O Youtube é uma das grandes plataformas de mídias digitais atualmente, contando com bilhões de visualizações diárias nos vídeos publicados no site. 

Com números tão expressivos, é impossível ignorar a plataforma dentro de sua estratégia de marketing digital. Mas é natural não saber por onde começar. 

Então, fique com a gente e veja ideias de vídeos para o Youtube que você pode gravar para seu canal!

Um gigante em números 

O YouTube é o segundo site mais visitado do mundo, ficando atrás apenas do Google. Presente em 100 países, a plataforma suporta 80 idiomas e recebe mais de 2 milhões de usuários ativos mensalmente, segundo dados de 2020 do YouTube.  

Com público entre 24 e 44 anos, a maioria dos usuários da plataforma são homens, totalizando cerca de 62%. 

Os mesmos dados do YouTube apontam que mais de 500 horas de vídeo são carregadas por minuto e mais de 1 bilhão de horas de vídeos são visualizados por dia.

Ao contrário de outras plataformas, o YouTube oferece suporte aos seus influenciadores, conhecidos como youtubers. 

Para se ter uma ideia, o youtuber com maior número de inscritos da plataforma, PiewDiePie, superando 100 milhões de inscritos, chegou a ter uma parceria de coprodução de vídeos com o YouTube até 2017. 

Além disso, o youtuber que ganhou mais dinheiro em 2021 na plataforma se chama Mister Beast. Ele faturou cerca de 293 milhões de reais só no ano passado com vídeos sobre temas diversos, envolvendo vlog, desafios e outros conteúdos.

Dada tamanha notoriedade da rede social, o YouTube é uma plataforma essencial para as marcas alcançarem seu público-alvo. Segundo levantamento da Zeeng, as marcas que tiveram mais visualizações em 2021 foram:

  • Bradesco;
  • Mercado Livre;
  • Natura;
  • O Boticário;
  • Samsung;
  • Lojas Renner;
  • Havan;
  • Apple;
  • Avon;
  • Santander.

O canal do Bradesco, inclusive, alcançou 400 milhões de visualizações em apenas cinco meses. 

Agora, as marcas que tiveram mais interações foram:

  • Netflix;
  • HBO;
  • Leadofleagues;
  • Apple;
  • Havan;
  • BTG Pactual;
  • Bradesco.

Essas marcas conseguiram se destacar no mercado e conquistar uma audiência fiel. Logo, você pode visitar seus canais para se inspirar, pois elas são uma ótima referência de sucesso na plataforma.

 

Por que buscar ideias para vídeos criativos?

Com os dados que citamos acima, é possível ter uma ideia de como as visualizações são concorridas, já que existe um mar de conteúdo publicado na plataforma. 

Então, produzir um material criativo, original e que converse com seu público é crucial para atrair visualizações para seu vídeo.

Quando o internauta procura um tópico no Youtube, recebe vários conteúdos e, por isso, transitar entre eles é muito fácil. Portanto, quando um conteúdo não cativa o espectador, ele pula para qualquer outro vídeo imediatamente.

Também é necessário ressaltar a necessidade de diversificar os vídeos do canal. Não é porque o seu canal no Youtube tem um tópico definido, como culinária, por exemplo, que todos os vídeos precisam seguir o mesmo roteiro, apenas receitas ou dicas de ingredientes. 

Mais interessante seria focar em tipos de vídeo e conteúdo distintos para cativar um público maior. Por isso, preste atenção nas nossas dicas! 

 

10 ideias de vídeos para o Youtube

Existe uma série de tipos de conteúdo e tipos de vídeos que podem ser publicados no Youtube e que possuem boas respostas de audiência na plataforma. Dentre elas, podemos citar as seguintes ideias para vídeos no Youtube:

 

1. Vlogs

Este é um tipo de vídeo que é bastante popular no Youtube, em especial com os influenciadores digitais. O foco do vlog está na frequência de postagens dos vídeos, geralmente uma ou duas vezes na semana. Ainda existem os daily vlogs, que são postados diariamente.

O termo vlog vem da junção de vídeo com blog, outro termo já conhecido dos internautas. A ideia é a de realmente ser um videoblog. Ao invés de se usarem palavras, como em um blog tradicional, para falar sobre um tema usa-se o audiovisual.

Os vlogs podem tratar dos mais diversos assuntos, desde maquiagem até culinária. Esses tipos de vídeo costumam ter uma resposta muito boa no Youtube, basta observar quantos vídeos são marcados como vlogs na plataforma. Pois a frequência de postagens, estimula os inscritos a acompanharem o canal.

As dicas para quem deseja investir nos vlogs são:

  • Preze pela qualidade dos vídeos, alta resolução e qualidade de áudio;
  • Escreva um roteiro antes de gravar;
  • É interessante ter conhecimentos básicos em edição de vídeo;
  • Preze pela frequência, determine datas de publicação (toda sexta ou todas segundas e quartas);
  • Crie conteúdos relevantes e interessantes;
  • Evite criar  títulos que não condizem com o conteúdo do vídeo.

 

2. Lives

As lives foram as estrelas da pandemia, com vários artistas e eventos transmitindo ao vivo suas apresentações pelo Youtube. Mas essa funcionalidade já é bem antiga e conhecida dos usuários assíduos do site. 

A primeira live na plataforma foi realizada em 2008, como um teste. Atualmente qualquer usuário pode fazer transmissões ao vivo. 

As lives são um tipo de conteúdo em que é possível manter um contato mais próximo com o seu público, isso os estimula a interagir mais com seu conteúdo do que em outras modalidades.

O Youtube, por sua vez, é uma plataforma bastante completa para fazer lives. Ao contrário de outras que limitam o tempo das transmissões, por exemplo. 

No Youtube as transmissões podem ter duração ilimitada. Além do que as métricas oferecidas pelo site são mais detalhadas que as de outros sites que permitem a realização de lives.

As dicas para quem vai fazer esse tipo de conteúdo são:

  • Escolher bem o ambiente que irá gravar, evitando interrupções no meio da transmissão;
  • Tenha um roteiro do que vai ser dito na transmissão, mas saber improvisar também é interessante;
  • Divulgue a live com antecedência;
  • Deixe claro sobre o que se trata a live e crie um título para ela;
  • Interaja com quem assiste, responda perguntas ou leia comentários pertinentes;
  • Preste atenção no horário, lives muito longas podem se tornar maçantes;
  • Faça um CTA, pois pode ser o caso de pessoas terem seu primeiro contato com sua marca através da live, então as convide para continuar interagindo com você.

 

3. DIY – Do It Yourself

Esse é outro tipo de vídeo que faz bastante sucesso no Youtube. Apesar do nome complicado vindo do inglês, a ideia é bem simples: “faça você mesmo”.

Como já é de se esperar pela tradução, esses vídeos consistem em tutoriais de como fazer coisas úteis e baratas, que geralmente você compraria já feitas. 

Os vídeos Do It Yourself são ótimos para gerar engajamento com o público. Quem assiste os vídeos provavelmente irá tentar fazer a dica em casa e, se funcionar,  sentirá vontade de continuar assistindo. 

E o melhor é que os vídeos DIY podem ser utilizados por canais dos mais variados tópicos, desde moda até construção civil.

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

A ideia de aprender a fazer ou construir algo por conta própria é bastante atrativa. Portanto, não é de se espantar que exista tantos canais no Youtube voltados para esse tipo de conteúdo, basta fazer uma busca rápida na plataforma para ver.

As dicas para fazer um vídeo Do It Yourself de qualidade são:

  • Seja claro nas orientações do vídeo;
  • Mostre todos os processos de construção;
  • E o mais importante: mostre o resultado;
  • Uma dica legal é chamar quem assistiu a compartilhar o resultado das tentativas deles.

 

 4. Perguntas e Respostas

Os vídeos de perguntas e respostas, também conhecidos pela sigla em inglês Q&A, são uma ótima opção para aumentar o engajamento com sua audiência. A ideia do vídeo consiste em responder perguntas realizadas previamente por seus inscritos.

Normalmente, as perguntas são colhidas na seção de comentários do próprio Youtube ou em outras redes sociais. Essa interligação entre redes pode ser muito útil para trazer o público que conhece seu conteúdo apenas pelo Youtube para te acompanhar em outras plataformas.

As dicas para este criar vídeos desse tipo são:

  • Escolha bem as perguntas, foque em perguntas que realmente sejam interessantes;
  • Aproveite a oportunidade de interligar os seus públicos nas redes sociais com o do Youtube, faça um CTA para que os inscritos te sigam nas redes e façam suas perguntas por lá.

 

5. TAGs

As Tags vem ganhando cada vez mais força no Youtube. As tags são vídeos que seguem uma temática definida como “50 fatos sobre mim”, por exemplo, e que geralmente se tornam virais, já que acaba se tornando divertido regravar as tags.

A maior vantagem desse tipo de conteúdo é justamente o potencial de viralização. Se uma tag está em alta, significa que muita gente deseja ver aquele tipo de conteúdo. Outra vantagem é a de que o modelo do vídeo já está pronto para ser replicado em seu canal.

As dicas para este criar vídeos desse tipo são: 

  • Observe as tags que estão em alta e analise os canais que você já é inscrito
  • Simplesmente replicar o modelo da tag não é bacana, aproveito o conteúdo para agregar algo da sua identidade nele.

 

6. Entrevistas

Apesar de já ser um tipo de vídeo bastante conhecido das mídias tradicionais e digitais, muita gente não dá a devida atenção para esse tipo de conteúdo. Entrevistar alguém pode chamar muito a atenção do público, principalmente se o entrevistador souber guiar a entrevista.

Uma dica é focar num modelo de entrevista que tem feito muito sucesso ultimamente, as entrevistas “bate-papo”. Esses tipos de entrevistas se parecem mais com uma conversa descontraída e deixam o entrevistado muito mais confortável.

As dicas para uma boa entrevista são:

  • Seja sempre respeitoso com o entrevistado;
  • Tenha perguntas pré-formuladas, mas saiba manter uma conversa natural;
  • Saiba o que o seu público deseja saber sobre o entrevistado.

 

 7. Reacts

Os reacts consistem em vídeos nos quais o produtor reage a outros vídeos, ou seja, são vídeos de reação. Além de ser um tipo de conteúdo que faz sucesso no YouTube, essa ideia é ótima para atrair mais inscritos para o canal. 

Isso porque, se você optar por reagir ao vídeo de qualquer outro influenciador ou alguma celebridade, por exemplo, poderá aumentar o seu alcance e atrair um público que se interessa pelo seu canal. 

No entanto, é importante que os vídeos de reação estejam alinhados ao tema do seu canal, uma vez que se você reagir a algum conteúdo fora do assunto que costuma abordar, irá atrair público irrelevante para o seu canal. 

Sendo assim, é preciso fazer uma boa seleção de vídeos para reagir e escolher aqueles que fazem sentido, bem como os que estão em alta no momento.  Uma dica é perguntar para a sua audiência e até mesmo consultar os trending topics do Twitter.

Além disso, fique atento aos direitos de uso do vídeo. Se você usar um vídeo com direitos restritos, seu canal corre o risco de ser derrubado pelo Youtube.

 

8. Shorts

O YouTube conta com uma ferramenta semelhante ao Reels do Instagram e aos clipes no TikTok: o YouTube Shorts. Criada em 2020, a ferramenta tem como finalidade se adaptar à nova tendência de vídeos mais curtos e competir com as outras redes sociais. 

Essa função é uma ótima forma de produzir conteúdo para a sua marca. Afinal, com o Shorts, você pode gravar uma série de conteúdos, como:

  • Antes e depois;
  • Passo a passo;
  • Memes;
  • Dicas;
  • Time lapses (vídeo acelerados);
  • E assim por diante.

 

9. Listas

As pessoas são apaixonadas por listas. Por isso mesmo, elas precisam estar no seu planejamento de conteúdo para YouTube.

Nesse sentido, você precisa despertar a curiosidade dos usuários para que eles cliquem no vídeo. Uma dica é inserir números em cada item e usar um título bem persuasivo. 

Assim, você pode criar vídeos com listas sobre assuntos que envolvem a sua área, listas de produtos e serviços que você oferece, entre outras possibilidades. 

Esse tipo de conteúdo é ótimo para diminuir as taxas de abandono de vídeos do seu canal. 

 

10. Review

O review de produtos também é um tipo de vídeo muito popular no YouTube. Muitas pessoas preferem pesquisar sobre um determinado produto na plataforma, em vez de fazer isso na barra de pesquisa do Google. Isso porque o consumo de vídeo tem aumentado justamente pela praticidade

Dessa forma, você pode criar vídeos com review de produtos da sua marca ou dos seus parceiros. Essa é uma ótima forma de promover o seu produto sem precisar recorrer aos anúncios. 

 

Ficou sem ideias para vídeos criativos no Youtube? Veja os concorrentes!

As ideias citadas acima são apenas algumas no universo de várias ideias para vídeos criativos e que possam atrair seu público, mas existem muitas outras. Caso já tenha utilizado todas elas ou esteja sem ideias para gravar, a dica é observar os canais concorrentes. 

O que canais do Youtube similares ao seu estão fazendo? Eles estão tendo resultado? Com essas duas perguntas você já será capaz de listar algumas ideias de vídeos para gravar.

No entanto, lembre sempre de deixar os modelos de vídeos utilizados com a sua identidade, pois simplesmente colar a ideia do outro pode não ser a melhor escolha. 

Sabendo o que a concorrência está fazendo, você sempre terá ideias de vídeos para o Youtube.

Não faltam ideias para criar vídeos de sucesso no YouTube, não é verdade? E como você pode criar seus primeiros vídeos agora mesmo.

Porém, antes de começar a gravar, é essencial que você tenha um estúdio de gravação. 

Pensando nisso, nós temos um e-book completo no qual você aprenderá a montar um estúdio de gravação de acordo com seu orçamento. Faça o download gratuito!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.