Saber o que é brainstorming e realizá-lo bem faz parte da rotina de todo empreendedor de sucesso. Bons resultados vêm das melhores ideias e é impossível uma única pessoa ter todas as melhores recomendações para um negócio.

 

Existem várias etapas e técnicas diferentes para aplicar em uma reunião de brainstorming. Você não precisa utilizar todas, mas ter uma noção de cada uma pode aumentar a eficiência dos processos da sua empresa.

 

Dito isso, continue a leitura para entender o que é brainstorming e como aproveitá-lo ao máximo no universo do empreendedorismo.

 

O que é brainstorming e como fazer

 

O termo brainstorming veio de um publicitário da década de 40 e quer dizer “tempestade de ideias”. Em outras palavras: é a melhor técnica para escalar o conhecimento e ter novas ideias.

 

Toda sessão de brainstorming, idealmente, precisa de diversidade de pensamento. Não adianta muito preparar a sua chuva de ideias se elas são parecidas entre si — por haver pessoas das mesmas classes sociais, com funções idênticas, idades homogêneas e posicionamentos pessoais semelhantes.

 

Não tenha medo de convidar funcionários de outros setores, mais novos ou mais velhos e de vivências totalmente diferentes. Quanto mais ideias diversas entre si, mais rica será a reunião.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

 

Tipos de brainstorming

 

São basicamente dois tipos diferentes:

 

Estruturado

Funciona em rodadas, isto é, os participantes expõem e defendem as suas ideias um de cada vez, em ordem. É encorajado que todos falem e a desvantagem é a de deixar os profissionais mais reservados em uma posição desconfortável.

 

Não estruturado

Não possui uma ordem de fala entre os colaboradores, nem limite de tempo para cada contribuição. Se os seus parceiros são mais enérgicos, pode haver momentos em que uma pessoa interrompe a outra. Mas há uma técnica que ameniza esse problema, você a conhecerá ainda neste artigo.

 

4 passos para fazer um brainstorming produtivo

 

Quase toda sessão de chuva de ideias pode ser estruturada da seguinte forma:

 

  • Apresente o problema

Depois de reunir os integrantes da reunião, exponha o problema e explique como pretende resolver, no caso, com o brainstorming. Mostre como serão os momentos que se seguirão, muitos não sabem ou apenas se esquecem de como funciona um brainstorming coletivo.

 

  • Dê um tempo para a formação das ideias

Deixe as pessoas à vontade para deixarem seus pensamentos fluírem e sugerirem as possíveis soluções para o problema. Isso pode ser feito oralmente, dando a chance para que todos falem e escutem cada um no seu momento, ou por escrito, pelo brainwriting.

 

  • Registre e aprecie as ideias coletadas, sem julgá-las

Se a chuva de ideias foi realizada verbalmente, anote-as, ou fixe as anotações, no caso do brainstorming escrito, em um painel visível para todos. Evite julgar as sugestões, apenas foque em se colocar no lugar de cada pessoa que contribuiu.

 

  • Selecione as melhores e justifique

Dê um feedback objetivo sobre cada ideia gerada, ressaltando um ponto positivo e justificando caso não seja escolhida, inclusive no caso de duplicatas. Por fim, agradeça a participação de todos e encerre a reunião.

 

Dicas para fazer um brainstorming online

 

Você sabia que o brainstorming também pode ser realizado 100% online? Claro que tem suas limitações, não tem a mesma qualidade de um encontro presencial, mas você pode resolver seu problema com essa reunião coletiva mesmo à distância.

 

Conheça os recursos que podem ajudar:

 

Ferramentas

 

Guia do planejamento do curso online
  • Slack

O Slack é uma ferramenta baseada em canais que tem a possibilidade de conectar uma variedade de aplicativos. Em vez de ‘zapear entre apps’ como se estivesse mudando de canais de TV, fale com seus parceiros em um lugar só. A desvantagem dele é que a integração com outros aplicativos (como Google e Dropbox) só está disponível na versão paga.

 

  • MindMeister

É uma ferramenta de mapa mental colaborativo. Você não só pode dispor suas ideias de forma inteligente, no mapa, como pode inserir as propostas de todos os outros integrantes da reunião de brainstorming.

 

  • Miro

O Miro funciona como uma junção dessas duas ferramentas, Slack e MindMeister. A plataforma permite, ao mesmo tempo, uma chamada de vídeo com vários participantes e a colaboração em um painel. Esse painel possui várias opções de temas, de modo que fique com a ‘cara’ da reunião de brainstorming.

 

Variações da tempestade de ideias

 

Depois que você e os times estiverem familiarizados com o brainstorming tradicional, explore estas técnicas que podem expandir ainda mais a produtividade das reuniões.

 

  • Teleporte

Nesta técnica de brainstorming, apresentar o problema do jeito que ele é não é o suficiente. Encaixe o problema em realidades diferentes, como em um país ou planeta diferente. Dar complexidade e inventar mais fatores aos problemas instiga o nascimento das novas ideias, que é no que consiste o brainstorming tradicional.

 

  • Técnica dos chapéus

Você se lembra do brainstorming não estruturado? Esta técnica é excelente para evitar o caos nesse tipo de reunião. Ela propõe que se dê chapéus coloridos aos integrantes para que cada um tenha uma única função, sem que entre em conflito com outras pessoas. Na prática, você pode apenas comunicar ou dar uma caneta colorida, algo do tipo, para sinalizar que:

 

  • Branco: esta pessoa ficará designada aos dados e às informações disponíveis, detectando falhas e analisando tendências.
  • Vermelho: este indivíduo ficará encarregado de analisar o problema sob a ótica da intuição e da emoção.
  • Preto: este será o profissional responsável pelos pontos negativos e desvantagens das ideias levantadas.
  • Amarelo: já este integrante observará as forças e os pontos positivos de cada uma das ideias.
  • Verde: será o colaborador que se dedicará à inovação, a deixar as ideias mais criativas.
  • Azul: será a pessoa que conduz a reunião, trocando as cores dos integrantes, se necessário.

 

  • Crazy 8

Nesta variação, surge um pouco mais de pressão, no bom sentido da palavra, sobre os integrantes.

Cada participante terá uma folha de papel que deverá ser dobrada em 8 partes, formando 8 pequenos retângulos.

 

Depois disso, com o celular, cada um ajusta um temporizador para 8 minutos e começa a escrever uma ideia para cada quadrado da folha.

 

Ao final do tempo marcado, todos devem parar de escrever e terão até 3 minutos para apresentar cada ideia.

 

Ainda que pareça uma maneira mais difícil de extrair as ideias, essa limitação de tempo e de espaço no papel tende a incentivar esse resgate de propostas — além de deixar a reunião mais dinâmica e divertida.

 

Boas práticas

 

Algumas práticas podem ajudar você a ter um brainstorming enriquecedor e, em consequência disso, vantajoso para o seu negócio.

 

  • Priorizar a quantidade sobre a qualidade

A chuva de ideias é uma reunião intensa, na qual os participantes devem contribuir ao máximo. Por isso, evite desencorajar as atividades avisando que determinada ideia é repetida ou que não funciona. Deixe para fazer isso na etapa certa.

 

O brainstorming não é como qualquer reunião. Em quantos encontros você tem a oportunidade de ter a participação de tantas pessoas ao mesmo tempo? Assim, não atenda ligações, evite fluxo de pessoas na entrada da sala e busque um local calmo e sem interrupções para realizar esta atividade. Tudo isso é importante para manter íntegra a linha de raciocínio dos participantes.

 

  • Pôr as ideias vencedoras em prática

É extremamente importante que você leve a sério as propostas que surgiram. Se você não levar adiante, você terá menos envolvimento dos parceiros nas próximas reuniões, mesmo que não sejam de brainstorming. Além disso, o tempo, a energia e o dinheiro envolvidos na reunião se tornam desperdiçados.

 

  • Sugerir reconstruções

Da mesma forma que é recomendável evitar o julgamento das ideias, por outro lado, é aconselhável que você encoraje que os integrantes aprimorem as possíveis soluções entre si.

 

Deu para entender o que é brainstorming? O método multiplica conhecimento, de uma forma sistematizada e rica, com o intuito de elevar o nível do seu negócio. Utilize-o ao rever suas metas em um plano de marketing, ao idealizar um lançamento, entre outros.

 

O que você achou deste conteúdo? Para ter mais orientações sobre o seu negócio digital, conheça o SparkStart!

 

pesquisa panorama dos negócios digitais