Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Fluxo de nutrição: saiba o que é e como criar um eficiente

Foto de notebook com decoração em formato de @. Texto da imagem: fluxo de nutrição

Você sabia que não basta criar um infoproduto? É necessário manter um relacionamento com a sua audiência para que as vendas aconteçam.

Para isso, pode-se utilizar o fluxo de nutrição, ou seja, uma sequência de e-mails que ajuda você a se aproximar das pessoas que têm interesse na sua solução.

Essa estratégia de marketing digital é muito utilizada, pois traz muitos resultados para os infoprodutores. Diante disso, você não pode ficar de fora.

Então, continue a leitura e confira todas as informações que separamos sobre este assunto. Vamos lá!

 

O que é fluxo de nutrição?

Fluxo de nutrição é uma sequência de e-mails personalizados enviados para um público específico para cumprir um determinado objetivo.

Ou seja, são conteúdos criados para nutrir os seus leads (pessoas interessadas no seu negócio) para criar um relacionamento que os impulsione pelo seu funil de vendas.

Por exemplo, você pode criar uma landing page com a oferta de um e-book gratuito e inserir um formulário para que eles coloquem seus dados de contato (nome, e-mail e telefone) para baixar o material. 

Com esses dados você consegue criar uma lista de contatos com leads. A partir desse momento, é possível colocar em prática um fluxo de nutrição. Isso porque após se inscrever no formulário a pessoa vai receber um e-mail para baixar o material.

Depois disso, você pode enviar e-mails com conteúdos novos do blog ou com outras ofertas de materiais ricos. Dessa forma, é possível estreitar relacionamento com as pessoas e fazer com que elas passem por todas as etapas do funil de vendas até chegar a compra do seu infoproduto.

Vale destacar que para você conseguir fazer um fluxo de nutrição de sucesso é necessário ter uma lista de e-mails com os contatos das pessoas interessadas no seu conteúdo. Assim como deve-se ter a definição do avatar para saber com quem você está falando, bem como para criar conteúdos personalizados.

Além disso, você precisa produzir um conteúdo relevante que cative a sua audiência e ajude a criar um relacionamento saudável. E, por fim, deve ter um oferta para oferecer aos seus leads, como um e-book, uma consultoria gratuita, um teste, um cupom de desconto, entre outros.

 

Como montar um fluxo de nutrição eficiente?

Agora que você já sabe o que é um fluxo de nutrição, chegou o momento certo de aprender como montar o seu. Confira as nossas dicas abaixo e aproveite para colocá-las em prática. Acompanhe!

 

Defina o objetivo

O primeiro passo para montar um fluxo de nutrição é definir o objetivo dele. Isso vai ajudar a construir toda a estratégia por trás dos e-mails.

Lembre-se de escrever objetivos claros e quantitativos, assim fica mais fácil mensurar os resultados posteriormente. Por exemplo, otimizar o processo de venda em 50% pode ser um objetivo.

67 headlines para páginas de vendas

 

Defina a segmentação

O próximo passo é organizar a lista de contatos, ou seja, agrupá-los de acordo com algum critério. Nesse caso, você pode fazer uma segmentação por etapa do funil, por conteúdo consumido ou por outras características comuns entre os leads.

 

Crie os e-mails

Em seguida, você precisa criar a sequência de e-mails que serão disparados para os leads. Pense no objetivo e no caminho que ele vai percorrer dentro do seu funil de vendas. Assim, fica mais fácil desenvolver os e-mails. 

O fluxo pode conter de 2 a 5 conteúdos. Lembre-se de que eles precisam ser textos curtos, apresentar elementos visuais (vídeos, links, imagens, gifs, entre outros), ter um layout otimizado, bem como apresentar uma call to action atrativa no final.

 

Escolha a ferramenta de automação

É muito importante contratar uma ferramenta de automação de e-mail para facilitar o fluxo de nutrição.

Já que você pode alimentá-la com os modelos de e-mails e informar para ela quais são as ações que impulsionam a sequência de conteúdos que devem ser enviadas para os leads, bem como a periodicidade desses envios. 

Por exemplo, é possível definir que após uma pessoa preencher o formulário ela receberá um e-mail com a oferta. Depois de dois dias, ela pode receber outro e-mail com as novidades do blog e a oferta de um infográfico para baixar.

Se ela clicar para fazer o download, outro e-mail é enviado com agradecimento e uma oferta de consultoria gratuita e, assim por diante.

A HeroSpark permite automação de forma gratuita e prática. Confira no vídeo e conheça em detalhes aqui:

 

Mensure os resultados

Por fim, você precisa analisar os resultados, ou seja, verificar se os objetivos definidos lá no início foram alcançados. Em caso negativo, é necessário criar novas estratégias para obter os resultados esperados. 

Nesse caso, a ferramenta de automação pode ajudar, pois ela emite relatórios com os principais indicadores, como taxa de abertura, taxa de descadastro, taxa de cliques, taxa de conversão, entre outros.

Agora que você já sabe tudo sobre fluxo de nutrição, não perca tempo! Comece agora mesmo a colocar em prática essa estratégia no seu dia a dia. Temos certeza que você obterá ótimos resultados com ela.

Além disso, que tal acompanhar as nossas publicações nas redes sociais? Então, nos siga no Instagram e confira outros conteúdos sobre empreendedorismo digital!

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …