empreender com a herospark

No mundo em que vivemos, os espaços de aprendizagem virtual estão cada vez mais presentes. Nesse cenário, a venda de cursos online vêm ganhando cada vez mais força. Especialmente durante a pandemia do novo coronavírus, cada vez mais pessoas buscam aprender pela internet. 

Por isso, a venda de cursos online se torna um dos principais assuntos para quem quer investir nesse segmento da educação. Neste texto, falaremos sobre os desafios com os quais um empreendedor pode se deparar no processo de vendas. Além disso, vamos te falar dicas de fatores que são considerados cruciais no processo.

 

Primeiros passos da venda de cursos online

Listamos quais devem ser os seus primeiros passos para ter sucesso na venda de cursos online.

Assim, selecionamos, para você, estratégias de vendas online que você precisa levar em conta e implementar se quiser ter sucesso no seu negócio de cursos online.

Não é uma fórmula do sucesso, nem nada do tipo, mas são pontos fundamentais para guiar a sua trajetória. Vamos lá?

Planejamento

Para vender cursos online, o primeiro passo é investir em um bom planejamento. Aliás, tudo na vida começa com um planejamento eficaz. De largada, delimitar seus objetivos e metas é fundamental. Além disso, manter os pés no chão e ter uma boa estratégia, rede de apoio e materiais também fará muita diferença no resultado final. Isso vale para qualquer nicho.

 

Pesquisa de mercado

Um dos primeiros passos para entrar em um novo mercado é entender como ele funciona. Certo, e como dá para saber o seu modo de operar? A dica é fazer uma pesquisa de mercado a partir do segmento que você escolher para vender o seu curso online dos sonhos.

A pesquisa de mercado pode ser feita através da busca por informações relevantes relacionadas a seus clientes (público-alvo) e seus interesses. Além disso, a pesquisa também caminha em direção ao conhecimento sobre seus concorrentes e outros campos de atuação do negócio que sejam importantes e impactem seu trabalho diretamente. 

 

Avatar

Avatar, ou persona é uma representação do cliente ideal do curso online. Assim, a ideia é definir essa representação para investir em técnicas de marketing e divulgação que prendam a atenção desse perfil de público.

Depois de definir quem você quer atingir, pense no que no que ele gosta, com qual marca ele se engaja, qual é sua rotina, o que chama mais sua atenção e qual é o formato que mais lhe agrada.

Por exemplo, se seu público é jovem, dificilmente conseguirá criar uma conexão se investir em métodos mais antigos de aprender, como apostilas longas. Tal geração já cresceu com a tecnologia e atua com grande frequência em redes sociais. Assim, uma ideia seria investir nessas plataformas digitais e trabalhar com eventos cotidianos, que costumam chamar a atenção desses jovens

Outra estratégia para definir a persona é fazer pesquisas amplas, geralmente usando questionários, de modo a entrevistar pessoas interessadas em seu produto/serviço online.

Com as respostas, você conhece traços do perfil de quem vai receber a mensagem comunicada pela sua marca e consumir o seu curso. Logo, você economiza recursos e direciona esforços para o lugar certo, de onde vai gerar bons frutos. 

 

Funil de vendas

O funil de vendas se refere à toda jornada do cliente, desde a atração até a compra.

O funil é dividido em três etapas:

  • Topo: lead está descobrindo o problema e precisa de informações que ajudem a solucionar.
  • Meio: está mais perto da compra, mas ainda está procurando diferentes soluções no mercado.
  • Fundo: está muito perto de comprar e está pesquisando pelo melhor custo-benefício.

Por isso, suas estratégias também devem ser personalizadas para atender a clientes em cada uma das três etapas do funil de vendas.

 

Treinamento

Embora pareça algo fácil e um mar de rosas, um negócio digital demanda esforço e trabalho em equipe. Assim, não adianta nada você se desdobrar no planejamento, bolando estratégias certeiras e formas de divulgar o produto se está sozinho nessa. Convoque todos que trabalham com você.

Todos os colaboradores precisam estar alinhados às metas, campanhas, vendas e redes sociais da empresa. Crie uma política transparente de comunicação: traga todas as informações a conhecimento geral, bem como estratégias de abordagem e relacionamento com o cliente.

 

Metas

Bem, falamos de metas agora a pouco. As metas são orientações fundamentais para se chegar a qualquer lugar. É um ponto de partida, então, não saia criando estratégias só porque fulano o fez, você viu na TV ou assistiu a um vídeo rápido sobre o tema. Antes, estude e trace objetivos palpáveis. Depois, sim, crie maneiras de se atingir isso.

 

Concorrência

Conheça o que acontece no negócio alheio. Fique a par das ações da marca rival, do relacionamento com o cliente e da reação da audiência. Sabendo como o concorrente trata o cliente dos sonhos, fica mais fácil adaptar as suas técnicas.

 

Como criar um site de venda de cursos online?

Antes mesmo de pensar nas vendas de seu curso online, é necessário ter certeza de que o material que você tem em mãos é condizente com suas ideias e pensamentos. Entenda direito a dinâmica e saiba como criar um site de venda de cursos online. É fundamental para tudo dar certo.

 

Plataforma

Um dos passos mais importantes e cruciais para definir se seu negócio será de sucesso ou de fracasso é a plataforma escolhida para criar seu site de vendas. 

Sendo assim, é primordial que a plataforma seja didática e fácil de usar. Assim, os usuários terão a melhor experiência dentro do seu site.

Para isso, procure estar sempre atento às plataformas de e-commerce disponíveis no mercado e o que cada uma delas poderá oferecer para o seu negócio. Busque aliar as mais vastas opções que estão a seu dispor, com o orçamento que você tem reservado. Não há dúvida de que você irá achar algo no meio termo entre esses dois fatores. 

A HeroSpark é uma excelente opção para quem está começando agora ou já tem um curso online estruturado. A empresa oferece uma plataforma completa hospedagem e venda de cursos online, além de oferecer ferramentas para divulgação e criação de landing pages.

 

 

Segurança

Lembre-se também, de levantar alguns pontos que são cruciais que a plataforma forneça para analisar se vale a pena escolhê-la. 

De antemão, o básico que uma plataforma precisa fornecer é um bom sistema de segurança de dados e uma boa interface com a equipe de suporte.

Não aceite nada menos que isso, esses dois quesitos são fundamentais. Até porque esse ponto também faz parte do que se deve considerar antes de fazer venda de cursos online.

 

Personalização

Fortaleça a sua marca com um layout diferenciado, único, algo que vai ser característico. As pessoas irão bater o olho e, graças à identidade visual, reconhecerão seu negócio de imediato.

Algumas plataformas oferecem essa função de personalização de um jeito bem fácil e intuitivo. Já outras vão exigir a contratação de um designer e um desenvolvedor para garantir que tudo sairá da melhor forma possível.

Cabe a você optar por qual desses dois escolher, sempre consultando o bolso e, claro, sua pesquisa de mercado.

 

Design responsivo

Outro aspecto que também será um diferencial para seu site, e que é uma demanda oriunda dos crescente acessos aos dispositivos móveis, é a responsividade dos sites.

De maneira geral, a responsividade dos sites corresponde a uma plataforma capaz de se adaptar a qualquer tipo de dispositivo, seja ele desktop, smartphone, tablet ou computador, entre outros. 

Os sites responsivos garantem melhor experiência aos usuários, o que é sempre interessante se tratando de cursos online. 

 

Pagamento 

Outra questão técnica que deve ser vista e analisada com muita atenção é referente às formas de pagamento que serão disponibilizadas para os seus usuários. Vale destacar que o objetivo principal de qualquer negócio é o retorno monetário que ele dará, ou seja, o lucro.

Por isso, faça uma escolha inteligente e consciente quando for solicitar suas formas de pagamento.

O sistema gateway faz a ligação entre o e-commerce e as formas de pagamento, e por isso é uma excelente aposta para sites que visam a venda de cursos online.

O gateway é responsável por fazer a comunicação direta entre a empresa e os sistemas bancários.

Assim, o dinheiro dos usuários é transferido diretamente para a conta da loja, o que facilita muito o processo, além de torná-lo mais seguro e confiável.

Além disso, a página de checkout também deve ser pensada com bastante atenção e cuidado. Muitas vezes, processos de checkout muito longos, complexos e que demandam muito esforço possuem a tendência de afastar clientes em potencial. Por isso, a dica é sempre: menos é mais.

Opte por páginas que exijam o mínimo necessário para a compra: cartão e número de CPF.

 

Aspectos burocráticos

Tenha uma pessoa, que assumirá o papel de responsável por essa parte burocrática e que seja capaz de auxiliar seus usuários em caso de qualquer intercorrência que possa vir a ocorrer.

Além disso, o enfoque não deve ser apenas naqueles clientes que já efetuaram seus pagamentos. Os que estão em potencial também são muito importantes para o financeiro. A dica é manter uma base com os dados de quem demonstrou interesse no produto, mas não efetuou o pagamento.

A estratégia do lead nurturing (aproximar a marca a futuros clientes e atuais) vai te ajudar nessa e garantir que sua marca não caia no esquecimento. 

 

Como vender um curso pela internet? 

Com tudo planejado e organizado, chegou a hora de começar a colocar seu curso online de pé.

Separamos alguns investimentos que valem a pena serem feitos, que com toda certeza serão um diferencial em seu negócio virtual, atraindo cada vez mais alunos em potencial. 

 

Webinars

A primeira dica é trabalhar com as transmissões de webinars. Os webinars são um ótimo jeito de aproximar os alunos e os especialistas durante um curso. Essas transmissões humanizam e trazem uma didática para um curso. Permitem que as autoridades no assunto trabalhado compartilhem seus conhecimentos e conteúdos através de uma transmissão ao vivo.

Se você quiser saber em mais detalhes como fazer um webinar, acesse este texto. Mas em resumo, basta webcam, microfone e um computador conectado à internet.

Depois, é só fazer o cadastro em uma plataforma, criar um link e compartilhar com seus alunos e leads. Estas são algumas opções de programas para usar: 

  • GoToWebinar;
  • ClickMeeting;
  • WebinarJam;
  • Webex;
  • StreamYard.

 

Redes sociais

A próxima dica é investir nas redes sociais. As redes sociais têm um papel fundamental para instituições de ensino na divulgação de cursos online, portanto use-as com muita sabedoria. É nas redes sociais que o seu público, e todos os tipos de público, vão estar.

Por isso, invista em alimentar sua rede social com dados relevantes, fotos chamativas, vídeos interessantes, tudo o que possa deixar as pessoas com um gostinho de quero mais, um interesse maior naquilo que está sendo oferecido. 

As páginas de Instagram, Twitter, Facebook e tantas outras redes sociais são alimentadas milhares de vezes ao dia, por uma gama inimaginável de pessoas. Assim, a opção ideal é que você encontre sua originalidade, a fim de se destacar e conquistar seu espaço.

 

Mídia paga

Quando falamos em redes sociais, logo relacionamos com o conceito de tráfego pago. A mídia paga vem ganhando muita força porque é capaz de segmentar o público de uma campanha, curso, ou qualquer outra linha de serviço, personalizar e analisar dados.

Com a Mídia Paga é praticamente garantido que a divulgação do curso trará resultados palpáveis. As principais vantagens são o aumento da visibilidade, a segmentação e o baixo custo para quem investe.

 

Links patrocinados

A próxima dica é investir em links patrocinados. Sem dúvida alguma, você já se deparou com eles na internet, seja nas redes sociais ou nas suas pesquisas nos buscadores. Eles fazem total diferença no resultado final da venda de qualquer produto ou serviço.

Nos buscadores, os links patrocinados são aqueles primeiros resultados que aparecem ao pesquisar sobre qualquer assunto e, logo abaixo, eles são sinalizados como “patrocinados” ou com a palavra “anúncio” ao lado, na lateral esquerda ou direita do título.

Já nas redes sociais, os links patrocinados normalmente aparecem sinalizados acima da publicação com uma indicação escrita “patrocinado” ou com um link de “saiba mais”, o que significa tratar-se de uma publicidade. 

 

E-mail marketing

Outra estratégia que também pode ser fundamental para o sucesso na venda de seu curso online é trabalhar com o e-mail marketing para manter um contato próximo com leads e alunos.

Agora, muita atenção e cuidado no momento da escrita destes e-mails: use imagens leves, títulos atraentes e desafiadores e uma linguagem pessoal e intimista, com a finalidade de fazer o cliente em potencial se sentir de antemão familiarizado com o formato de seu curso e despertar o interesse em fazer parte.

SEO

 Investir em conteúdo para SEO ajuda a sua empresa a crescer organicamente no Google. Ou seja, ao invés de pagar para aparecer nos primeiros resultados, você produz conteúdo relevante para aparecer nos primeiros resultados quando seus clientes fazem uma pesquisa no buscador. 

 

Venda seu curso online com a HeroSpark

Com a missão de transformar conhecimento em negócios digitais de alto impacto, a HeroSpark é a solução mais completa na América Latina para quem deseja criar negócios de alto impacto, oferecendo as melhores experiências para produtores e alunos. Com mais de 14 anos de experiência no mercado de educação e tecnologia, a HeroSpark oferece uma plataforma completa para hospedar e vender cursos online. Comece gratuitamente agora!

vender cursos online herospark

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *