Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


O que é branding: conceitos e boas práticas para 2021

O que e branding_HeroSpark

Você sabe o que é branding? Esse tipo de estratégia de marketing digital é muito utilizada por grandes marcas com um objetivo específico: conquistar o coração e a mente dos consumidores. Parece até coisa de filme de comédia romântica, mas é real.

 

E, acredite, com as ações certas a sua marca pode causar borboletas no estômago e sensações conscientes e inconscientes que são cruciais na hora do cliente optar pelo seu serviço e/ou produto ao invés do seu concorrente. Neste post, vamos te ajudar nesse assunto com os seguintes tópicos:

 

O que é branding?

 

Branding é um conjunto de ações e estratégias que ajudam a transformar a sua marca em algo desejável e positivo na mente dos consumidores. Para isso, é fundamental que o brand management esteja alinhado com o propósito, posicionamento e visão e valores da empresa.

 

Agora mesmo, pare uns segundos e pense na sua marca de comida favorita. Provavelmente você vai se lembrar do gosto, das cores da embalagem, das propagandas que já viu e da sensação que tem ao comer ou beber um alimento com esse selo. Essa é a função do branding: despertar emoções que conectam você àquela marca.

 

Em qualquer gestão de marcas, todas as campanhas publicitárias e posicionamento são planejadas com antecedência. Desde o logotipo, a identidade visual, a cartela de cores, o tom de voz, os atores e atrizes das propagandas e até o marketing digital nas redes sociais. Tudo é pensado para transmitir a personalidade da marca e atingir com mais eficiência o público-alvo.

 

Então, se você deseja que a sua empresa cresça de forma inteligente e tenha uma funcionalidade duradoura e caia do gosto do público, o branding é essencial. Além disso, esse tipo de estratégia estende-se também para outras áreas, como: personal branding, employer branding, co branding.

 

Vamos te explicar melhor cada uma, a seguir!

 

Personal branding

 

Personal branding é a gestão da sua marca pessoal. Basicamente, corresponde ao que te torna único e lembrado pelas outras pessoas, seja por uma especialidade técnica, pelo posicionamento interpessoal, pela autoridade e credibilidade no mercado ou outro fator que te faz ter um valor e um posicionamento de marca pessoal.

 

Um dos pontos-chave para isso, segundo Arthur Bender, autor do livro Personal Branding: construindo sua marca pessoal (2009), é ter confiança e se perguntar: aonde eu quero chegar? “Se você não sabe para onde quer ir, pode acabar em qualquer lugar”, diz.

 

Segundo o autor, cada profissional representa um produto do mercado, em um determinado corredor, com uma determinada função e um valor estimado. Contudo, você pode simplesmente ser mais do mesmo e nadar conforme a maré ou escolher o seu caminho e gerar o seu próprio valor ou, melhor, seu personal branding.

Employer branding

 

No caso do employer branding que, traduzido para o português, significa “marca do empregador”, o que conta é o conjunto de técnicas, ações, ferramentas e estratégias que vão gerar uma percepção positiva da sua empresa no mercado de trabalho. Ou seja, é a empresa dos sonhos de qualquer pessoa, com os melhores benefícios, com tratamento humanizado, cum uma conscientização social e ambiental clara ou diversos outros fatos que influenciam nesse ranking.

Co branding

 

O Co branding corresponde ao compartilhamento de autoridade e valor de mercado entre empresas ou figuras públicas. Esse é um tipo de aliança estratégica que associa um único produto ou serviço a diversas marcas. Essa parceria pode ser feita entre duas ou mais marcas que se unem em um propósito de ação conjunta, aproveitando as qualidades e competências de cada uma.

 

Por exemplo, uma marca de biscoitos que se une com uma empresa de chocolate para criar um sabor diferenciado e com o logo de ambas estampado na embalagem. Logo, o público-alvo de ambas, que pode se relacionar indiretamente, vai fortalecer as vendas por se tratar de um alimento que ele aprova e utiliza. Essa estratégia traz benefícios para ambas as partes, aumenta a visibilidade no mercado e atrai mais consumidores.

 

Contudo, deve ser feita com um bom planejamento e estudo, além de ter afinidades em comum, para que a parceria não gere conflito de imagens e faça o efeito oposto do que o co branding propõe.

 

 

Branding é uma ótima estratégia para o sucesso do marketing digital | Foto: Freepik
Branding é uma ótima estratégia para o sucesso do marketing digital | Foto: Freepik

 

O que é marca?

 

Basicamente, marca é o efeito simbólico de uma empresa ou indivíduo em determinada área de atuação profissional e social. Como você pode ver, não é necessariamente um empreendimento específico, mas também uma pessoa, como um ator, uma cantora ou um jogador de futebol. O importante é que a marca, deve de fato marcar algo. Ou seja, construir uma identidade que a torne reconhecida por uma comunidade.

 

Dessa forma, o logotipo, o tom de voz, a cartela de cores, a visão, os valores, os propósitos e diversas outras coisas formam a marca de uma empresa ou indivíduo. Segundo Aldo Wandersman, autor do livro E se você fosse uma marca? (2015), “qualquer iniciativa em torno de ideias, talentos, habilidades, paixão ou liderança pode se beneficiar da edificação customizada de uma identidade” e, logo, tornar-se uma marca.

67 headlines para páginas de vendas

 

Por isso, o personal branding pode ser seu grande aliado profissional. Afinal, muitas marcas foram construídas e prosperaram por causa da imagem de seus fundadores, como é o caso de Walt Disney, Ralph Lauren, Giorgio Armani, Chanel e diversas outras. “Uma vez que tenha estabelecido a sua marca e um modelo de negócios sustentável, a sua iniciativa ganha vida própria”, escreve Aldo Wandersman.

 

Agora que você já sabe o que é branding – personal branding, employer branding e co branding – e o que é marca, que tal descobrir as boas práticas de branding para 2021, sobretudo no marketing digital? Vamos te explicar tudo, a seguir. Vamos lá!

 

Boas práticas de branding para 2021

 

Além do branding, o marketing digital é fundamental para quem deseja ter sucesso na internet, nas redes sociais e nas demais plataformas online. Por isso, separamos abaixo 5 boas práticas de branding e marketing digital para 2021. Confira!

1. Saiba o que o seu público-alvo deseja

O primeiro passo, e o mais básico para qualquer área, é saber onde o seu público-alvo está inserido online e o que ele deseja consumir, quais são suas dores ou motivações. Assim, você saberá onde, como e quando agir no branding e marketing digital. Para isso, faça uma pesquisa de mercado, peça o feedback dos seus consumidores e faça diversos testes para saber as estratégias que melhor funcionam com o seu nicho. O e-mail pode ser seu grande aliado nessa tarefa.

 

2. Ações de marketing nas redes sociais

Sabia que somente em 2020 o aplicativo TikTok obteve mais de 2 bilhões de downloads no Brasil? É isso mesmo, pode acreditar! O crescimento dessa rede social, assim como o Reels do Instagram teve um ápice enorme durante a quarentena e promete continuar forte em 2021. Por isso, aposte nesse tipo de ação e construa o branding da sua marca nessas plataformas.

 

3. Personagens virtuais

O terceiro passo nas boas práticas de marketing digital e branding para 2021 é apostar em assistentes de voz ou personagens virtuais, como é o caso da “Lu”, a assistente digital da famosa rede de lojas Magazine Luiza. Segundo o Google Trends, o interesse por assistentes por voz cresceu 47% no Brasil. Por exemplo: o interesse pela Alexa, da Amazon, cresceu consideravelmente em relação aos anos anteriores.

 

4. Marcas humanizadas e comprometidas

Cada vez mais o público está dando preferência para marcas humanizadas e que têm um comprometimento claro e eficaz em alguma causa ou vertente da sociedade, seja humanitária, ambiental ou política, dentre outras.

 

Atualmente é crucial ter empatia e tratar os outros como pessoas, de fato, e não como mercadorias ou “apenas” clientes e funcionários. Ter um atendimento humanizado, sensível, eficiente e proativo é muito valorizado hoje em dia.

 

E, digo mais, ser uma empresa humanizada e comprometida pode ser critério de desempate entre sua marca e a concorrência. Então, se você ainda não tem isso claro, é hora de correr atrás dessa boa prática de branding em 2021.

 

5. Investimento em marketing digital

Como já citamos, o marketing digital é essencial para o branding de uma marca ser bem-sucedido. Por isso, investir nessa área é primordial.

 

Na verdade, mais que investir, vale a pena aprender e dominar esses recursos de uma vez por todas. Sendo assim, nós recomendamos duas ferramentas da HeroSpark para te ajudar:

 

  • SparkFunnels
  • SparkStart.

 

A SparkFunnels é uma ferramenta de criação de funis de venda de alta conversão, super intuitiva, rápida (seu funil de vendas fica pronto em 5 minutos”), dinâmica e com resultados reais.

 

No caso da SparkStart, é um programa de aceleração (TOTALMENTE GRÁTIS) que te ensina as estratégias e os conhecimentos necessários para criar um produto digital lucrativo, além de oferecer a ferramenta ideal para implementar tudo e começar as vendas sem complicações.

 

 

Para se cadastrar na SparkFunnels, clique aqui e para adquirir gratuitamente o SparkStart, clique aqui!

 

Por fim, o que achou do nosso conteúdo sobre o que é branding e o que é marca, além de personal branding, employer branding,  co branding?

 

A HeroSpark é a solução mais completa na América Latina para quem deseja criar negócios de alto impacto, pois é a plataforma mais completa de empreendedorismo digital que une aqueles que querem ensinar com aqueles que querem aprender.

 

Transforma vontade em realidade e especialista em empreendedor, sempre com o constante desenvolvimento de ferramentas e o suporte de uma comunidade que inspira e que ajuda a ir além. Acesse aqui e saiba mais!

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

Quanto custa promover no Instagram e 4 dicas para 2021

Você sabe o que é impulsionar um post? É transformar uma publicação de um vídeo, uma imagem ou um carrossel …

Autoresponder: por que investir neste recurso?

Muita gente não conhece ou não sabe o que é a ferramenta autoresponder, no entanto, esse é um instrumento muito …

Mentoria: saiba como criar e vender a sua

Se você deseja ingressar no empreendedorismo digital, precisa saber o que é e como criar uma mentoria. Isso porque essa …

Lançamento de produto de sucesso: saiba como fazer

Fazer um lançamento de produto bem sucedido é complexo: requer organização e participação em todas as etapas, desde a concepção …

Vender curso online: 10 dicas para atrair alunos

Vender curso online pode parecer uma tarefa difícil, mas não precisa ser assim. Neste artigo você vai descobrir que, com …

Marketing de relacionamento: o que é e como usar

Hoje é mais fácil produzir na internet, mas também é mais difícil se destacar, já que vários produtores disputam o …