Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Como fazer um vídeo com qualidade? 7 dicas infalíveis

Imagem de jovem gravando um vídeo em casa, com o texto "como fazer um vídeo" em destaque

O tempo todo somos atingidos por stories no Facebook e Instagram, lives e todo tipo de conteúdo audiovisual. Como fazer um vídeo para promover um negócio digital, afinal?

Por mais que você nunca tenha feito vídeos para o seu empreendimento online, seja por ter um perfil mais introvertido ou por falta de conhecimento técnico, saiba que basta conhecer alguns princípios e, depois, só praticar.

Lembre-se de que aparecer nas redes e no YouTube é um método importante para gerar autoridade e também melhorar o networking. Então conheça 7 dicas para aplicar ao criar seus vídeos!

7 dicas de como fazer um vídeo de qualidade

Conhecendo as recomendações gerais que resultam em um vídeo de qualidade, tudo vai ficar mais fácil. Acompanhe:

 

Pré-produção

Um bom vídeo nasce a partir da forma com que você o idealiza, na pré-produção. Por isso, veja como funciona:

 

Considere o funil de conteúdo

A jornada do consumidor é o ponto em que esse pretenso cliente provavelmente está, no que tange à relação dele com a sua marca. Para cada trecho existe uma categoria de conteúdos para explorar. 

Então se você vai publicar o seu primeiro vídeo no digital, não é uma boa ideia falar somente da sua empresa, como se fosse um anúncio, pedindo que o público faça uma compra. 

Você precisa cativar as pessoas com temas que interessam a elas, isto é, que resolvam alguma demanda delas, antes de tudo. 

Então imagine que você é um consultor de negócios que acabou de criar um canal no YouTube. Uma sugestão seria produzir vídeos com estas temáticas, em sequência:

 

  1. 6 motivos que mais prejudicam a satisfação dos clientes

Esse tópico poderia ser encaixado no topo do funil de conteúdo, onde os consumidores não sabem que problema eles têm. Quando eles reconhecem a lacuna na vida deles, aí sim poderá ser feita a sugestão do produto.

 

  1. Por que o sucesso do cliente deveria ser uma prioridade no seu negócio

Avançando no funil, chegando ao meio, você pode propor que investir no sucesso do cliente seria uma solução para melhorar a satisfação dos clientes do seu público-alvo.

 

  1. Como funciona uma consultoria de negócios?

Chegando ao fundo do funil, onde seu consumidor decide fechar ou não a compra, torna-se viável, enfim, explorar assuntos específicos de um empreendimento. 

 

Aproveite as tendências 

Para passar o seu conteúdo para a audiência, é interessante pensar nos tipos de vídeos mais populares e ver se a mensagem proposta se encaixa — o que, de fato, acontece, na maioria das vezes. Estes são alguns dos tipos mais comuns:

 

  • tutoriais;
  • vlogs;
  • lives;
  • listas;
  • vídeos explicativos.

Vamos para exemplos práticos, sobre o tema “6 motivos que mais prejudicam a satisfação dos clientes”:

 

  • tutorial: grave sua tela criando e pondo em prática uma pesquisa de satisfação
  • vlog: mostre os bastidores do seu escritório, contando algum case sobre empresários que tinham clientes insatisfeitos e aprendizados que eles obtiveram com o problema
  • lives: chame um convidado e transmita ao vivo um bate-papo sobre os motivos que mais prejudicam a satisfação dos clientes
  • listas e vídeos explicativos: explique os 6 motivos, um a um, fundamentado em pesquisas e de maneira didática

Ou seja, quase todo tipo de conteúdo pode ser explorado de diferentes formas. Por isso é importante conhecer as categorias de vídeos que mais funcionam e fazem sentido para as pessoas que assistirão você. 

 

Invista em vídeos institucionais 

Você nem sempre precisa mostrar o seu rosto e pôr suas habilidades de oratória para o jogo. 

67 headlines para páginas de vendas

Publique tutoriais da tela do computador, contrate um videomaker para fazer cartelas animadas, vídeos institucionais ou de infográficos. 

 

Prepare uma pauta 

A melhor forma de aproveitar cada segundo gravado em um vídeo é ter um roteiro do que será falado. 

Então se você vai gravar um vídeo explicativo, por exemplo, tenha na pauta o conteúdo da abertura (apresentação e escopo), a parte técnica (problematização e solução) e a despedida (com chamadas para ação).

Assim, antes de começar a gravação, releia o roteiro. Ou, no celular mesmo, instale aplicativos gratuitos de teleprompter.

 

Confira os equipamentos

Você pode começar a gravar o vídeo da forma mais simples, com o celular, sem problemas. Mas se puder investir em equipamentos, melhor. Indica-se câmeras mirrorless, que são compactas, mas com qualidade profissional e lentes removíveis. 

Outra opção é pagar menos por uma câmera, levando o modelo compacta simples, mas selecionando funcionalidades específicas como resolução full HD, sensor de imagem CCD e conexões Wi-Fi ou Bluetooth para uma transferência mais ágil dos arquivos.

Além da câmera, é interessante adquirir um microfone, de lapela mesmo, um tripé e algum equipamento para iluminação (como uma ring light). Há opções acessíveis de tripé com ring light portátil, inclusive.

Por fim, vale a pena estudar as especificações de um notebook para edições de vídeos, que facilite essa tarefa e evite estresse.

 

Produção

A parte mais complexa, de pré-produção e planejamento, já passou. Agora é escolher um lugar calmo e gravar.

Preferencialmente, escolha um bom cenário para o vídeo, a favor da iluminação e em um horário no qual praticamente ninguém vai precisar de você e interromper a gravação. 

 

Pós-produção

É a última etapa, mas extremamente importante. Entenda:

 

Faça uma edição profissional

Escolha um editor de vídeos, que você mais domina, de preferência, e inicie a edição. 

Algumas das melhorias que você pode aplicar são:

 

  • melhorar a iluminação;
  • adicionar uma vinheta;
  • colocar uma trilha sonora no fundo;
  • criar efeitos de zoom em pontos importantes do vídeo;
  • inserir letterings;
  • exportar vários vídeo nuggets.

 

Otimize o vídeo para Search Engine Optimization (SEO)

Se você for publicar o vídeo no YouTube, não deixe de otimizá-lo para SEO. É assim que ele será encontrado, depois de alguns meses de publicado. 

Então dê títulos aos trechos importantes do vídeo, adicione tags que façam sentido e escreva uma descrição completa, que ajude os usuários.

Como você pode ver, qualquer pessoa pode fazer um vídeo de qualidade para o Youtube ou demais redes sociais. Basta seguir uma dinâmica bem elaborada de preparo pré, durante e pós-produção para alcançar as desejadas visualizações. 

Esse conteúdo ajudou você? Então saiba que no nosso canal do YouTube tem muito mais, inscreva-se!

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …