Pixel Facebook: Entenda o que é e como configurar fácil

pixel facebook

Pixel é o menor elemento que constitui uma imagem digital. E, de certa forma, é isso que a ferramenta de rastreamento Pixel Facebook faz. A partir de cada clique dos visitantes na sua página, você consegue montar um retrato de quem é, de fato, o seu público.

Se você já faz parte do universo de negócios digitais ou está coletando informações para ingressar nesta jornada, é sempre importante relembrar: campanhas bem sucedidas são aquelas que atingem os resultados tangíveis. 

Mas esse caminho do sucesso pode ser mais fácil ou mais difícil dependendo das informações que você tem em mãos. Assim, para entender como o Pixel Facebook pode ser uma ferramenta útil nessa jornada e como usá-lo continue lendo este artigo.

O que é o Pixel do Facebook?

O Pixel Facebook é uma ferramenta analítica que permite mensurar a efetividade dos seus anúncios. Na prática, ele é um trecho de código que deve ser instalado na sua página. Uma vez instalado, o Pixel rastreia o tráfego gerado a partir dos anúncios do Facebook.

A ferramenta gera métricas que informam a ação tomada pelo visitante do momento em que esse chega à sua página até uma possível conversão. 

Quanto maior o número de conversões, mais precisas são as informações sobre o perfil do consumidor que seu produto/serviço tem.

 

 

Quais os benefícios do Pixel do Facebook?

Comunicação efetiva só existe quando a mensagem certa atinge o público para quem ela foi criada. Sendo assim, se você não sabe com quem está falando, será mais difícil elaborar e distribuir sua mensagem. 

E esse é o ponto-chave do Pixel Facebook, que gera os três principais benefícios da ferramenta. Confira quais são eles!

 

Precisão

O Pixel Facebook garante que seus anúncios serão mostrados para as pessoas certas. A partir da identificação dos perfis de consumidor gerada pela ferramenta, é possível encontrar novas pessoas que possam se interessar pelo seu conteúdo.

Ele te auxilia também a encontrar pessoas que visitaram uma página específica ou tomaram uma ação que você esperava delas no seu site.

Resumindo: com o Pixel Facebook a distribuição das suas campanhas pode ser configurada, e é possível criar públicos de acordo com o perfil de consumidor que você está buscando atingir.

 

Conversões

Por meio do sistema de automatic bidding – uma das opções de custo por clique do tráfego pago – é possível alcançar mais pessoas que tenham grandes chances de se engajar na sua estratégia. 

Digamos que seu objetivo seja vender mais. Então, o sistema aprende o perfil do seu consumidor e mostra seu anúncio para os chamados lookalikes, pessoas com hábitos de consumo parecidos e que tenderiam a se interessar pelo seu produto/serviço. 

Esse recurso também pode lhe ajudar a mensurar as conversões realizadas a partir desse anúncio. 

Para saber mais sobre tráfego pago clique aqui.

 

Métrica

Vamos repetir o mantra para que você não se esqueça: os números são seus amigos. Informações de qualidade em quantidade são a chave para as estratégias de marketing e campanhas de sucesso e para medir a temperatura do seu negócio.

Por isso, a métrica é um dos benefícios dessa ferramenta, pois te permite saber o que acontece quando o usuário vê seu anúncio. Isso ajuda a entender o impacto que sua publicidade está tendo na audiência.

 

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

Como funciona o Pixel do Facebook?

Como mencionamos anteriormente, o Pixel Facebook é um trecho de código-fonte que deve ser copiado e colado no cabeçalho da sua página. 

A ferramenta rastreia apenas as ações realizadas na sua página geradas a partir de tráfego orgânico ou pago da maior rede social do mundo. Ela diz, inclusive, que tipo de dispositivo foi utilizado para acessar sua página.

É possível criar até 100 pixels diferentes para rastrear ações, como:

  • Visualização de conteúdo; 
  • Busca no site; 
  • Adicionar produto ao carrinho;
  • Adicionar produto à lista de desejos; 
  • Registrar informação de pagamento; 
  • Realizar compra; 
  • Iniciar checkout;
  • Completar registro.

Cada uma dessas ações são chamadas pelo Facebook de “eventos”. Nesse sentido, existem três tipos de eventos: padrão, customizados e conversões personalizadas. 

 

Eventos padrão

Eventos padrão são ações que o Facebook reconhece como “completar registro”, “busca” e “adicionar à lista de desejos”.

 

Eventos personalizados

Eventos personalizados são aqueles não listados entre os eventos padrão. Você pode criá-los e nomeá-los desde que o nome não seja igual ao de um evento padrão.

 

Conversões personalizadas

Conversões personalizadas permitem criar regras sobre eventos ou determinadas URLs e, assim, desenvolver filtros bastante específicos, como, por exemplo: todas as compras de blusas femininas de R$ 50.

Isso ajuda a gerar dados de quais são as pessoas propensas a comprar este produto e otimizar a distribuição dos anúncios para outras pessoas com o mesmo perfil.

A configuração dos eventos acontece no momento de criação do Pixel ou depois, na guia Fonte de Dados do Gerenciador de Eventos.

 

Como configurar o Pixel do Facebook?

O primeiro passo é ser um administrador da página no Facebook. Se esse for o caso, siga os passos abaixo:

  1. Acesse a seção Gerenciador de Eventos e clique em “Pixels”;
  2. A página seguinte mostrará as opções de pixels. Atribua um nome a ele;
  3. Clique em “Criar” para criar o pixel; 
  4. Instale o código no seu site.

O código será criado e, para agregá-lo à sua página, você pode optar entre três tipos de instalação: 

  • Enviar as instruções por e-mail para que um programador instale; 
  • Conectar seu Pixel a uma Plataforma Parceira, que tem conexão integrada com o Facebook; 
  • Fazer a instalação por conta própria copiando e colando o código do seu pixel depois da tag <head> e antes da </head> do seu site.

 

Como checar se ele está funcionando?

O Facebook disponibiliza uma área de diagnóstico onde você pode acompanhar como estão suas métricas e receber indicação de soluções caso algum problema seja detectado. 

Para checar se o Pixel Facebook está funcionando, é só seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesso a página do Pixel Facebook no seu Gerenciador de Anúncios;
  2. Escolha o pixel que deseja visualizar e clique;
  3. Clique na guia “Diagnóstico”;
  4. Caso exista alguma página afetada, analise o HTML;
  5. Marque como resolvido após a correção.

 

Como mensurar as conversões?

Analisar o número de conversões realizadas a partir da criação de uma campanha é fundamental para o sucesso de um negócio digital. Afinal, são esses números que podem lhe ajudar a traçar estratégias para escalar as vendas do seu infoproduto, por exemplo. 

Mas, além de impulsionar vendas, as conversões rastreadas pelo Pixel Facebook também podem ser utilizadas para outros objetivos no seu planejamento, como:

  • Otimizar suas campanhas;
  • Segmentar seu público;
  • Realizar campanhas intermediárias.

O Pixel Facebook é um recurso que pode garantir melhores resultados para suas campanhas. Por ser uma ótima ferramenta de monitoramento, otimiza seu planejamento estratégico e torna as oportunidades ao longo do funil de vendas ainda mais claras.

Mas para criar campanhas de sucesso, é preciso criar anúncios arrebatadores. Por isso, se você quiser transformar sua audiência em clientes, não perca a oportunidade e baixe agora mesmo o e-book Facebook Ads

Um guia completo para você anunciar no Facebook e Instagram, com métodos comprovados que você pode colocar em prática ainda hoje. 

Baixe agora o seu e-book gratuitamente e comece a escalar suas vendas no digital.

Banner escola de psicanálise
2 comments
    1. Olá!
      Ela rastreia informações geradas a partir de tráfego orgânico também.
      Mas é mais frequentemente usada em estratégias de tráfego pago mesmo.

      Abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.