herospark comece grátis agora

No universo do marketing digital, existem diversas técnicas para atrair e converter mais leads. No entanto, dificilmente alguma delas terá um custo e um benefício menor que um webinar. Além de atrair, gerar e qualificar muitos leads para uma base, eles são baratos e fáceis de produzir.

 Se você deseja escalar o seu negócio digital e, consequentemente, fazer mais vendas, essa ferramenta não pode estar fora do seu radar! E, se você quer aprender tudo sobre essa estratégia de vídeo ao vivo, leia este artigo até o final, porque também vamos apresentar uma ferramenta para facilitar a hospedagem e divulgação do seu webinar.

 

O que é um webinar?

O termo “webinar” vem de web based seminar, ou seja, é um seminário realizado pela internet. Esse nome, por si só, já explica muito sobre o que é um webinário. É uma videoconferência online, realizada com a intenção de educar um público-alvo sobre determinado tema.

Esses seminários podem ser em forma de vídeo ao vivo ou gravados e disponibilizados em um horário marcado. Além disso, podem ter um teor empresarial ou educacional, dependendo da proposta de cada instituição.

Muitas empresas e empreendedores utilizam esse formato de distribuição visando um contato mais próximo com possíveis clientes – os chamados leads, seja de modo a atrair novos ou avançar os já existentes no funil de vendas.

 

Por que criar um webinar?

  1. Atualmente, os vídeos convertem muito mais nas redes sociais. O próprio Instagram, que cresceu sendo uma rede social de imagens, anunciou que está dando prioridade para vídeos. 
  2. Permite interagir em tempo real com a audiência, construindo a imagem da sua empresa e a posicionando como autoridade em seu segmento.
  3. É versátil: pode ser usado tanto para gerar leads, para avançar leads no funil de vendas, ou para converter leads em clientes.
  4. Também pode ser usado como estratégia de marketing de relacionamento, quando você interage com a audiência.

Mas e como colocar em prática?

 

Os passos para criar um webinar de sucesso

Antes de a gente colocar a mão na massa, é importante avisar três coisas:

  1. Não existem receitas de bolo ou fórmulas mágicas. O segredo é testar para ver o que mais funciona para você. 
  2. Por mais que eu tenha chamado essas dicas de “passos”, não significa necessariamente que precisem ser feitas uma após a outra. Em alguns casos, você terá que realizar essas etapas em paralelo;
  3. Ao longo das próximas linhas você verá alguns exemplos reais que aconteceram aqui na HeroSpark. Não é porque determinada estratégia funcionou aqui, que também vai funcionar aí, ok?

 

Defina o tema do webinar

O primeiro passo é definir a persona do seu negócio – ou seja, saber quem é o público-alvo e ter em mente uma representação dele. A partir daí, você pode escolher o tema e horário do webinar. 

Quanto ao tema, algumas dicas:

  • Observe os interesses do público-alvo e veja quais assuntos geram engajamento;
  • Se atualize sobre as potenciais dúvidas e curiosidades sobre os seus serviços;
  • Use planejadores de palavras-chave para entender quais são os temas quentes dentro do seu nicho.

 

Escolha o melhor dia e horário 

Depende muito de cada nicho e do tema do webinar, mas as dicas gerais são as seguintes: 

  • Segunda e sexta-feira costumam ser ruins porque as pessoas ainda estão organizando a semana, ou já estão com a cabeça no fim de semana (o famoso #sextou).
  • Evite eventos pela manhã, já que muitas empresas marcam reuniões nesse horário, o que pode diminuir o alcance do vídeo.

O mais importante é que a data e hora estejam relacionados com o tema do webinar. Por exemplo, se for algum tema relacionado a trabalho, as pessoas assistem durante o expediente, mas se o assunto foge dessa esfera, elas preferem assistir em outros horários. 

Portanto, se for algum assunto profissional, o horário das 13h às 18h pode ser interessante. Quando for outro tema, 12h ou 19h podem ser usados.

Além disso, vale analisar mais a fundo a intenção do webinar. Por exemplo, se for uma transmissão ao vivo para vender um produto, pode ser mais interessante fazer no início do mês, quando as pessoas tendem a ter mais dinheiro. 

 

Planeje o evento

Depois destas primeiras definições, é hora de colocar no papel como será o vídeo. A partir daí, você poderá criar o roteiro e avançar para os momentos decisivos.

É importante definir:

  • Qual será o tempo de duração; 
  • Qual será o formato e quem serão os convidados, se houver; 
  • Se haverá alguma oferta de produto ou outro tipo de chamada para ação ao final;
  • Quais serão os conteúdos de apoio para divulgação;
  • Como serão feitos os convites para convidados e para a audiência.

Não existem regras, ou algum tipo que seja melhor do que o outro. As escolhas dependem dos seus objetivos e interesses. 

Além desses tópicos, você também precisa criar previamente os materiais de apoio – campanhas de e-mail, landing pages, páginas de webinar no YouTube e por aí vai. 

 

Crie o roteiro

O roteiro conduz a conversa com os convidados ou com a audiência. Na verdade, é importante mesmo que você faça um monólogo. Ele distribui melhor o tempo das falas e entrega a mensagem com mais qualidade e objetividade. 

Existem vários tipos de roteiros disponíveis: você pode escrever um texto corrido, dividir o texto em colunas e blocos de acordo com o formato do webinar, ou apenas anotar os principais tópicos e improvisar a mensagem. 

A principal função do roteiro é direcionar o foco. Portanto, escreva tudo o que é importante falar para não esquecer de comentar nenhum tópico. 

Uma boa dica é deixar o roteiro aberto por trás das câmeras para poder ler ou dar uma olhadinha enquanto apresenta. Ou então deixe um papel na sua mesa e dê uma olhadinha de vez em quando.

Depois de criar o roteiro, você também pode transformá-lo em algum material de apoio, como apresentações em slides. 

 

Escolha uma plataforma

A plataforma é o lugar onde a transmissão será feita. De preferência, ela deve ser incorporada ao seu site. Assim, você consegue diminuir as distrações para a audiência. 

Sabe quando você está no YouTube e começa a navegar pelos relacionados antes mesmo de o vídeo que você está vendo terminar? Isso pode acontecer com o seu webinar. Você não quer que alguém saia do seu vídeo para ver um vídeo de banheira de Nutella, né?

Uma boa opção de como fazer isso é usar uma landing page para hospedar sua transmissão. 

Caso queira mais agilidade, pode correr o risco e hospedar o webinar em sites como YouTube, Twitch ou Instagram. 

 

Divulgue o evento

Observe em quais canais a sua persona está e crie ações em cada um deles. Por exemplo, aqui na HeroSpark, sabemos que o público responde bem às campanhas de e-mail marketing. Logo, quando queremos divulgar um webinar, esse é um dos nossos carros-chefes.

É importante nunca concentrar a divulgação em um único canal. No nosso caso, também fazemos campanhas em redes sociais, principalmente no Instagram e no YouTube. Experimente usar vídeos curtos, cards, imagens e outros meios desejados nas redes sociais para chamar o máximo de pessoas possíveis para assistir o evento.

Não se esqueça, também, de sempre direcionar essa divulgação para sua landing page, a fim de que a geração de leads se intensifique de forma bem prática para o espectador.

O uso de CTA (call to action) também pode ser usado e instruído para uso por parte dos outros participantes e convidados do webinar. Essa chamada visual ou textual deve instigar o público-alvo a compartilhar o convite nas redes, acessar a página de inscrição, clicar em um link para entender melhor sobre o assunto que será trabalhado ou outro meio do tipo.

O formato pode variar de acordo com a sua persona, mas é essencial que haja divulgação até os últimos instantes antes do webinar dar início.

 

Dicas práticas para o seu webinar

 Agora que você passou por todas as etapas anteriores, chegou o grande dia! Um pequeno checklist do que é necessário fazer antes, durante e depois:

Antes do evento

  • Prepare as apresentações e revise o roteiro;
  • Envie lembretes para os inscritos;
  • Atente-se à iluminação e principalmente à qualidade do microfone;
  • Siga o roteiro elaborado antes do webinar;
  • Tenha alguém para te ajudar e monitorar fatores externos, como comentários ou problemas no microfone.

Durante o evento

  • Inicie na hora marcada. Evite os atrasos ao máximo. Inclusive, chegue um pouco antes do horário marcado para ter tempo de testar tudo com calma;
  • Envie e-mails para os leads no dia do evento, pelo menos 1 hora antes de o webinar começar;
  • Interaja com os participantes. Promova questionamentos e interações via chat ao longo do evento;
  • Separe alguns minutos do webinar apenas para responder às mensagens do chat;
  • Agradeça aos participantes pela atenção e relembre informações importantes;
  • Aproveite para divulgar suas redes sociais, serviços, produtos, ou qualquer outra informação útil. Uma boa dica é fazer ao início e ao final. 

Depois do evento

  • Envie para todos os seus inscritos. Assim, quem não pôde assistir ao vivo também consegue acompanhar o seu conteúdo; 
  • Faça pesquisas com a audiência para entender o que funcionou e o que ainda pode melhorar;
  • Transforme seu webinar em outros conteúdos, como posts de blog, podcasts, infográficos, apresentação de slides, posts de redes sociais, entre outros. 

 

Ferramenta completa para seu webinar

Se você leu até aqui, percebeu que criar um evento assim dá trabalho: precisa criar landing page, desenvolver fluxos de e-mail, escolher uma plataforma…

Mas, lembra daquele presente que eu falei lá no começo do artigo? 

A HeroSpark é uma ferramenta capaz de fazer tudo isso em um único lugar! E, acima de tudo, o usuário consegue fazer todas essas atividades sem a necessidade contratar programadores, designers ou uma agência de marketing.

Além do mais, é possível obter métricas e indicadores de resultado ao final dos processos. Esses dados possibilitam observar a melhor forma de melhorar seus resultados e trabalhar ainda mais o potencial de seu conteúdo.

“Nossa, mas deve demorar uma eternidade para fazer tudo isso…”

Por meio da HeroSpark você cria landing pages, e-mails e fluxos em menos de 20 minutos. Ainda está com alguma dúvida? Então assiste este vídeo aqui:

“Isso está bom demais para ser verdade, deve custar uma fortuna…”

 Errou de novo, caro leitor! A HeroSpark possui uma versão completamente gratuita, 100% de graça, na faixa, 0800, grátis. É verdade! Basta clicar neste link e se registrar para ajudar seu negócio digital a crescer! 

E aí, você já está pronto para criar um webinar de sucesso? Comece agora!

1 Comentário

  1. […] em um horário aleatório — enquanto você pode fazer isso sentado em sua casa fazendo um webinar ou uma live pelo Instagram. São diferenciais como esses que fazem o marketing digital conferir […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *