Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Big Idea: o que é e como definir

Big idea: o que é e como definir

Alcançar destaque no mercado e atrair clientes são alguns objetivos de quem atua no amplo ramo do marketing digital. Isso requer não só um profundo conhecimento do público-alvo e do produto ou serviço, como também um planejamento detalhado e guiado e por uma big idea.

 

É evidente que, para ganhar visibilidade, é preciso impactar tanto o público quanto o mercado, seja despertando emoções ou desenvolvendo produtos e serviços extraordinários. Em todos os casos, a proposta do negócio precisa de uma big idea que chame atenção e seja criativa. Ao mesmo tempo, deve ser clara o suficiente para que o público identifique o produto e deseje adquiri-lo.

 

Quer entender o que é e como definir uma big idea? Continue a leitura.

 

O que é big idea

 

A big idea é a essência do negócio, ou seja, é aquilo que em poucas palavras transmite a proposta do empreendimento e concede maior sentido às cartas de vendas, pois vincula todos os passos do marketing a um único conceito. Esse conceito é fundamental para o marketing digital de qualquer empresa, pois ele é o responsável por nortear e inspirar a criação das estratégias de vendas.

 

Assim, sem uma big idea como suporte, a imagem da empresa e o desempenho dos demais itens do planejamento ficam comprometidos, podendo até mesmo soarem como superficial e genérico diante do público.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Como definir uma big idea

 

Agora que você já sabe o que é big idea e como ela funciona, vamos te ensinar a defini-la. Sugerimos quatro etapas para defini-la, são elas:

 

  1. Pensar em algo original: nesta etapa, desenvolva a estrutura de sua big idea. Uma forma de chegar em uma ideia original é fazer um brainstorming de todas as suas ideias e, depois, detalhar as que têm maior potencial;
  2. Citar um diferencial: qual característica te diferencia de seus concorrentes? O que você tem e ninguém mais tem? Nesta etapa, pense nas qualidades que fazem de seu negócio único;
  3.  Trabalhar as emoções do seu avatar: nesta etapa, procure gerar identificação. Isso pode ser feito contanto uma história de superação sua ou de algum de seus clientes. Não tenha medo de trabalhar o lado emocional e cativar a simpatia de seu público;
  4.  Definir a promessa: Agora que você já atraiu a atenção e despertou emoções do seu consumidor, conte como você vai resolver o problema dele.

 

O que é preciso para uma big idea

 

Definir a big idea deve ser um dos primeiros passos do planejamento de um projeto, já que é fundamental entender alguns pontos-chave para construir o conceito que será responsável pelo bom desempenho das vendas de um negócio. Vários fatores podem ser considerados ao desenvolvê-la. Mas, independentemente do recurso utilizado, o resultado final deve ser eficaz, cumprindo sua função junto à carta de vendas.

67 headlines para páginas de vendas

 

Uma big idea bem sucedida deve transmitir sua originalidade em uma mensagem forte e simples. No entanto, é capaz de atrair o interesse do público e de permanecer na cabeça das pessoas por um longo período.

 

Criatividade e inovação também são características que contribuem para tornar o discurso mais persuasivo. Além disso, é essencial despertar a emoção do cliente, suscitando curiosidade e desejo, pois a conexão emocional é uma das respostas mais fortes do ser humano e, consequentemente, uma valiosa aliada das big ideas.

 

Lembrando que é a relação construída entre todos esses aspetos que vai transmitir a mensagem de forma natural, destacando os benefícios e qualidades do produto ou do serviço.

 

Big idea em prol de um negócio digital

 

Definir o conceito de um projeto em apenas uma frase é mais desafiador do que parece, principalmente quando as ideias não surgem de forma espontânea e ainda é preciso enfrentar uma concorrência cada vez mais acirrada no mercado. Por isso, é preciso coletar informações sobre o mercado e sobre os consumidores, além de investir nas ferramentas que auxiliem nesse processo de criação.

Um negócio online bem sucedido tem por trás uma big idea de mesmo nível. Assim, é preciso dominar conhecimentos e ferramentas que, orientados pela grande ideia, auxiliem a emplacar um produto lucrativo.

 

Diante disso, o programa SparkStart oferece toda a capacitação necessária para o pleno domínio dos negócios digitais, apresentando os fundamentos do marketing digital, inbound marketing, marketing de conteúdo, redes sociais, blog, e-mail marketing, funil de venda, tráfego, branding, performance, entre outros.

 

Para aprender mais sobre big idea, veja o vídeo abaixo:

 

 

 

Mais artigos para você

Divulgação de cursos online: saiba como fazer

Não basta criar um infoproduto, é necessário aprender a fazer a divulgação do curso online. Lembre-se: quem não é visto, …

4 dicas para impulsionar no Instagram

Atualmente, o Instagram é uma das redes sociais mais usadas no mundo e é uma das mais estratégicas para quem …

mLabs: planos e características

Você já ouviu falar nas ferramentas de gerenciamento de redes sociais? Atualmente, existem muitas opções de ferramentas no mercado. Uma …

URL amigável: o que é e por que ter uma

Você produz ótimos conteúdos em seu site ou blog, mas recebe pouquíssimos acessos? Se esse é o seu problema, saiba …

Estratégia digital: o que é e como montar uma de sucesso

Para atuar no marketing digital é necessário investir em planejamento, caso contrário os seus objetivos não serão alcançados. Diante disso, …

Inbound e outbound: descubra as diferenças e qual usar

Se você é um infoprodutor, precisa conhecer todas as estratégias de marketing digital existentes no mercado para conseguir atrair a …