Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


URL amigável: o que é e por que ter uma

URL amigável

Você produz ótimos conteúdos em seu site ou blog, mas recebe pouquíssimos acessos? Se esse é o seu problema, saiba que uma URL amigável pode fazer toda a diferença. Isso mesmo, aqueles links confusos e cheios de códigos podem ser simplificados para ajudar você a conquistar mais cliques.

 

Neste post, vamos explicar o que é, para que serve e por que é importante ter uma URL amigável. Além disso, teremos 10 dicas infalíveis para criar URLs de sucesso que te ajudarão a ficar entre as primeiras posições dos mecanismos de busca. Vamos lá?

 

O que é uma URL amigável?

 

Antes de tudo, é preciso entender o que é uma URL. A sigla URL vem de Uniform Resource Locator, ou em português, Localizador Uniforme de Recursos. Trata-se, basicamente, do caminho usado para encontrar sites, blogs, lojas virtuais e outros endereços na web. Sabe aquele link que fica na barra de pesquisa do navegador? Essa é a URL.

 

Uma URL é dividida em partes. No caso da URL do blog da HeroSpark, é dividida da seguinte forma:

 

URL amigável
Exemplo de URL amigável
  • O Scheme se refere ao protocolo de acesso ao conteúdo da página. Também pode ser http://.
  • O Top-level domain é o nome do site.
  • O Second-level domain é a extensão do domínio. Há, também, o “.com.br”, “.org.br”, entre outros.
  • O Subdiretório são as páginas internas do site. Neste caso, estamos falando da página do blog, que é onde está hospedado este artigo que você está lendo.

 

Agora que você já sabe o que é uma URL, vamos ao que mais nos interessa.

 

URL amigável é um endereço da internet claro, simples e bem elaborado. URLs cheias de números e letras numa sequência sem sentido dificultam a compreensão do usuário e reduzem a pontuação nos buscadores da web, como o Google.

 

Por que ter uma URL amigável?

 

Você provavelmente já deve ter visto muitas URLs diferentes por aí, não é mesmo? Algumas são mais fáceis de memorizar, outras, praticamente impossíveis. Imagine a URL do blog da Herospark das duas seguintes formas:

 

https://herospark.com/blog/
https//herospark.com/1v1121-X-X-txt&YW5nxhLmzq9076I9saXZl

 

No primeiro exemplo temos a URL atual. São poucos caracteres, não há números, códigos ou letras maiúsculas e minúsculas intercaladas.

 

Já o segundo é mais longo, tem muitas letras, símbolos e números e não dá uma ideia sobre o que você encontrará na página.

 

A primeira opção parece mais interessante, certo? Mas a importância da URL amigável vai além disso.

 

Uma URL amigável traz mais segurança, pois não aparenta a possibilidade de vírus. Quanto mais simples e intuitivo for um site, mais chances de que o usuário se sentirá convencido a clicar no link.

 

Além disso, uma URL amigável tem muito mais influência sobre o SEO (Search Engine Optimization) da sua página. Isso porque, hoje em dia, os mecanismos de busca conseguem interpretar quais são as URLs que conseguem provocar mais engajamento. Certamente, uma URL simples, bem estruturada e fácil de ser lida faz toda a diferença.

 

Como fazer uma URL amigável

 

Existem algumas práticas fundamentais para a criação de uma URL amigável, que contribuem para que o seu site ou blog esteja entre as primeiras posições dos mecanismos de busca. São elas:

 

1. Não utilizar símbolos ou letras maiúsculas

 

Símbolos e letras maiúsculas podem desestruturar a URL, além de dificultar a leitura e memorização por parte do usuário. Por isso, procure escrever sem o uso deles.

 

2. Use palavras-chave

 

Usar palavras-chave ajuda o usuário a pré-visualizar o conteúdo na página. É como se fosse um “spoiler”, que fará toda a diferença na decisão do usuário de clicar ou não. Além disso, as palavras-chave são poderosas formas de melhorar o ranqueamento do seu conteúdo, sendo uma boa parte dos seus esforços de SEO.

 

3. Opte por URLs mais curtas

 

URLs curtas são mais simples, rápidas e cumprem melhor o seu propósito. Se sua URL passar de 70 caracteres, considere reduzi-la para gerar mais valor. URLs curtas são mais fáceis de ler, copiar e colar e publicar em redes sociais, como o Facebook e o Twitter.

 

67 headlines para páginas de vendas

4. Organize a informação

 

Na url hipotética https://lojaderoupas.com/produtos/camisetas, por exemplo, o usuário não precisa clicar para entender do que se trata. Ao ler, ele já entende que se trata de uma loja de roupas, dentro do subdiretório de produtos, na página de camisetas.

 

5. Use hífens para a separação de palavras

 

Os buscadores entendem o hífen como espaço entre as palavras, desta forma: como-criar-url-amigavel. Nenhum outro caractere especial deve ser usado.

 

Por exemplo, se o título do artigo for “Como criar uma URL amigável para seu site ou blog”, sua URL de acesso pode ser reduzida desta forma: …”/como-criar-url-amigavel/”. Perceba que a URL está, inclusive, sem acentos. Eles também podem — e devem — ser eliminados.

 

6. Crie um padrão para as suas URLs

 

Criar uma estrutura sólida para seu site ou blog é importante para que, no futuro, você não precise fazer modificações. Alterações em URLs podem causar diversos problemas, como links quebrados e erros ao acessar uma página.

 

7. Finalize com a barra ou a extensão

 

Para finalizar a sua URL amigável, use a extensão .html ou a barra (/). A segunda opção tem a vantagem de deixar a URL mais curta.

 

8. Não tenha duas URLs para o mesmo caminho

 

O seu blog ou site tem duas URLs que levam a um conteúdo muito semelhante? Utilize o recurso do redirect 301. Com ele, qualquer visitante que acessar uma página que você não deseja será imediatamente levado a outro local. Isso evita que os motores de busca considerem o conteúdo como duplicado, o que pode prejudicar o seu SEO.

 

9. Utilize encurtador de links para compartilhar

 

Esta última dica é ótima para quando você for compartilhar seus links nas redes sociais ou por mensagens no WhatsApp, Messenger ou outros Apps de conversa.

 

Como o próprio nome já diz, os encurtadores de links transformam links maiores em versões menores, mantendo o mesmo direcionamento. O bit.ly, por exemplo, permite ainda que você personalize o link, adicionando as palavras-chave da página.

 

 

10. Não use artigos, verbos de ligação e outros complementos na URL

 

Como citado no item 3, URLs curtas são mais eficazes no objetivo de atrair o maior número possível de usuários. Omitir artigos, verbos de ligação, entre outros, é uma ótima forma de tornar a URL mais curta, sem comprometer a experiência do usuário.

 

É hora de criar a sua URL amigável!

 

Neste artigo, você teve acesso ao conceito de URL e à importância de ter uma URL amigável.

 

Explicamos que ter uma URL amigável é, sem dúvidas, um passo importante para quem deseja ter bons resultados em SEO e fazer um site ou até a sua página de vendas avançar. Quer entender como configurar uma página de vendas na HeroSpark? Veja como é fácil:

 

 

Afinal, essa técnica influencia na forma como o Google e outros buscadores enxergam página na hora de posicioná-la nos resultados de busca.

 

Por fim, apresentamos 10 práticas fundamentais na hora de criar uma URL amigável.

 

Depois dessas dicas, chegou a hora de começar a criar URLs amigáveis para o seu site ou blog! Quanto mais você cumprir as 10 práticas acima, mais chances a sua página terá de estar nas primeiras posições dos resultados de pesquisa.

 

Além disso, lembre-se que seus esforços podem fazer toda a diferença na experiência do seu usuário.

 

Agora que você já sabe como criar uma URL amigável, você precisa conhecer a HeroSpark: a solução mais completa da América Latina, com tudo o que você precisa para transformar conhecimento em negócios digitais de alto impacto. Vem descobrir!

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …