Diagramação de e-book: o que é, como fazer e quanto custa? [GUIA]

diagramação de e-book

A diagramação de e-book é o primeiro passo para a criação desse produto digital que pode ser utilizado em diversas etapas do funil de vendas ou ser o ponto central de um empreendimento no digital.

Mas como realizar a diagramação de e-book? Como é possível criar esse conteúdo rico e quanto custa para construí-lo? 

Pensando nisso, criamos esse guia com um verdadeiro passo a passo para lhe auxiliar na diagramação de e-book, que pode transformar sua jornada no mercado digital. Quer saber mais? Então continue a leitura!

O que é uma diagramação de e-book?

O e-book é um conteúdo rico que pode ser utilizado em uma estratégia digital para capturar leads ou como o infoproduto que vai trazer grandes resultados de vendas para você. 

Mas, antes de começar a vendê-lo ou divulgá-lo em um fluxo de nutrição, é necessário criar o conteúdo e realizar a diagramação de e-book. Sabe o que isso significa?

A diagramação de e-book é a etapa de organização e formatação do conteúdo de acordo com a quantidade de páginas, identidade visual e formato do e-book.

Assim, são utilizadas técnicas de design para que os elementos sejam organizados de acordo com os aspectos visuais e de legibilidade mais alinhados ao seu público. 

É nessa etapa que, por exemplo, são escolhidos elementos como:

  • Cores;
  • Tonalidades;
  • Fontes;
  • Imagens.

Como diagramar um e-book? 

A diagramação de e-book é uma etapa fundamental para garantir o sucesso desse infoproduto, pois ajuda a conquistar o interesse do seu cliente ideal.

Mas, para realizar essa etapa, é necessário seguir alguns passos, que incluem desde o planejamento do conteúdo até a escolha do formato do arquivo pronto. 

Para descobrir como isso é feito, confira abaixo 9 passos para fazer uma diagramação de e-book de sucesso:

1. Conheça sua persona

Uma persona é um perfil semifictício que representa o seu cliente ideal, e conseguir criá-la é uma etapa fundamental para a diagramação de e-book. Sabe por que?  

Porque, ao conhecer sua persona, você pode saber quais os elementos que, ao serem incorporados ao e-book, vão atrair o olhar do seu cliente em potencial. 

Entre esses aspectos estão:

  • Cores;
  • Formato;
  • Tipo de imagens;
  • Tom de voz.

2. Escolha um bom software

Para fazer a diagramação de e-book, é necessário utilizar um software para formatar as páginas e adicionar os elementos. 

Existem diversas ferramentas que podem ser utilizadas para esse trabalho, incluindo recursos profissionais como InDesign ou Canva. Esse último é ideal para quem não tem conhecimento mais profundo de design. 

3. Defina a identidade visual

Quando falamos de identidade visual estamos nos referindo ao conjunto de elementos visuais e gráficos que compõem o conteúdo de um e-book.

Para tornar o material mais atrativo, o ideal é planejar a identidade visual do e-book seguindo o estudo da persona previamente realizado e de acordo com o tema tratado no livro.

4. Ilustre o conteúdo

Após a definição da identidade visual, um outro passo importante para a diagramação de e-book é a escolha das imagens que vão ilustrar o conteúdo. Elas ajudam a tornar o material mais fluido, coeso e atrativo para o seu público. 

Vale dizer que é possível utilizar imagens retiradas de bancos de imagens da internet ou do próprio programa de diagramação.

5.  Estruture seu material

Com as imagens escolhidas, identidade visual definida e tema trabalhado após pesquisa, chegou a hora de estruturar todo o material em um documento prévio.

Esse material pode ser reunido em um programa como DOCs ou Word, já que é possível realizar mudanças fáceis nesse formato de arquivo e definir uma paginação. 

6. Revise seu conteúdo

Com o conteúdo reunido, é necessário revisá-lo, já que, posteriormente, ele será formatado em um documento que não poderá mais ser editado.

E para garantir uma ótima qualidade de leitura ao seu cliente, é preciso conferir a ordem dos conteúdos, bem como se o material não tem erros gramaticais.

7. Escolha um formato para o seu e-book 

O formato final de um e-book é o que garante a legibilidade por meio de diferentes plataformas de leitura e a compatibilidade com dispositivos, como leitores digitais.

Entre os principais formatos disponíveis para diagramação de e-book estão:

  • EPUB;
  • MOBI;
  • AZW;
  • PDF.

8. Hospede em uma plataforma  

Depois de realizar a diagramação de e-book e fechar o seu arquivo em um formato que alcance o maior número de usuários possíveis, é necessário escolher uma plataforma para hospedar seu produto.

O ideal é que essa ferramenta tenha capacidade para levar o conteúdo ao maior número de pessoas, sendo intuitiva e de fácil acesso.

9. Construa um fluxo de nutrição  

Para que a estratégia de distribuição após a diagramação tenha sucesso, é preciso criar um fluxo de nutrição e apresentar a oferta do produto aos seus leads.

Mas, para que isso seja possível, você deverá utilizar um funil de vendas e construir uma jornada que chame a atenção do seu público. 

Assim, uma maneira de potencializar essa oferta é criando uma landing page para capturar informações que reforcem o fluxo de nutrição. 

Quanto custa a diagramação de um e-book? 

Você já parou pra pensar quanto custa para realizar a diagramação de e-book? Ou como contratar esse tipo de serviço?

No geral, há duas formas de realizar a diagramação de e-book: contratando um designer diagramador profissional ou fazendo você mesmo e gastando zero reais.

Na primeira opção, que é a contratação de um profissional, o custo final vai depender de fatores como:

  • Número de páginas;
  • Complexidade visual do material;
  • Senioridade do profissional.

Levando esses fatores em consideração, a diagramação de e-book feita por um profissional pode custar um investimento entre R$120 e R$ 1.000.

Mas como já dissemos, é possível zerar esse custo se você mesmo diagramar seu e-book. Para isso, existem algumas ferramentas que podem ser utilizadas, inclusive com templates prontos e editáveis que facilitam essa tarefa. 

As principais ferramentas de diagramação de e-book para quem tem pouca ou nenhum conhecimento com design são:

  • Canva;
  • LibreOffice Writer; 
  • PressBooks;
  • Beacon;
  • Calibre.

No caso do Canva, saiba que essa é uma ferramenta amplamente utilizada para edição de artes para redes sociais e possui templates pré-prontos para criar seus próprios e-books de uma maneira rápida. 

Portanto, vale a pena utilizá-lo para a diagramação de e-book de maneira descomplicada e rápida. 

Depois de pronto, onde hospedar o e-book?

Quando o assunto é o sucesso do seu infoproduto, tão importante quanto a diagramação de e-book é o meio pelo qual ele será hospedado e divulgado. 

Mas como saber qual a plataforma ideal para hospedar seu e-book após a diagramação? Quais os recursos indispensáveis que ela precisa ter?

O recurso indispensável que uma plataforma de hospedagem de infoprodutos precisa ter é uma usabilidade intuitiva. Esse aspecto facilita o trabalho de quem produz o e-book e também de quem vai consumi-lo.

Porém, o ideal é que ela também possua recursos de divulgação e vendas, ou seja, que a plataforma concentre todas as ferramentas que você precisa. 

E qual a plataforma tudo em um ideal para divulgar um e-book? A HeroSpark! 

Essa é uma plataforma completa para criação, hospedagem, divulgação e venda do seu e-book. Sabe por que? 

Com a ela você garante as ferramentas mais poderosas para impulsionar o sucesso do seu produto digital, como:

  • Funil de vendas automatizado;
  • Hospedagem do produto;
  • Área de membros personalizada;
  • Ferramenta de construção de landing page;
  • Página de vendas com checkout e área de pagamento exclusivo.

Além disso, é possível criar um fluxo de nutrição de leads por meio de disparo ilimitado de e-mail marketing.

Então o que você está esperando? Após a diagramação de e-book, hospede o seu produto com a HeroSpark e alavanque os seus resultados no digital.

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *