Marketing digital fácil: como vender cursos online?

Marketing digital fácil: como vender cursos online?

Saber como vender cursos online é um desafio! Afinal, o custo por leads está cada vez mais alto em campanhas de tráfego pago e a concorrência cada vez mais acirrada. Além disso, a maioria dos infoprodutores não sabe como diferenciar seu conteúdo em meio à multidão.

Segundo Ju Feitosa, designer de experiências de aprendizado, o mercado vive um grande marasmo, como se vários cursos fossem um “control c control v” de outros materiais já disponíveis na internet.

Será que os seus conteúdos são assim? Leia este post até o final para descobrir e aprender como corrigir esse grave problema! Para descobrir em detalhes, assista ao HeroCast com a Ju Feitosa pelo Spotify ou YouTube da HeroSpark

Quais são as vantagens de vender cursos online? 

Não é novidade para ninguém que os cursos online estão em alta, não é mesmo? Afinal, eles são práticos, apresentam flexibilidade de horário e ainda contribuem para o enriquecimento do currículo do aluno. 

Portanto, a principal vantagem em criar um curso online e comercializá-lo é justamente poder atender a essa grande demanda do mercado e, assim, garantir uma boa renda no fim do mês.

Mas, além disso, outro grande benefício de vender cursos online é a possibilidade de escalar os negócios, já que não há limite no número de pessoas que podem ser impactadas com o seu conteúdo.

Pela mesma razão, você não precisa ter dedicação exclusiva aos alunos, uma vez que eles podem assistir às aulas independente da sua presença.

Como vender cursos online: 6 ferramentas para usar

Tudo se complementa nessa parte: propaganda, marketing e qualidade. Com esses três pilares dialogando constantemente, a venda acontece.

Mas, para isso, é necessário utilizar algumas plataformas que permitam a realização desses três pontos e, consequentemente, a concretização da venda do seu curso online. 

Portanto, veja a seguir algumas delas e aprenda como utilizá-las!

1. YouTube

O YouTube é o segundo site mais visitado do mundo, ficando atrás apenas do Google. Além disso, vale dizer que os vídeos costumam viralizar bem rápido pelas redes. Logo, vale muito a pena investir no YouTube para saber como vender cursos online. 

Nesse sentido, elabore vídeos promocionais, lives e aulas grátis para gerar curiosidade nos alunos em potencial. Essas são boas estratégias para divulgar seu infoproduto nessa plataforma e transformar leads em clientes. 

2. Links patrocinados

Você também pode utilizar o Google e o Facebook Ads para potencializar os seus resultados de marketing e vendas rapidamente. 

Para quem não sabe, essas são estratégias de tráfego pago, que requerem algum investimento. No entanto, apresentam bons resultados a curto prazo. 

Assim, os links patrocinados são ideais para ajudar potenciais clientes dentro do seu segmento de mercado a encontrarem o seu curso, e não o do concorrente.

3. Instagram

Com o  Instagram, você tem a oportunidade de criar bons conteúdos para os seus seguidores e compartilhar informações de relevância sobre o seu curso. 

Isso quer dizer que suas postagens podem:

  • Mostrar o porquê seu curso será relevante na vida profissional e/ou pessoal do usuário;
  • Apresentar casos de ex-alunos que estão em um ótimo emprego ou que conseguiram algum outro reconhecimento protagonizado pelo curso que fizeram;
  • Entre outras boas estratégias. 

Vale dizer que, com as novas ferramentas dessa rede social, ficou ainda mais fácil a produção de conteúdos divertidos e de alta qualidade. Assim, você pode produzir reels, posts estáticos e stories para a interação diária com seus seguidores.

Além disso, busque organizar destaques com algumas dúvidas, conteúdos, bastidores e professores do curso que pretende vender, por exemplo.

4. WhatsApp Business

A nova atualização do WhatsApp facilita sua comunicação com cada aluno. 

Afinal, por meio dessa rede, é possível criar mensagens programadas que respondam às principais dúvidas dos seus alunos ou possíveis alunos. Essa é uma forma, inclusive, de não deixá-los esperando muito tempo até que você possa entrar no WhatsApp. 

Além disso, você pode criar grupos para tirar dúvidas ou oferecer conteúdo exclusivo e, assim, despertar uma sensação de pertencimento a uma comunidade

5. E-mail marketing

Com estratégias de envio de e-mail marketing, você pode utilizar mensagens segmentadas para manter a relação com seus alunos aquecida. 

Inclusive, essa estratégia vai conquistar o seu público-alvo e fazer com que o interesse pelo seu curso seja despertado. 

Vale dizer que, para realizar o disparo automático e segmentado de e-mails, é necessário contar com uma ferramenta que realize esse processo, como a HeroSpark. 

6. Página web própria

Um dos diferenciais que dão uma boa aparência à marca na hora de saber como vender cursos online é a criação de uma página web própria, seja ela um site ou uma landing page. Nela, você pode:

  • Reunir as principais dúvidas dos alunos e respondê-las;
  • Divulgar as próprias redes sociais do seu curso;
  • Explicar valores;
  • Conquistar seu público com um design atrativo, etc. 

Na construção de uma página web, é preciso ser bastante crítico e buscar entender a fundo quais são os problemas e anseios do seu público em potencial. Para isso, construa uma persona, pesquise sobre seu público e sobre quais soluções você pode entregar.

Como vender cursos online: 5 dicas para criar sua página de vendas

Você já deve imaginar que é essencial ter uma boa página de vendas, não é mesmo? Afinal, é por meio dela que seus clientes realizarão a compra do seu curso online. 

Portanto, confira algumas dicas para fazer com que o aluno avance na jornada de compras dentro da sua página de vendas!

1. Crie uma página segura

É essencial investir na segurança da sua página para que nenhum dado de seus clientes fique comprometido e para que você não sofra ataques online de hackers. 

Nesse sentido, para que você não precise cuidar desse trâmite, o ideal é já encontrar uma plataforma segura e intuitiva para a criação da sua página de vendas.

Nesse sentido, ao criar sua página em plataformas como a da HeroSpark, por exemplo, você automaticamente tem acesso a um checkout seguro e integrado. Assim, o seu cliente realiza o pagamento dentro da própria página e tem todos os seus dados preservados. . 

2. Tenha um design responsivo

Como grande parte das pessoas acessa a internet por smartphones, tablets ou outros dispositivos móveis, certifique-se de que sua página de vendas tenha uma versão mobile apropriada e de fácil manuseio.

Afinal, não adianta nada você ter um cliente interessado em seu curso online e, na hora de realizar a compra, ele desistir porque não consegue fazê-la por meio do celular, certo? 

3. Construa uma FAQ

Outro ponto interessante é colocar uma FAQ em sua página de vendas. Para quem não sabe, a FAQ é um mecanismo de autoatendimento que responde às possíveis dúvidas que o seu cliente possa ter.

Assim, bons exemplos de respostas em FAQ são:

  • Preço; 
  • Formas de pagamento; 
  • O que seu curso online oferece; 
  • Quais necessidades do cliente serão satisfeitas;
  • Se há garantia e, se tiver, quanto tempo a garantia cobre;
  • E demais informações que serão úteis para o seu negócio. 

No entanto, é preciso ter também um atendimento humanizado para as demandas que a FAQ não consiga atender, isto é, para perguntas muito específicas. 

Dessa forma, coloque um espaço na sua página de vendas para que o seu cliente te escreva dúvidas. Além disso, informe um prazo para que elas sejam respondidas, não passando de 24 horas. E, detalhe: faça o possível para responder antes do prazo terminar!

4. Invista em SEO

Não se esqueça também de investir em SEO – Search Engine Optimization. Esse é um conjunto de técnicas que alavanca a sua página nos resultados de busca.

Sabe quando você faz uma pesquisa no Google e aparecem várias páginas como resultado? Então, o SEO te ajuda a estar entre os primeiros resultados. 

Assim, entre essas técnicas estão o uso de palavras-chave, títulos e subtítulos atrativos e textos sucintos em vez de longos blocos de texto. Com isso, o mecanismo de busca reconhece que sua página tem qualidade e a coloca em destaque.

Desse modo, ficará mais fácil para o seu público-alvo encontrar o seu negócio e conhecer aquilo que você está oferecendo. 

5. Destaque feedbacks positivos

Mostre os feedbacks dos seus alunos a possíveis consumidores da sua marca. Para isso, selecione aqueles que são mais positivos ou que mais condizem com o seu curso online e coloque-os em sua página de vendas. 

Pode parecer besteira, mas isso ajuda muito os seus leads a tomarem a decisão de compra com mais segurança.

Como chamar a atenção para os meus cursos?

Essa é a principal dúvida de muitos empreendedores: como ser notado no meio de um oceano de conteúdo? A resposta passa por alguns fatores, como o marketing e as estratégias de divulgação, como já vimos anteriormente. 

No entanto, o ponto mais importante e que passa despercebido é a criação do curso. A maioria dos produtores usa métodos, modelos e experiências que já estão batidos no mercado e são facilmente copiáveis.

Você lembra de Tropa de Elite? Foi sucesso primeiro nos camelôs. Na época, o filme chegou à casa de milhões de brasileiros pelos DVDs piratas. E, ainda assim, arrecadou 14,1 milhões de dólares!

Isso aconteceu porque era um filme diferente de tudo o que existia no mercado. E as pessoas gostaram a ponto de quererem viver essa experiência na grande tela também. 

Seu curso online deve seguir esses mesmos princípios. Veja abaixo como fazer!

Como fazer meu curso online se diferenciar?

Para aprender como vender cursos online, você precisa se lembrar sempre deste tripé quando estiver planejando o conteúdo:

  1. Informação: é o conhecimento técnico do seu curso.
  2. Inspiração: o seu jeito de ensinar.
  3. Transformação: informação + inspiração + método de implementação.

A maioria dos infoprodutores se preocupa apenas com a informação. E é justamente ela que está disponível em qualquer produto dos concorrentes.

A inspiração e o modo de implementar são originais de cada infoprodutor. A estrutura do seu curso online precisa ressaltar essas características. 

O corte do HeroCast abaixo traz um exemplo prático de como isso faz diferença na hora de vender um curso online. 

Definir público-alvo ajuda a vender mais cursos online?

Segundo a especialista Ju Feitosa, definir bem seu público é crucial para vender mais. Quando você é muito abrangente na proposta de valor, tende a perder oportunidades de gerar conteúdo especializado e de alta conversão.

Assim, uma das dicas práticas dela para superar o cenário é não escalar antes de testar e ter a certeza de quem será o público. Dessa forma, fica mais fácil (e econômico) corrigir eventuais desvios de rota. 

Para ver estas e outras dicas em detalhes, assista ao episódio completo do HeroCast clicando na imagem abaixo:

E para hospedar, divulgar o seu curso online, utilize a HeroSpark! Essa plataforma é completa para os infoprodutores gerenciarem seus cursos online, com ferramentas de criação de landing pages e automação de e-mail marketing completamente gratuitas. 

Por isso, não perca tempo e realize o seu cadastro hoje mesmo na plataforma da Hero!

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
4 comments
  1. Olá,
    Por favor, informe os custos envolvidos para esta plataforma.
    Spark funnels faz parte do pacote para lançamento de curso on-line? Se a resposta for negativa, por favor envie os custos individualizados.

    Agradecemos antecipadamente e aguardamos orientações.

    Marcelo Cavalcanti

    1. Olá , que bom que o artigo gerou valor. Continue acompanhando o blog da HeroSpark, ainda vai ter muito mais conteúdo do mesmo nível. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *