Se você ainda não tem muito conhecimento sobre vendas online, mas deseja aprender, veio ao lugar certo. Isso engloba vender produtos ou serviços que você possa oferecer e negociar diretamente pela Internet. Inclusive, o pagamento também é feito de forma online.

Entretanto, para que todo o processo das vendas funcione, é preciso oferecer bastante atenção ao funil de vendas e às etapas envolvidas na compra do cliente. Você deve preparar o seu negócio digital para fazer com que a compra do cliente aconteça da melhor maneira possível. 

 

Guia para iniciantes em vendas online

Se você é iniciante no assunto, é importante saber que todas as etapas (pré-venda, venda e pós-venda) devem ter a sua atenção. Prepare canais de comunicação adequados para que o cliente entre em contato. Um exemplo disso é disponibilizar um FAQ ou descrição completa do produto/serviço, caso o comprador tenha alguma dúvida durante a navegação em seu site.

Disponibilize um chat online para que ele converse diretamente com um atendente e possa fechar o negócio. Também deixe um telefone disponível para central de vendas, já que muitas pessoas preferem conversar por ligações telefônicas. 

Se você está iniciando com o comércio em ambiente digital, continue acompanhando este artigo e conheça cinco dicas valiosas para começar a trabalhar com vendas online

 

 

Passos para começar a vender online

Se você ainda não teve a oportunidade de vender um produto online, acredite: essa é uma boa alternativa de comércio.

Para começar a vender na Internet, é necessário que compreenda o cenário atual. Você não verá o cliente mas, mesmo assim, poderá conseguir ótimas possibilidades para comercializar o seu produto ou serviço.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

 

Você pode utilizar canais de divulgação sem fazer um alto investimento e ainda alcançar muitas pessoas e atraí-las ao seu negócio.

Utilize um e-commerce próprio, por meio de sites que já oferecem uma plataforma pronta para uso, ou também outras opções como marketplaces e mídias sociais. Seja qual for a opção escolhida, é importante que siga os cinco passos a seguir para que tenha sucesso como iniciante nesse mercado. 

 

1. Trabalhe a sua mentalidade

O primeiro passo que você deve seguir é começar a trabalhar uma mentalidade mais empreendedora. Tenha total consciência de que os desafios nas vendas online existem e que, apesar disso, deverá reagir da melhor maneira possível.

É importante que tenha um planejamento e saiba exatamente o que pretende conquistar a curto, médio e longo prazo.

Outros pontos também são importantes para que a sua mente em empreendedorismo seja muito bem trabalhada. Alguns deles são:

 

  • Desenvolver uma visão que seja, além de clara, inovadora
  • Deixar seus objetivos claros
  • Não se deixar levar pelo ego
  • Aceitar que, ao longo do processo, você irá cometer alguns erros
  • Comunicação é muito importante, então não a deixe de lado
  • Mantenha o foco! Ter uma rotina para trabalhar é muito necessário.

Mesmo que seja difícil ser um iniciante e saber exatamente como vender na Internet, existem diversas possibilidades, cada uma delas com suas vantagens específicas. 
 

2. Conheça seus pontos fortes

O segundo passo para ter sucesso nas vendas online, mesmo sendo um iniciante, é saber quais são os seus pontos fortes e as suas características.

Você deve fazer com que esses atributos trabalhem a seu favor. Estude bastante, não deixe de procurar referências de negócios digitais e inspire-se.

Tenha uma identidade e use-a como diferencial.
 

3. Organize-se financeiramente

Ser iniciante em qualquer área pode ser muito difícil, inclusive em vendas online. Por isso, você deve fazer uma boa organização financeira. Muitos negócios acabam “indo por água abaixo” porque não deram a devida atenção à parte financeira.

Tenha inteligência ao investir: faça um controle de todo dinheiro que entrou e de todo o dinheiro que você tem para investir neste novo modelo de negócio. Faça o que puder para evitar gastos desnecessários.

É muito importante ter disciplina. Então, cuide bastante da sua saúde emocional e garanta uma reserva de emergência para continuar com o seu negócio, mesmo quando passar por um período de dificuldade financeira.

O ideal é reservar um valor equivalente a um ano de despesas. Comece a investir com o que sobrar. Assim, você terá precaução para os possíveis imprevistos que possam surgir. 
 

4. Trabalhe a competência interpessoal 

Para ser um bom vendedor, é preciso que tenha a capacidade de influenciar aqueles que estão ao seu redor. Isso deve ser bastante trabalhado e aprimorado.

Ter boas noções de copywriting vai ajudar bastante. É importante ainda saber persuadir e conectar-se a outras pessoas: isso vai fazer com que os seus clientes se aproximem cada vez mais e com que sejam fiéis ao contratar os seus serviços ou comprar os seus produtos. 

Por meio da persuasão você mostra argumentos aos seus clientes e os influencia a tomar decisões, por meio de fatos a respeito do seu negócio e conquistando assim a confiança deles. Até mesmo para lidar com objeções, ser persuasivo vai ajudá-lo.

Tente comunicar-se com os clientes chamando-os pelo nome, isso evidencia uma comunicação personalizada.
 

5. Seja produtivo

O quinto e último passo para ter sucesso nas vendas online é ser bastante produtivo. Isso é essencial para quem está iniciando com as vendas pela Internet. Mesmo que você tenha liberdade de horário para trabalhar, deve sempre cuidar para evitar a sobrecarga de trabalho ou a procrastinação.

Você deve separar um tempo para o descanso, fazer uma leitura, ter uma rotina de exercícios físicos e uma alimentação saudável. 

67 headlines para páginas de vendas

Tenha como foco fazer algo que você goste muito, assim vai ser mais fácil relaxar. Quando chegar a hora de trabalhar, tenha total concentração no que está fazendo. Existem algumas ferramentas que podem auxiliar a aprimorar o foco, como meditação ou técnica do Pomodoro.

Portanto, tente utilizar os mais variados recursos para aumentar a concentração. Se possível, faça o teste com todos e veja qual funciona mais para você. Esses foram alguns pontos importantes para aprender a vender pela Internet, mesmo iniciante nesse âmbito do mercado.

 

Vendas online pelas redes sociais

Um estudo feito pelo banco inglês Barclays tem uma previsão de que, em 2021, 41% dos consumidores serão influenciados pelas redes sociais ou deverão utilizá-las para realizar compras. Isso porque, cada vez mais, os dados demonstram como essas plataformas interferem na decisão de compra dos internautas.

No vídeo informativo The Social Media Revolution, idealizado por Erik Qualman, autor do livro Socialnomics, é revelado que 90% dos consumidores confiam nas recomendações de outros consumidores e somente 14% dos internautas depositam confiança em anúncios das marcas. 

Além disso, de acordo com a empresa Alida, especializada em pesquisas de mercado, o setor que mais gera vendas em todas as redes sociais é o de comida e bebida. No Facebook, as categorias mais seguidas são saúde, diversão e cotidiano, alimentação e tecnologia, respectivamente.

No Pinterest, as pessoas buscam mais por materiais sobre alimentação (66%), depois por decoração e artesanato, saúde, diversão e cotidiano e moda e beleza.

No Twitter, 51% das buscas são por saúde, 46% por diversão e cotidiano, 44% por tecnologia e 42% alimentação.

O mesmo estudo também revelou que 38% dos consumidores já compraram um produto após compartilhá-lo no Facebook.
 

Atualizações e recomendações

Uma pesquisa encomendada pelo Mercado Livre indica que mais da metade dos brasileiros entrevistados (61,4%) buscam informações sobre produtos e serviços nas redes sociais antes de efetuar suas compras.

Também foi constatado que, no Brasil, 81% dos usuários seguem suas marcas favoritas para ficar por dentro dos novos produtos e serviços. Uma outra porcentagem (75,6%) é formada por usuários que querem ficar ligados nos produtos com descontos especiais.

Por isso, se sua loja virtual ainda não está presente nas redes sociais, agora é a hora. Ou, se você tem um negócio físico, não deixe de levá-lo também ao meio digital.

Com algumas dicas, você vai aprender a criar um perfil para sua empresa no Instagram, uma das redes sociais mais acessadas atualmente, e começar a lucrar lá mesmo, sem maiores complicações. 

 

Perfil profissional no Instagram

O Instagram é uma das redes sociais mais influentes da atualidade, com 1 bilhão de usuários ativos e uma média de 500 milhões de stories por dia. Além disso, 81% das pessoas usam a plataforma para buscar por produtos e serviços, segundo dados do blog Hootsuite.

Uma das ferramentas mais utilizadas para vender e engajar nesse ambiente é o Instagram Shopping. Afinal, 130 milhões de contas já utilizam o mecanismo mensalmente com um simples clique nas postagens.

Mas, antes de pensar em como funciona o Instagram Shopping, é importante prezar pela construção de um perfil profissional na rede. Primeiro, não tenha uma conta pessoal: ela é utilizada para outras finalidades.

Depois de mudar esse aspecto, pense em fazer uma “bio” chamativa e completa para os visitantes da página: explique bem do que se trata o negócio e deixe todos os canais de contato: outras redes sociais disponíveis, telefone (WhatsApp), e-mail (se necessário) e link do site ou blog.

Não se esqueça de deixar os destaques organizados e de disponibilizar conteúdos em diferentes meios: IGTV, reels e feed.

Nesse momento, é fundamental ter uma identidade visual para a marca, com uma paleta de cores bem definida. 

 

Identidade visual 

Uma identidade visual bem construída demonstra profissionalismo e transmite credibilidade. A imagem desenvolvida é baseada em conceitos pré-determinados e deve ser pensada de uma forma que gere impacto, empatia e identificação do público-alvo.

Ou seja, para construir e manter uma presença digital, é necessário prezar por alguns conceitos de design. 

 

Os principais diferenciais do produto, a escolha de uma fonte de letra coerente e uma paleta de cores condizente com a mensagem que você deseja transmitir são etapas primordiais para a definição de uma identidade visual.

Não deixe de investir em um relacionamento direto com o seu público e adapte a sua linguagem: a humanização da marca é um pilar para vender online.   
 

Instagram Shopping

O Instagram Shopping é uma ferramenta que permite que as lojas e contas empresariais possam colocar links de produtos dentro das fotos publicadas no feed.

São bem parecidos com as tags de marcação de usuários, mas cada item mostra, na imagem do produto, uma etiqueta com o nome e valor.

Isso pode ser utilizado como um comércio dentro do Instagram, direcionando as etiquetas para uma compra, o que torna o perfil totalmente comercial.

Nos perfis das lojas que usam o Instagram Shopping é possível ver uma aba com o ícone de uma sacola de compras. Ao clicar no símbolo, você é encaminhado para uma parte com todos os produtos, como uma “vitrine”.

Esse recurso serve para otimizar a experiência dos clientes e deixar a visita mais simplificada. A opção também funciona nos stories e filtros de realidade aumentada, com uma tag sobre o produto ou uma simulação de como o item ficará na pessoa, como óculos ou chapéu.

 

SparkStart

O SparkStart é um programa de aceleração da HeroSpark que oferece tudo o que é necessário para a criação de um produto digital lucrativo.

É uma boa alternativa para profissionais, empresário e demais pessoas que desejam ganhar dinheiro com vendas online.

Clique aqui e saiba como criar novas oportunidades de negócio e ter renda extra dentro do empreendedorismo digital.

pesquisa panorama dos negócios digitais