Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade !

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Curso de inglês online: como criar um negócio online de sucesso?

curso de inglês

Hoje sabemos que possuir o inglês como um segundo ou terceiro idioma já não é mais um diferencial. Apesar disso, uma parcela muito pequena da população tem conhecimento de inglês e um grupo ainda menor é fluente no idioma. Logo, quem deseja abrir um curso de inglês, como negócio, tem um grande mercado para explorar.

O inglês no Brasil não era acessível a maioria da população, tanto financeiramente quanto em relação a locais disponíveis para estudar. A realidade ao longo dos anos, no entanto, mudou bastante e atualmente existem escolas de idioma com preços mais populares e uma quantidade muito maior de unidades espalhadas pelo país. 

Existe ainda o cenário de cursos online de inglês. Por isso, neste artigo, vamos falar sobre esse mercado para você que quer empreender digitalmente tendo o seu próprio curso e contribuir com o ensino online de idiomas.

Antes de começarmos o artigo, propriamente dito, vai um dado para te animar: segundo pesquisas, menos de 6% da população brasileira sabe inglês. Teoricamente, o seu negócio terá um público de quase 200 milhões de possíveis consumidores.

Boa leitura!

O cenário de cursos de inglês no Brasil

Com a disseminação do ensino online na última década, as escolas de inglês online se tornaram mais conhecidas, apesar de existirem no Brasil desde 2001. De lá até, mais ou menos 2010, o acesso a internet ainda era restrito a algumas regiões, dificultando a difusão da modalidade online. Por este motivo também as escolas online não tinham a divulgação necessária.

Sabemos que nos últimos 10 anos as redes sociais estão extremamente presentes no dia a dia da sociedade e que o crescimento do digital contribuiu muito para isso. Junto com esse avanço, vieram problemas, tais como o Instagram se tornando, ao mesmo, fonte de conhecimento e também uma distração. 

Com isso, algumas pessoas, mesmo com a rotina corrida, preferem o ensino presencial para manter o foco. Mesmo assim, devido ao cansaço e outros fatores, acaba ficando difícil conciliar tudo na rotina junto com o aprendizado de um outro idioma. 

Então, dentro desses cenários, o que você precisa fazer é tornar o seu curso de inglês online mais atrativo que os presenciais e de forma que também engaje esse aluno e prenda a atenção. 

Quer saber como e entender melhor sobre esse mercado? Tem interesse em ter o seu próprio curso de inglês online? Então acompanhe as dicas a seguir e assim você terá mais chances de criar o seu negócio digital de sucesso!

Por que um curso de inglês online?

Bem, se você chegou até este artigo, existe uma grande chance de você está pensando em dar aulas de inglês online. Os três principais motivos para isso são: 

  • você tem conhecimento do idioma, mas dar aulas particulares presencialmente é um pouco complicado na sua rotina;
  • precisa de uma renda extra e de uma forma mais prática de viabilizar isso;
  • quer unir o útil ao agradável: compartilhar um conhecimento que você tem e transformar isso no seu próprio negócio;
  • monetizar seu conhecimento.

Muitas pessoas vem buscando soluções alternativas a sua principal fonte de renda para melhorar a vida financeira. A que mais vem crescendo é investir no empreendedorismo digital. Dentro ainda desse universo, uma vertente que está em alta são os cursos online. 

Geralmente vender cursos é uma boa saída para crises financeiras e, principalmente, para quem busca formas de como ganhar dinheiro na internet, pois você presta um serviço em troca de dinheiro oferecendo seu conhecimento. Você já possui o conhecimento necessário, o investimento inicial é baixo, então, por que não?

Não é de hoje que pessoas fazem isso. Você já deve ter visto uma plaquinha em alguma casa do seu bairro ou cidade escrito “explicadora”, “explica-se química e física”, “aulas particulares de inglês”, ou algo assim. Há alguns anos, isso só era possível presencialmente e em pequena escala.

Mas na realidade atual, com a possibilidade de oferecer esse tipo de serviço online e para um número muito maior de pessoas, investir nesse tipo de negócio é bastante atrativo. 

No modelo presencial tradicional, você precisar arcar com gastos de espaço físico, infraestrutura, materiais para lecionar, deslocamento, além de precisar organizar seus horários. Já no modelo online você consegue economizar recursos: tanto tempo, quanto dinheiro. Além disso, o modelo online é altamente escalável.

Impactando vidas

Vamos falar agora de um outro cenário que pode ser a sua motivação.

Com o grande alcance de um negócio digital, compartilhar seus conhecimentos com um curso online de inglês pode mudar a realidade de muitas pessoas. 

Aprofundando mais sobre o cenário do inglês no Brasil, sabemos que a maioria da população não tem conhecimento do idioma. Conforme dito anteriormente, menos de 6% da população. Os motivos são diversos: falta de oportunidade, de condições financeiras para estudar, por morar em um local muito remoto, entre outros. 

Não conseguimos imaginar quantas pessoas no Brasil desejam aprender inglês, mas apesar disso, é possível ajudar muitas a tornar isso realidade através de um curso online com empreendedorismo digital. 

Imagine que, graças a você e ao seu curso, uma pessoa aprendeu inglês, conseguiu um emprego melhor e mudou de vida. Legal, né? Agora imagine que um grande grupo foi impactado por você e também foi beneficiado. Melhor ainda, certo?

Não precisa ficar apenas na imaginação. Você está a um passo mais próximo de fazer isso acontecer. E a HeroSpark pode ser a sua companheira nessa jornada!

A seguir você verá dicas para te ajudar nesse projeto:

Material que engaje o aluno

Como falamos anteriormente, o segredo é manter o aluno engajado. Porém, não há uma regra que diga de que forma você pode fazer isso. Vai depender do seu público e do comportamento de estudo deles. Independente disso, é importante que você fuja do tradicional “apostila + exercícios”. 

Por mais que seja o combo básico de teoria + prática, não existe nenhum diferencial oferecer apenas esses conteúdos, ainda mais quando estamos falando de um curso online. Não é o tipo de material que irá manter o aluno motivado por todo o curso. 

Na versão online, o mínimo que se deve pensar são em videoaulas + exercícios. E, dentro disso, pensar em aulas que prendam a atenção do aluno. Não apenas em termos de conteúdo, mas também de formato de aula. Por exemplo: uma videoaula gravada em um fundo branco com apenas o professor falando pode ser monótono demais.

Aposte em imagens e recursos visuais

Usar imagens pode ser uma ótima ferramenta, não somente para engajar, mas também ajuda muito na aprendizagem do idioma. Aliar os dois benefícios ao planejamento da sua aula será muito importante. 

A partir dessas afirmações, vamos falar primeiramente sobre como recursos visuais são interessantes em videoaulas. 

Além de ilustrar e exemplificar bem o que se quer passar, boas imagens são atrativas e prendem a atenção de quem está assistindo. As cores e formas são estimulantes para o cérebro e ajudam a associar melhor aquele conteúdo. 

Ainda sobre “imagens” e “associação”, essa união é muito importante no aprendizado do inglês, pois assim o aluno consegue visualizar a mensagem que está sendo passada. Dessa forma ele consegue definir na sua memória o significado sem precisar, necessariamente, de uma tradução. Essa forma de pensar diretamente em inglês é a mais adequado. 

Para entender melhor, podemos pensar em uma cena sendo apresentada ao aluno e o professor a descrevendo em inglês. O aluno irá associar não somente os elementos, mas também o contexto como um todo, estimulando o pensamento no novo idioma. Assim não será necessário traduzir elemento por elemento e explicar o contexto em português. 

Não ofereça o básico e sim uma formação completa

Também pensando em um melhor aprendizado, é fundamental desenvolver todas as 4 habilidades do idioma, além da leitura e escuta. É preciso incluir a prática através da conversação e escrita para que o aluno desenvolva o que está aprendendo através das aulas. 

Outra questão importante é fornecer não somente a teoria, como também estimular a prática. Você pode realizar videochamadas com pequenos grupos para fazer conversação.

Outra ideia é assistir um filme ou uma série em inglês junto com seus alunos, através de sites e aplicativos que permitem fazer essa atividade simultaneamente. Após isso, você pode promover como atividade um debate sobre o que foi assistido para aperfeiçoar a fala em inglês dos seus alunos.  

Seguindo esse modelo de ensino, seu aluno realmente irá aprender o idioma e irá se diferenciar de outros alunos de escolas presenciais ou, até mesmo, dos seus concorrentes online. Com isso, seu curso terá o reconhecimento de que oferece um ensino realmente efetivo e pode atrair novos alunos através da indicação de quem aprendeu, de fato, com você. 

O seu negócio online de sucesso não deve somente ter uma estrutura boa e de destaque no mercado, mas também deve cumprir o seu propósito. Caso o seu seja apenas ensinar a ler e escrever, ou a ler e ouvir em inglês, por exemplo, e você entregar isso, está ótimo! Não estará perdendo a credibilidade com o seu aluno, mas também não estará oferecendo uma formação completa. 

Pense sobre o que você quer ensinar e como fará isso, observando os pontos que apresentamos e também as nossas dicas, sempre entendendo e focando no que se encaixa melhor em relação a necessidade do seu público-alvo. 

Como disponibilizar um curso de inglês?

Agora que já falamos ao que compete ao mercado de ensino de inglês, vamos falar sobre questões do ensino online para você iniciar o seu negócio digital. 

Para disponibilizar o seu curso, você deverá utilizar alguma plataforma. Seja ela gratuita, como o YouTube, ou paga, como plataformas próprias para empreendedorismo digital. Lembrando que, apesar de ser a segunda maior plataforma de buscas, o YouTube não é bom lugar para esse tipo de negócio, tendo em vista que é muito difícil monetizar por lá.

Essas plataformas possibilitam que, além do conteúdo, você conte com outro recursos como fórum, biblioteca de mídia, atividades, entre outros. Esses recursos possibilitam que você interaja mais com os seus alunos e os torne mais engajados. 

Explorando essas funcionalidades de uma maneira interessante, você conseguirá prender a atenção do seu aluno e fidelizá-lo, além de oferecer uma experiência completa. 

Conte com a HeroSpark

Falando sobre plataformas de empreendedorismo digital, a HeroSpark é a principal solução para a criação de negócios digitais no Brasil e América Latina, com mais de 1600 clientes e 6,5 milhões de usuários ativos em mais de 20 países.

Através da HeroSpark, você disponibiliza o seu curso para seus alunos e ainda pode tê-lo selecionado para o nosso portfólio de alta qualidade, onde será vendido por top afiliados.

Após esta leitura, não perca mais tempo e comece já a colocar em prática o seu projeto de criação de um curso de inglês incrível. Caso tenha ficado alguma dúvida, escreva um comentário aqui embaixo e logo respondemos!

Até a próxima, herói.

Mais artigos para você

O que é webinar e como gerar mais leads com ele

Você não sabe o que é webinar? Pois então, é com enorme prazer que informo que os seus problemas acabaram! …

O que é Landing Page: tudo o que você precisa saber

Se você está inserido no empreendedorismo digital, muito provavelmente sabe o que é Landing Page. Mas será que você tem …

Como aumentar suas vendas fazendo um webinar encantador

No marketing digital existem diversas técnicas para atrair e converter mais leads. No entanto, dificilmente alguma delas terá um custo …

Landing Page: como criar páginas que convertem?

Seu negócio digital não anda faturando muito? Por algum motivo clientes novos não chegam a sua empresa e você não …

Negócio digital: aprenda a lucrar com o seu

Investir em um negócio digital atualmente está sendo a mina de ouro de milhares de empreendedores no Brasil. Segundo o …

Tudo o que você precisa saber para vender mais usando Storytelling

A visão de mundo que temos, hoje em dia, é uma coleção de histórias. Isso acontece porque pessoas que contam …