito cuidado ao escolhê-las. Pense em especialistas no(s) tema(s) escolhido(s), mas tenha cuidado para não escolher um concorrente.

 

67 headlines para páginas de vendas

É importante que essa pessoa esteja disposta a compartilhar conhecimento e contribuir da melhor maneira para o seu projeto. Isso porque, para o podcast ficar atrativo, é preciso que ele transmita espontaneidade e tenha boa entonação das vozes.

 

Tenha o cuidado de fazer o convite com antecedência e alinhar a data de gravação, para que não surjam imprevistos. Não esqueça de falar que mandará um roteiro no intuito de guiar a conversa.

 

Fazer o roteiro

 

O roteiro não é para ser utilizado como uma fala a ser decorada, como em novelas ou filmes. Como já falamos, é importante que o podcast transmita espontaneidade. Então, o objetivo do roteiro é fazer com que a pessoa tenha uma noção do que vai falar e a ordem da gravação.

 

Veja um exemplo de roteiro:

 

  • Vinheta;
  • Apresentação do podcaster;
  • Abrir espaço para a apresentação dos convidados, se houver;
  • Introdução feita pelo podcaster;
  • Tópicos que serão abordados — adicionar possíveis perguntas;
  • Avisos;
  • CTA;
  • Encerramento.

 

Não tente colocar blocos de textos prontos nesse guia, pois a probabilidade de você se perder na hora de falar é grande. Caso isso aconteça, não passará credibilidade ao público e sua autoridade no tema poderá ser questionada.

 

Realizar a gravação

 

Como é uma atividade ainda pouco explorada, é comum pensar que são necessários equipamentos caros para gravar um podcast. Seguramente, isso irá melhorar a qualidade do áudio, mas não é essencial.

 

É possível realizar a gravação somente com um computador, um headset com microfone e acesso à internet. Você pode utilizar o celular como microfone ou utilizar outras ferramentas de gravador de voz online.

 

Além disso, é preciso ter alguns cuidados durante a gravação:

 

  • Escolha um ambiente com boa acústica;
  • Tenha cuidado com os ruídos, até mesmo os que você possa fazer durante a gravação, como o de bater na mesa;
  • Teste o microfone;
  • Verifique a entonação da voz.

Se no meio da gravação alguém gaguejar ou se confundir na fala, não se preocupe, pois o arquivo ainda passará para a fase de edição. Porém, esses cortes não podem ser tão frequentes para que não fique chato para o ouvinte.

 

Editar

 

Antes de começar a editar, salve uma cópia do áudio original na nuvem. Isso vai evitar que você perca toda a gravação, caso algo dê errado durante a edição.

 

Alguns gravadores de voz online permitem que você faça ajustes simples na própria ferramenta. Em outros casos, será preciso procurar programas de edição, como o Adobe Audition ou o Audacity. Veja um passo a passo para editar, independentemente da plataforma:

 

  • Escute o áudio para ter ideia de onde serão feitas intervenções;
  • Inicie reduzindo os ruídos de fundo;
  • Retire erros de fala, suspiros prolongados, pausas desnecessárias e outras “falhas” de gravação;
  • Insira os sons e efeitos desejados, como a vinheta.

No dia seguinte, escute o áudio editado e veja se ainda há alterações a realizar. É importante esperar esse tempo, pois a sua atenção estará mais aguçada e a mente descansada deste trabalho. Se possível, peça também para outra pessoa escutar e dar a opinião do que pode ser modificado.

 

Uma dica é salvar as alterações a todo momento, pois os programas de edição podem dar erro e você perder tudo o que já alterou. Sendo assim, precisará iniciar a editar novamente e sabemos que é um processo demorado e cansativo.

 

Definir a plataforma de publicação

 

Existem diversas plataformas de streaming nas quais é possível colocar o seu podcast, mas é importante que você estude sobre elas e escolha a que julgar melhor. Veja como publicar no Deezer e no SoundCloud, por exemplo.

 

Quando for escolher, analise se a publicação é gratuita ou paga e teste a usabilidade do site/aplicativo. Nem sempre a opção mais barata vai compensar, pois pode apresentar falhas na reprodução e atrapalhar todo o sucesso do seu trabalho.

 

Veja também as regras do agregador de podcast. Mas, no geral, são:

 

  • Não violar os termos de serviços;
  • Criar uma conta na plataforma;
  • Deixar metadados explícitos — como título, autor e categoria do podcast;
  • Estar no formato solicitado — como mp3 e wav;
  • Enviar o endereço do feed RSS — existem alguns sites fáceis de usar para criar o feed RSS, como o Anchor.

Depois de enviar o seu arquivo para publicação aguarde o prazo solicitado para aprovação que, geralmente, gira em torno de 4 dias.

 

Agora que você já sabe o que é podcast e como fazer um, vale ressaltar que esse formato é muito aceito e está só começando. Assim, a tendência é que ainda mais pessoas tenham interesse em consumir áudios durante o seu dia a dia.

 

Caso queira se inspirar para criar o seu, veja esta lista com 8 podcasts de empreendedorismo digital.

pesquisa panorama dos negócios digitais