Realidade virtual: o que é, como funciona e benefícios!

Realidade virtual: o que é, como funciona e benefícios!
Extensão plano basic
Banner inteligência artificial

A realidade virtual é uma tecnologia que tem ganhado cada vez mais espaço em diversos setores, desde jogos e entretenimento até a medicina e a educação. Além disso, ela permite um novo nível de experiência imersiva para usuários e produtores digitais.

Mas como exatamente funciona essa tecnologia? Quais são os benefícios da realidade virtual para o mercado digital? 

Para responder essas e outras perguntas, vamos explorar a fundo neste artigo a realidade virtual, desde sua definição até suas aplicações práticas e vantagens para o mercado digital. Acompanhe!

Assim como a realidade virtual, o ChatGPT é uma outra tecnologia que vale a pena conhecer para implementar no seu negócio digital. Por isso, baixe o guia de comandos dessa ferramenta agora mesmo!

O que é realidade virtual?

A realidade virtual é uma tecnologia que permite a criação de ambientes e objetos virtuais que podem ser explorados de forma interativa e imersiva pelos usuários

Esses ambientes são gerados por computador e podem incluir elementos que simulam uma experiência sensorial completa, como:

  • Elementos visuais;
  • Elementos sonoros;
  • Elementos táteis.

Esse recurso tecnológico surgiu entre as décadas de 1950 e 1960, quando o engenheiro cinematográfico Morton Heilig desenvolveu o primeiro dispositivo de realidade virtual chamado Sensorama. 

O dispositivo, que recriava uma experiência de cinema com sensações táteis, como vibrações e movimentos, era na verdade uma cabine com:

  • Telas;
  • Sistema de som;
  • Ventiladores;
  • Aromatizadores.

Como funciona a realidade virtual?

A tecnologia de realidade virtual é composta por várias partes, incluindo software, hardware e sensores.

O software é responsável por criar o ambiente virtual e controlar a interação do usuário com o ambiente. Ele é geralmente executado a partir de algoritmos avançados para reproduzir imagens em 3D em tempo real. 

O dispositivo no qual as imagens são exibidas é a parte do hardware, fundamental para criar a experiência de imersão para o usuário. 

Uma das formas mais utilizadas é o headset VR, que é um dispositivo que cobre a cabeça e os olhos do usuário, bloqueando a visão do ambiente real e substituindo por imagens virtuais. 

Dentro do headset, há uma tela que exibe imagens em alta resolução para criar a sensação de estar em um ambiente virtual.

Além disso, os headsets VR podem incluir sensores de movimento, como acelerômetros e giroscópios, que rastreiam os movimentos da cabeça e do corpo do usuário e atualizam a exibição em tempo real para que o usuário tenha uma experiência mais imersiva. 

Os controladores de movimento também podem ser usados para permitir que o usuário interaja com o ambiente virtual, permitindo movimentos precisos e feedback tátil.

Confira abaixo um vídeo que demonstra a utilização de headset de realidade virtual na prática:

Onde a realidade virtual pode ser aplicada?

Ao combinar software, hardware e sensores, a realidade virtual é capaz de criar uma experiência imersiva que permite ao usuário interagir com um ambiente virtual como se fosse real. 

copy com chat gpt , herocreator

Como já citamos, a realidade virtual tem uma ampla variedade de aplicações em diversos segmentos, desde entretenimento até educação.

Para mostrar os diferentes usos dessa tecnologia, listamos abaixo alguns exemplos de onde ela pode ser aplicada:

  • Jogos e entretenimento: os jogos com realidade virtual oferecem uma experiência totalmente nova e envolvente, em que o jogador se sente como se estivesse realmente no jogo.
  • Treinamento e simulação: é uma ferramenta valiosa para treinamento em várias áreas, desde treinamento militar até treinamento em cirurgias médicas, sendo uma forma segura e controlada, sem risco de ferimentos ou danos. A RV também pode ser usada para treinamento em habilidades específicas, como pilotagem de aeronaves, navegação marítima e operação de equipamentos pesados. 
  • Educação: a realidade virtual pode ser uma ferramenta educacional poderosa, permitindo que os alunos experimentem mundos virtuais e aprendam conceitos complexos de uma maneira envolvente e interativa. Além disso, também permite um novo formato de experiência para alunos de cursos online

Além disso, com o avanço da tecnologia, é provável que surjam novas aplicações em breve, abrindo ainda mais possibilidades para essa tecnologia em constante evolução.

Realidade virtual, realidade aumentada e metaverso: quais são as diferenças?

A realidade virtual, realidade aumentada e metaverso são tecnologias relacionadas, mas distintas. 

Mesmo que ainda seja muito comum confundi-las, cada uma dessas tecnologias oferece experiências únicas. Confira abaixo algumas das principais diferenças entre elas:

Realidade virtual

Como vimos, a realidade virtual é uma tecnologia que cria um ambiente virtual totalmente imersivo e simulado, geralmente por meio de um headset VR. 

Nele, é criada uma experiência totalmente digital e autônoma, na qual o usuário não pode ver o mundo real.

Realidade aumentada

A realidade aumentada é uma tecnologia que adiciona elementos virtuais ao mundo real. Usando um dispositivo como um smartphone ou tablet, os usuários podem ver objetos virtuais em um ambiente físico real. 

Na prática, essa tecnologia sobrepõe informações digitais ao mundo real, permitindo que os usuários vejam e interajam com objetos virtuais em um contexto real.

Metaverso

O metaverso é um espaço virtual compartilhado, em que a proposta é que os usuários possam interagir entre si e com objetos virtuais em um ambiente totalmente digital. 

A ideia do metaverso é semelhante à realidade virtual, mas em vez de ser um ambiente autônomo, é uma rede conectada de ambientes virtuais e experiências. 

O metaverso pode ser explorado por meio de um headset VR ou por meio de outras formas de acesso, como desktops e dispositivos móveis.

Quais os benefícios da realidade virtual no mercado digital?

O uso da realidade virtual no mercado digital pode oferecer diversas vantagens para clientes e infoprodutores. A principal delas é a oportunidade de uma experiência imersiva e envolvente para os usuários.

Essa nova experiência pode aumentar de maneira significativa o envolvimento do usuário com o conteúdo, inclusive podendo levar a um maior engajamento do usuário e fidelização de clientes.

Outra vantagem é a possibilidade de otimizar a experiência de compra, permitindo que seus leads experimentem seus produtos digitais de forma mais imersiva antes de fazer uma compra. 

Isso pode ajudar a aumentar a confiança do usuário e reduzir a taxa de abandono de carrinho, levando a um aumento das conversões de vendas.

Agora que você já sabe o que é a realidade virtual e como ela pode ser utilizada em diferentes segmentos, inclusive no mercado online, que tal saber mais sobre outros termos e recursos importantes?

Então baixe agora o Glossário do Marketing Digital e garanta grátis um guia completo de termos e expressões do mundo digital.

Banner_blog_herospark
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *