Decupagem: aprenda como fazer para melhorar a qualidade dos seus vídeos!

Decupagem: aprenda como fazer para melhorar a qualidade dos seus vídeos!

Se os conteúdos audiovisuais são o principal recurso para atrair a atenção do público na internet, a decupagem é um termo que um infoprodutor deve conhecer a fundo! 

Afinal, trata-se de uma técnica muito utilizada na indústria audiovisual para criar vídeos impossíveis de não se ver. 

Por isso, continue a leitura para compreender o conceito de decupagem, os seus principais tipos e descobrir algumas dicas para decupar os seus vídeos.

Boa leitura!

O que é decupagem?

A palavra “decupagem” é de origem francesa e significa “cortar e recortar para dar forma aos objetos em cena”. Ou seja, ela está intrinsecamente relacionada às produções audiovisuais

Nesse caso, quando você vai produzir um vídeo, seja ele para redes sociais ou curso online, por exemplo, é necessário realizar esse recorte para definir como a filmagem vai acontecer e, em seguida, como será feita a edição.

Para que serve?

A decupagem serve para auxiliar os diretores e produtores digitais a organizarem os detalhes da sua produção audiovisual e materializarem as suas ideias para o roteiro em questão. 

Assim, com a aplicação de técnicas de decupagem, o diretor/produtor:

  • Alcança uma visão ampla do vídeo a ser desenvolvido;
  • Consegue fazer das cenas um fio condutor do roteiro;
  • Organiza a estrutura das filmagens;
  • Pode realizar mudanças de roteiro;
  • É capaz de determinar a melhor posição da câmera;
  • Consegue enquadrar melhor as pessoas e os objetos na cena etc.

Quais são os principais tipos de decupagem?

Roteiro técnico ou roteiro decupado

Conhecido em inglês como shooting script, trata-se do planejamento visual do roteiro

É uma documentação em que o diretor/produtor roteiriza tudo o que diz respeito àquele trabalho audiovisual, desde as locações das filmagens até os tipos de lentes das câmeras. Tudo isso serve para garantir que o resultado seja equivalente ao planejado.

Ordenação dos planos

A partir de 1940, o termo decupagem começou a referir-se também à parte crítica do trabalho. Assim, a decupagem passou a englobar a designação da estrutura de um vídeo (especialmente filmes), que pode ser percebida pelos críticos e os espectadores mais atentos.

Forma do filme

Essa é a decupagem compreendida como a ideia de que a produção audiovisual seria a somatória de um conjunto de “fatias de espaço” – correspondentes ao enquadramento dos planos – e de “fatias de tempo” – relativas à duração dos planos. 

Assim, a decupagem do vídeo teria um início, meio e fim: planejamento, execução das filmagens e montagem do conteúdo.

Listagem posterior

Processo de pós-produção também conhecido como minuta de decupagem. Trata-se de um documento que ajuda na construção da essência da imagem do projeto. 

Vale destacar que este documento pode sofrer alterações durante todo o processo, ajudando na organização do diretor/produtor. 

Decupagem para edição

Após a gravação, o material segue para um trabalho extenso de edição.

acelerador digital

Assim, os profissionais devem assistir a todo o material produzido durante as filmagens e selecionar e montar as cenas para garantir a qualidade do vídeo. 

Como fazer uma decupagem?

Como as produções audiovisuais são uma expressão artística antes de qualquer coisa, seria reducionista dizermos que existe uma forma certa de fazer a decupagem de um vídeo.

Afinal, existem diversas estratégias e cada editor ou diretor pode ter um estilo muito autêntico e particular de decupar os seus filmes.

Por isso, vamos dar algumas dicas para que você possa fazer a decupagem do seu produto audiovisual de forma prática, sem por isso abrir mão da sua autenticidade.

1. Leia o roteiro com atenção

Ao fazer a leitura do roteiro, é preciso imaginá-lo como imagens cheias de detalhes. Por isso, aguce a sua imaginação e transponha as imagens mentais para o papel com anotações. 

Assim, você vai facilitar o trabalho de interpretação das outras pessoas da sua equipe envolvidas na produção, como aquelas que filmarão e editarão o seu conteúdo, caso não seja você mesmo.

2. Foque nas cenas problemáticas

Você tenta imaginar uma cena, mas mesmo mentalmente é problemático imaginá-la em seu melhor ângulo? 

Então tente desenhá-la num papel e descreva cada plano cuidadosamente até ter a certeza de que as suas orientações serão compreensíveis para o resto da equipe.

3. Enumere as cenas do roteiro

É essencial enumerar as cenas do seu vídeo, seja ele qual for, para garantir a fluidez do roteiro e a continuidade da história. 

Se achar necessário, utilize um storyboard para visualizar a sequência das cenas e os respectivos planos.

4. Converse com a sua equipe

Quando você decide compartilhar as suas ideias para a decupagem, consegue rever o seu produto audiovisual por meio de outros olhos.

Tenha um diálogo aberto com os outros profissionais, sobretudo com o diretor de fotografia e o editor. Assim você vai descobrir vários aspectos que podem ser melhorados.

5. Escolha a música com cuidado

A música certa irá reforçar a sensação que você pretende transmitir com cada cena, principalmente se o seu vídeo for divulgado nas redes sociais. 

Por isso, no processo de decupagem do seu produto audiovisual, conte com o apoio de um profissional para encontrar a música ou o efeito sonoro ideal para cada cena.

Gostou das nossas dicas? 

Se você quiser descobrir mais técnicas de decupagem e captar a atenção do seu público, baixe gratuitamente o kit Ebook + MasterClass: Como montar um estúdio de gravação de acordo com seu orçamento da Herospark.

Junte-se aos mais de 20.700 empreendedores que já baixaram essas dicas gratuitas e descobriram quais são os equipamentos mais viáveis para a produção de seus vídeos!

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *