Cursos livres: o que são, quem pode criar um e por que investir? [GUIA]

Pessoa fazendo cursos livres

A criação de cursos livres é uma grande oportunidade para quem deseja transformar seu conhecimento e expertise em um infoproduto.

Mas na hora de criar esse modelo de curso, algumas dúvidas podem surgir, principalmente quando o assunto é a legislação e a documentação necessária para a emissão de certificados.

Por isso, reunimos neste artigo algumas informações importantes e criamos um guia rápido e descomplicado para você não perder mais tempo e começar a montar ainda hoje o seus cursos livres. Boa leitura!

O que são cursos livres?

Os cursos livres são um recurso de educação profissional e complementar. Algumas das características desses cursos são a curta duração e a apresentação de módulos focados em áreas específicas.

Um grande diferencial dos cursos livres para quem deseja investir na criação, é que eles não necessitam de uma preocupação com a burocracia. 

Isso porque, embora não sejam reconhecidos pelo Ministério da Educação, os cursos livres são amparados pela legislação, que viabiliza e facilita a educação continuada dos trabalhadores.

Quais são os cursos livres?

Como já explicamos, os cursos livres são voltados para uma formação profissional continuada. Sendo assim, várias áreas de interesse podem ser contempladas por eles.

Por não exigir alto grau de escolaridade de quem está criando e apresentando as aulas, o que vale é o conhecimento prévio e o domínio do tema trabalhado. 

Dessa forma, diversos profissionais podem oferecer cursos livres em suas áreas de atuação, o que resulta na criação de cursos com temas variados, como:

  • Artesanato;
  • Gastronomia;
  • Finanças;
  • Gestão;
  • Comércio Exterior;
  • Vendas;
  • Saúde e Bem-estar;
  • Marketing Digital, etc. 

Uma possibilidade de curso, por exemplo, é uma pessoa com experiência em desenvolvimento de software dar aulas sobre Introdução à Lógica de Programação.

Vale reafirmar que não é necessário ter uma titulação na área. O mais importante é ter o domínio técnico e saber como ensinar os assuntos de uma forma objetiva e de fácil entendimento. 

Por que fazer um curso livre?

Você já viu que a criação de cursos livres não possui complicações burocráticas, certo?

Mas agora é a hora de descobrir quais as vantagens de empreender nessa área e porque a criação de cursos livres vale o seu investimento.

Para lhe ajudar nessa tomada de decisão, listamos 5 razões para investir em cursos livres e conquistar espaço no mercado digital. Confira!

1. Crescimento do mercado de educação online

Segundo pesquisas, em apenas um ano, o mercado de cursos online teve um crescimento de 68% de inscrições de novos alunos. 

O impulso se deu a partir das necessidades extraordinárias do isolamento social. Mas, hoje, se apresenta como uma tendência de consumo que veio para ficar. 

São diversos os motivos que tornam esse formato educacional muito atrativo para o público, entre eles podemos incluir:

  • Flexibilidade;
  • Acesso prático;
  • Ótima relação custo-benefício.

Por isso, investir em cursos livres é uma boa oportunidade de aproveitar um mercado em crescimento e garantir uma fatia do mercado digital. 

2. Conquista de autoridade

Se você deseja construir uma carreira no digital, sabe que é essencial fortalecer a sua posição como autoridade, não é mesmo?

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

E uma das estratégias mais poderosas de construção de autoridade digital é mostrar que você domina os temas recorrentes no seu nicho. Sendo assim, criar um curso livre é um ótimo caminho para se destacar como referência. 

Porque além de conquistar uma audiência de alunos, a partir do momento em que eles começarem a divulgar os certificados nas redes sociais, a sua marca vai atingir um público ainda maior.

3. Negócio escalável

Falando em público, o lançamento de um produto digital oferece uma escalabilidade natural. Isso porque, quanto mais pessoas você consegue prospectar para seus cursos livres, mais provas sociais e divulgação orgânica você terá.

Lembrando que a internet é uma vitrine sem fronteiras, o que significa que com o conteúdo certo e a inclusão de recursos como de legenda em outro idioma, você conseguirá vender seus cursos livres para uma audiência internacional.  

4. Qualificação de leads

Se você já possui um negócio, seja no digital ou offline, criar cursos livres é uma ótima oportunidade de proporcionar conteúdo rico e qualificar seus leads de maneira mais efetiva.

Inclusive, se você tiver uma solução ligada aos assuntos abordados, pode utilizar as aulas como parte da sua jornada de vendas.

Por exemplo: você possui um serviço de criação de conteúdo para redes sociais para pequenos empreendedores e cria um curso de introdução a uma ferramenta de design que pode ajudar a divulgar seu trabalho com serviços de maior complexidade.

5. Transformar conhecimento em produto 

Já imaginou monetizar aquilo que você mais gosta de fazer ou falar sobre? Ou pegar todos os anos de experiência que você possui em uma determinada área e transformar em um conteúdo rico com direito a geração de autoridade?

Os cursos livres são uma oportunidade de desenvolver um negócio dentro da perspectiva da economia da paixão. Isso é trabalhar com algo que você gosta e domina. 

Quem pode criar um curso livre?

Um dos pontos mais atrativos na hora de construir um projeto de cursos livres é saber que não há burocracia para começar a oferecer as aulas e garantir uma renda com isso. 

E o melhor: não é necessário ter um CNPJ ativo ou qualquer documentação específica para dar início às aulas ou emitir certificados válidos.

Para começar a criar seus cursos livres, só é necessário:

  • Estudar o público-alvo;
  • Escolher o tema a ser abordado;
  • Planejar as aulas;
  • Reunir conteúdos e montar um material de apoio;
  • Gravar as aulas e começar a distribuir.

E é sobre essa distribuição e as possibilidades para divulgação e vendas que vamos falar a seguir. 

Onde hospedar e vender o seu curso livre?

Um dos desafios para quem está começando no mercado digital é encontrar os recursos certos para hospedar, divulgar e vender seus infoprodutos. E essa preocupação também existe na hora de lançar cursos livres.

O ideal é concentrar todas essas demandas em um único lugar. Sendo assim, a HeroSpark é a ferramenta que você procura.

Com a Hero, é possível hospedar seus cursos livres e proporcionar uma experiência intuitiva para seus alunos. Além disso, a plataforma também conta com outros recursos essenciais para você alcançar ótimos resultados, como:

  • Funil de vendas automatizado;
  • Disparo de e-mail marketing ilimitado;
  • Ferramenta para criação de landing page para alavancar sua divulgação.

E para dar um upgrade nas suas vendas, a HeroSpark conta com recurso de criação de página de vendas de alta conversão, com checkout e área de pagamento integrada para garantir toda comodidade e segurança para você e seus alunos. 

Perguntas frequentes

Quanto tempo dura um curso livre?

Os cursos livres são caracterizados pela curta duração, podendo durar um dia ou poucas semanas. Tudo vai depender da complexidade do tema abordado e da quantidade de módulos oferecidos.

O que o MEC diz sobre os cursos livres?

O Decreto Nº 5.154, de 2004 define a base legal para a criação de cursos livres como parte da educação profissional continuada. Sendo assim, o MEC permite esse modelo de curso sem a necessidade de portaria de funcionamento ou trâmites para certificação.

Então não perca tempo! Comece agora a planejar seus cursos livres e utilize a HeroSpark para hospedar, vender e divulgar suas aulas.

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.