Licenciamento de produtos digitais: Como funciona?

Funcionalidade de licenciamento de produtos digitais

O licenciamento de produtos digitais consiste em adquirir direitos sobre determinada obra ou produto. Isso é muito comum no universo dos cinemas e artistas.

Assim, quando a pessoa utiliza determinado produto licenciado, o detentor da licença é remunerado por isso. Quando o assunto são os infoprodutos, o processo ocorre de forma semelhante. 

Por isso, apesar da gama de opções de licenças oferecidas, vamos apresentar algumas expressões bem conhecidas e informações importantes para quem deseja licenciar um produto digital.

Boa leitura!

O que são direitos autorais?

Os direitos autorais são simbolizados por um C em um círculo (©) e a seguinte legenda: “todos os direitos reservados”. 

Essa é a licença mais usada, especialmente por empresas e autores de prestígio, e implica que apenas seu autor pode usar, modificar e distribuir aquele conteúdo.

Se um terceiro desejar usá-lo, a autorização expressa do autor é essencial para esse fim específico e, em muitos casos, o pagamento pelo seu uso.

Qualquer conteúdo disponível na Internet que não especifique um tipo de licença, é automaticamente protegido por direitos autorais, embora possa ser usado, com limitações, para fins educacionais ou de notícias.

Assim pode ser aplicada também para o licenciamento de produtos digitais.

 

Quais são os tipos de direitos autorais?

Com a proliferação de lojas online para baixar conteúdo digital e a fim de manter os direitos de autores e editores, a indústria criou um sistema de gerenciamento de direitos digitais e um programa anticópia conhecido como DRM.

 

O DRM

DRM é a sigla para Digital Rights Management, uma proteção contra cópias de mídias digitais incluída em grande parte de produtos, como software, músicas, vídeos, e-books, etc. 

Seu objetivo é limitar o uso  do produto digital adquirido, geralmente vinculado a uma marca de dispositivo ou plataforma e com um número de cópias particulares permitido.

A Apple recentemente se distanciou de seu uso para downloads de música de sua loja iTunes, considerando-o prejudicial para seus clientes. Além disso, as entidades de consumo consideram que o DRM viola seus direitos e questiona sua eficácia.

Outra variante é a licença implementada pela Associated Press, chamada News Licensing Group, e visa cobrar agregadores, blogs e usuários da Internet pelo uso de suas notícias. A DRM pode ter vários formatos e seu objetivo é o mesmo. 

 

Copyleft

A licença Copyleft, identificada por um C invertido em um círculo, é um tipo de licença que oferece a possibilidade de usar, copiar e redistribuir uma obra e suas versões derivadas simplesmente reconhecendo sua autoria.

Em essência, é o sistema oposto ao direito autoral e não requer autorização do autor para seu uso.

Da Copyleft nascem quase todos os tipos de licenças usadas para a distribuição de conteúdo digital na Internet, entre as mais populares está a Creative Commons (CC).

 

Creative Commons

Identificado pelo símbolo CC dentro de um círculo, o Creative Commons baseia sua filosofia na distribuição gratuita de produtos digitais, mas permite a incorporação de diferentes limitações ao seu uso.

 

O que é licenciamento de produtos digitais?

plr marketing digital

Significa comprar a licença de um determinado produto já pronto e comercializá-lo obtendo total lucro.

Assim, você pagará apenas uma única vez e poderá vender o produto por quanto tempo quiser. Não precisa pagar comissão ou porcentagem das vendas ao criador original do produto. 

Existem vários tipos de negócios lucrativos na internet e o licenciamento de produtos digitais é uma dessas opções viáveis.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, esse ramo movimenta milhões nos Estados Unidos. E a tendência é ganhar cada vez mais espaço em terras brasileiras também.

Existem vários sites para comprar a licença de produtos digitais. Eles são muito úteis para quem não quer criar um produto digital do zero.

Vale dizer que quando os produtos estão em inglês, é necessário que você encontre um profissional para traduzir e adaptar esse produto para o português.

Com certeza, apesar de ter que buscar uma ajuda profissional, será muito melhor do que ter que começar um projeto total do zero, não é verdade?

 

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

Onde comprar licenciamento de produtos digitais?

Apesar de muitas pessoas não conhecerem e acharem que é muito complicado vender produtos licenciados, saiba que não é tão complicado assim como se pensa. 

Além disso, já existem produtos PLR, sigla para traduzir Private Label Rights, que definem produtos com “marca própria” e não exigem um licenciamento para ser usado e revendido.

Hoje existem vários sites especializados em produtos PLR. Inclusive, várias opções têm PLR grátis para você baixar e começar a vender.

Como trabalhar com licenciamento de produtos digitais?

Escolhendo o site 

Para começar, você deve acessar um site que ofereça o licenciamento de produtos digitais. Sites como Resellers Superstore e Exclusive Niches são uma boa opção para adquirir o seu produto digital, mas exigem um cadastro prévio para iniciar a utilização.

Vale dizer que ambos funcionam de forma semelhante. Entretanto, o Exclusive Niches apresenta opções com valores maiores para aquisição e conta com uma explicação do conteúdo do produto.

 

Efetivando a compra de licenciamento de produtos digitais

Após realizar o seu cadastro, será necessário informar uma conta de pagamento. Os dados devem ser internacionais. Caso você tenha um cartão de crédito internacional, poderá utilizá-lo.

Caso não tenha, não se preocupe. Você poderá utilizar uma conta do PayPal em qualquer uma das seguintes opções: cartão pré-pago ou de crédito, adicionar dinheiro ou realizar transferências.

 

Selecionando o produto

Após a realização do pagamento, será fornecido um link para selecionar o produto. Neste ponto, é importante analisar, dentre as opções oferecidas, aquela que mais faça sentido para a sua estratégia. 

Escolhido o produto, é provável que o conteúdo venha compactado. Assim, extraia o material após baixá-lo e você verá uma página de venda e de confirmação da compra.

Vale dizer que você pode realizar alterações no que achar necessário. Por exemplo: pode optar por alterar a capa do produto.

Com relação à tradução, caso não queira pagar por uma, poderá você mesmo realizar. No entanto, visto que alguns conteúdos são densos, terceirizar esse serviço é a preferência da maioria das pessoas.

Além disso, como falamos, existem sites nacionais para licenciamento de produtos digitais. Neles, você pode encontrar inúmeras opções já traduzidas. Isso te dará muito mais praticidade.

 

Definindo o preço do seu produto

Agora é chegado o momento de definir quanto você cobrará pelo seu produto. Aqui, é importante fazer uma pesquisa de mercado para entender o que já está sendo cobrado pela concorrência e de que forma você pode ofertar seu licenciamento digital. 

 

Investindo na divulgação

Antes de começar a vender, é fundamental definir uma estrutura de vendas e investir na divulgação: e-mail marketing, WhatsApp, Facebook, Instagram etc. 

Firmar parcerias também é uma ótima forma de divulgação do seu produto, mas lembre-se de escolher parceiros estratégicos e que tenham fit com o seu público. 

Além disso, o tráfego pago também é uma boa opção para aumentar o seu alcance e impactar ainda mais pessoas.

 

Quais são as vantagens de trabalhar com licenciamento de produtos digitais?

Para quem deseja começar a ganhar dinheiro com a venda de infoprodutos sem criar o seu próprio do zero, o licenciamento digital é uma opção bastante atraente. 

Além de não exigir um desenvolvimento próprio, ele também não exige um alto investimento para a sua execução.

Ao encontrar o produtor de conteúdo que faz mais sentido para a sua proposta, basta definir as estratégias de marketing para as suas vendas serem um sucesso!

 

Onde vender após concluir o licenciamento de produtos digitais?

Bom, depois de adquirir seu produto e após ele estar pronto é hora de lançá-lo ao mercado! Comece definindo o preço e avance para as estratégias de divulgação.

Monte uma estrutura de vendas e invista na divulgação: e-mail marketing; WhatsApp, Facebook, Instagram. Consiga parcerias para que seu produto seja vendido e divulgado.

Além disso, invista em tráfego pago para que alcance e seja visto por um maior número de pessoas.

Agora que você já sabe como funciona o licenciamento de produtos digitais, que tal adquirir alguns PLRs e começar as vendas?

Uma das principais plataformas que pode funcionar como seu aliado para licenciamento de produtos digitais é a HeroSpark. Trata-se de uma plataforma com recursos para criação de landing pages, automação de e-mail marketing e venda de produtos digitais.

Em um só lugar, você tem tudo o que é necessário para divulgar e vender os seus produtos, com segurança e as menores taxas do mercado. E o melhor: pode começar de graça!

Banner escola de psicanálise
10 comments
  1. Sou autor de um Projeto cujo destino é muitíssimos municípios do Brasil, ensinando DE RENDA GERAÇÃO. PRECISO SABER QUAIS SÃO OS CURSOS QUE PODEM QUE PODEM SER USADO. POSSO CONFIAR NO DSB DA CRIS FRANKLIN ? APÓS SEREM LICENCIAMENTO

  2. Os produtos Private Label Rights (PLR) são os produtos de licenciamento?

    Você conseguiria dar suporte para uma possível compra?

    Quanto você cobraria para uma consultoria?

    Pretendo adquirir licenciamento de produtos, mas gostaria de orientações mais precisas.

    Grato

    Welinton
    Vamos conversar por e-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.