Não é nenhuma novidade que os vídeos são uns dos formatos mais consumidos na internet. Só no YouTube, segunda maior rede social, são mais de 2 bilhões de usuários que consomem conteúdos com os mais diversos objetivos: desde tutoriais até memes.

Por isso, essa rede social tornou-se parte fundamental da estratégia de quem deseja investir no meio digital. Afinal, com um potencial desses, é natural que as pessoas busquem usá-la para crescer, seja com um negócio digital ou como produtor de conteúdo.

Então, se você quer saber como crescer no YouTube e atrair engajamento orgânico, continue a leitura. Trouxemos 10 dicas que podem ser aplicadas sem grandes recursos. Vamos lá?

1. Defina seu público

Você com certeza já ouviu a frase “Quem fala com todo mundo, não fala com ninguém”, certo? E no YouTube não é diferente! 

Portanto, com a sua temática em mente, definir quem serão as pessoas impactadas pelo seu conteúdo é o primeiro passo para a sua evolução na plataforma. 

Isso quer dizer que entender que tipo de pessoa consumirá o seu material ajuda a nortear seus vídeos e a escolher assuntos que mais têm afinidade com o seu público. Afinal, do que adianta investir tempo e energia sem saber ao certo quem irá visualizar seus vídeos?

 

2. Defina uma frequência de postagem

Assim como as outras redes sociais, o YouTube também possui um algoritmo que leva em consideração a sua frequência de postagem. 

Por isso, é importante definir uma frequência de publicação, desde que ela seja possível para você, dentro da sua realidade. 

Só é possível postar uma vez por semana? Tudo bem! O que importa é ter consistência, manter uma frequência saudável para você e alinhada com o algoritmo da plataforma. 

Portanto, evite deixar que a empolgação tome conta no início para não perder o ritmo e prejudicar a performance do canal.

 

3. Crie títulos atraentes 

O título pode ser determinante para que o vídeo seja visualizado ou não, principalmente se você usa o YouTube para responder perguntas. 

Nesse sentido, conhecendo o seu público (como citamos na primeira dica), você entende quais são suas dores e o que as pessoas estão buscando para solucioná-las. 

Portanto, use o título para responder o que seus usuários estão perguntando. Pense como ele para entender como determinado conteúdo será buscado na plataforma e de que forma isso pode ajudá-lo a resolver a sua questão.

 

4. Coloque descrições nos vídeos

A descrição dos vídeos é uma parte muito importante do processo de como crescer no YouTube. É lá que você coloca informações sobre o conteúdo e divulga suas redes sociais. 

Se você quiser ir além, invista em SEO para ser encontrado a partir de palavras-chave e entregar seu vídeo para mais pessoas. É um conhecimento importante para quem deseja um crescimento a longo prazo e um bom engajamento orgânico.

 

 

5. Aposte em boas miniaturas

Sabe quando você está navegando entre vídeos e, de repente, visualiza uma thumbnail com uma chamada interessante? Esse é o poder de boas miniaturas! Por isso, uma das dicas de como fazer seu canal no YouTube crescer envolve também a criatividade.

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

Para atrair o olhar do usuário entre tantas opções disponíveis na plataforma, as thumbnails são ótimas aliadas. Portanto, aposte em uma identidade visual para o seu canal para diferenciá-las e chamadas que atiçam a curiosidade do usuário.

 

6. Divulgue seu conteúdo

Com tantas pessoas produzindo conteúdo no YouTube, não dá para esperar que as pessoas te encontrem apenas acessando a plataforma. 

Por isso, aproveite o potencial de outras redes sociais para divulgar o seu canal e faça uma estratégia considerando cada uma delas. 

O “boca a boca” também é um ótimo recurso – e gratuito! – para que mais pessoas acessem seu conteúdo. Não tenha vergonha e divulgue para familiares, amigos e conhecidos. Quanto mais pessoas conhecerem o seu canal, melhor!

 

7. Acompanhe suas métricas 

Uma das dicas mais importantes de como crescer no YouTube é, sem dúvidas, estar de olho nos números do seu canal. As métricas poderão responder se você está entregando seu conteúdo para o público certo, bem como se ele está gostando ou não dos seus vídeos.

Existem mais dados além das visualizações e número de inscritos que podem ajudá-lo a crescer na plataforma, como tempo de exibição, duração média e, até mesmo, gênero, idade e país da sua audiência. 

Por isso, aproveite as informações para melhorar a sua estratégia.

 

8. Interaja com o público

A interação é tão importante quanto olhar os números. Afinal, não tem como falar de como crescer no YouTube sem falar de interações. 

Enquanto as métricas podem trazer dados quantitativos sobre o seu desempenho, os comentários trazem uma análise qualitativa do seu conteúdo. 

A interação é fundamental para aproximar-se do seu público e garantir que eles voltem ao seu canal quando você postar um vídeo novo. Também é uma ótima forma de colher feedbacks e, até mesmo, ideias para seus vídeos com assuntos de interesse da audiência.

 

9. Crie playlists de vídeos relacionados

Com certeza você já terminou um vídeo e mal percebeu quando pulou para o próximo, não é verdade? Essa é uma das grandes vantagens das playlists no YouTube: a reprodução automática.

Mas, para isso, é essencial ter uma playlist de conteúdos relacionados, que se complementam entre si. Assim, ao entrar nela, o usuário pode continuar a assistir e dar mais visualizações em apenas um clique. 

E aqui vai a dica: com vídeos de assuntos em comum, fica mais fácil manter o usuário consumindo o seu conteúdo e levá-lo com mais frequência para o seu canal.

 

10. Atenção para a qualidade da gravação 

Pessoas que estão começando a produzir conteúdos em vídeo se perguntam “Como fazer o meu canal no YouTube crescer sem materiais profissionais?”. A resposta para essa pergunta pode ser mais simples do que parece. 

Você não precisa de uma câmera que filma em 4k ou um microfone de alta qualidade para fazer o seu seu canal crescer. Alguns cuidados como iluminação adequada, local silencioso e um ambiente com cenário legal (ou neutro, como preferir) já podem ajudá-lo com isso. 

Portanto, não espere ter equipamentos de alta tecnologia para começar a sua produção. Afinal, nem sempre temos tudo o que precisamos para fazer acontecer, mas isso não pode nos impedir de dar o primeiro passo, certo? 

Agora que você já tem algumas dicas de como fazer seu canal no YouTube crescer, aproveite para adaptar o seu cenário de um jeito que cabe no seu bolso, sem pesar no seu orçamento.

Para isso, aprenda como montar um estúdio de gravação acessível, com os recursos que você tem em mãos através do material completo de e-book e masterclass produzido pela HeroSpark. Baixe agora gratuitamente!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.