Utilizar a lista de e-mail marketing para se manter próximo aos leads nada mais é do que uma prática de marketing direto digitalizada. Essa prática já existe desde os anos 1970, porém se tornou mais proeminente na década de 1990, devido ao crescimento da internet.

E aí, sua empresa não está se saindo muito bem nesse quesito? Então veja e aprenda como reaquecer a sua lista fria de e-mail. Boa leitura!

 

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing pensa na criação de mensagens personalizadas e relevantes para o destinatário. Para isso, utiliza um vocabulário mais humanizado e direto, com a intenção de cultivar um relacionamento com o cliente. 

Vale dizer que, anteriormente, o e-mail não era focado a quem seria mandado ou como seria apresentado o conteúdo. Assim, como não tinha um padrão específico, ele abriu espaço para o surgimento do spam.

No entanto, com o surgimento de novas tecnologias e estratégias ligadas ao marketing digital, e-mails podem ser mandados de maneira eficiente, atingindo o público certo e de maneira desejada.

Um dos primeiros motivos para usar o e-mail marketing é o alcance que ele tem. Aproximadamente 4 bilhões de pessoas usam e-mails diariamente! Mesmo que as redes sociais tenham ganhado mais popularidade nos últimos anos, o e-mail ainda é relevante pela sua natureza mais formal e corporativa.

Muitos de nós deixa a caixa de e-mails aberta para verificar mensagens importantes, enquanto não há a mesma urgência na leitura de posts no Facebook, por exemplo. 

Além disso, sempre que fazemos um cadastro na internet, utilizamos nosso endereço de e-mail para registro. O que significa que, embora alguns acessem uma rede social ou outra, certamente todo mundo terá um e-mail. E, se a pessoa assinou o conteúdo de sua empresa, é porque ela se identifica e certamente abrirá a mensagem.

 

Quais são as vantagens do e-mail marketing? 

Uma vantagem relacionada ao e-mail marketing é que ele é uma maneira de se aproximar do cliente e criar um relacionamento bastante pessoal.

O objetivo é fazer a sua marca ser uma memória afetiva e humanizada para quem está buscando seu produto, mantendo uma comunicação de valor com o consumidor. 

As mensagens do e-mail marketing servem para:

  • Construir e nutrir o relacionamento com os clientes;
  • Apresentar ofertas e serviços;
  • Oferecer personalizações de acordo com o perfil do consumidor;
  • Checar em que parte da jornada o consumidor se encontra.

Além disso, depois da compra, um e-mail pode ser enviado com uma pesquisa de satisfação, dicas de como usar o produto ou perguntando se há alguma dúvida. É importante manter o canal de comunicação com o consumidor para garantir futuras interações e a formação de leads.

 

Tipos comuns de e-mail marketing

Há muitos tipos de e-mail marketing que podem ser usados para a lista fria de contatos, como: newsletters, ativações, cartões comemorativos, avisos úteis, etc. Cada um é feito para ser utilizado em determinada situação. A seguir, conheça os principais tipos.

 

Newsletter

A newsletter é uma maneira bem simples e leve de transmitir notícias e informações. É um periódico diário, semanal ou mensal voltado a um tema com o intuito de chamar o usuário para buscar mais conteúdo. Por exemplo: um resumo de tudo o que rolou no mês ou um spoiler do que virá no futuro.

 

E-mail promocional

Um e-mail promocional serve para promover uma oferta de serviços ou produtos. É uma maneira bem direta de convencer um possível consumidor a recorrer ao conteúdo de sua empresa. Essa é uma ótima ferramenta para mandar mensagens personalizadas para as pessoas certas e no tempo certo.

 

E-mail de boas-vindas

Um e-mail de boas-vindas é usado para chamar seus clientes, fornecer informações relevantes e ajudá-los a avançar para a última etapa da jornada do consumidor.

 

E-mail transacional

E-mails transacionais são mensagens para os usuários que fizeram transações com o site da empresa. E-mails de confirmação de cadastro na newsletter, de recebimento de um pedido no e-commerce ou de abandono do carrinho são alguns exemplos. Esse tipo de mensagem tem o objetivo de trazer informação que seja do interesse do usuário.

 

O que é lista de e-mail?

Uma lista de e-mail consiste numa listagem de contatos e dados utilizada para captação, organização e nutrição de leads. Vale dizer que ter uma boa lista possibilita campanhas de e-mail de acordo com os diferentes estágios do funil de vendas.

Além disso, esse tipo de nutrição cadenciada e segmentada através de uma base de e-mails torna bastante eficaz a entrega de conteúdo relevante para seus leads. Isso aumenta as chances de conversão e atrai engajamento para suas redes sociais.

Portanto, uma estratégia de e-mail marketing é uma ótima oportunidade para fidelizar seus leads e convertê-los em clientes. 

 

Como obter uma lista de e-mails?

Existem diversas estratégias orgânicas para criar uma lista de e-mails e começar a gerar leads para o seu negócio. Veja algumas delas:

  • Webinars: fazer um evento de apresentação com um assunto do interesse do seu público-alvo com certeza vai atrair inscritos. Então, você pode abastecer sua lista de e-mails com o contato desses leads.
  • Oferta de materiais ricos: oferecer e-books, aulas gratuitas, planilhas e infográficos também pode ser uma maneira eficiente de aumentar sua base de contatos. Após a entrega do conteúdo, não se esqueça de enviar um e-mail de agradecimento com uma nova isca digital.
  • Construa uma landing page: landing pages são páginas voltadas para a conversão de visitantes em leads. Então, ter uma pode favorecer sua estratégia de e-mail marketing. Todos os elementos presentes em uma página como essa vão direcionar seu visitante a tomar a decisão que você deseja. Logo, isso aumenta suas chances de conseguir os dados necessários para incluí-lo em sua lista. 

E atenção: nunca compre uma lista de e-mails! Isso fará com que sua taxa de spam aumente, manchando sua reputação digital e diminuindo seu alcance em potencial.

Além disso, não é uma prática ética utilizar os dados de alguém que não os forneceu intencionalmente. Por isso, lembre-se sempre: não vale a pena comprar uma lista!

 

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

Como reaquecer a lista fria de e-mail?

Sua empresa com certeza tem aqueles contatos de e-mail marketing que não abrem mais as mensagens e não interagem há um bom tempo. Então, essas pessoas compõem a sua lista fria de e-mail marketing. Ou seja, são aqueles leads que estão sem interação com a sua marca.

Reaquecer a lista fria de e-mail serve tanto para esse perfil anterior, de lead que não interage há um bom tempo, quanto para aquele que está no seu e-mail marketing, mas nunca consumiu seus serviços. 

Esse tipo de situação é mais comum do que parece, porém pode ser resolvida. Por isso, a seguir, confira como reaquecer a lista fria de e-mail.

 

1. Confira a base de contatos

O primeiro passo para reaquecer a lista fria de e-mail é verificar a sua base de contatos e sua origem. Ou seja, questione como ela foi adquirida. Se foi comprada, alugada ou emprestada por alguém, aí está um dos problemas!

Mas por que? Basicamente porque não adianta ter uma lista enorme de contatos se esses leads não fazem parte do seu público-alvo, não têm interesse no seu serviço e muito menos na sua marca. O ideal é adquirir sua lista com seus próprios consumidores e possíveis clientes.

 

2. Veja como anda a sua audiência

Outro passo importante para conferir a sua base de contatos é verificar a audiência, levantar uma estatística de acesso do seu e-mail marketing e o número de cliques. 

Para garantir um resultado eficaz desse estudo interno, faça alguns envios de testes, com formatos e mensagens diferentes, e analise a resposta do público. Assim, ficará muito mais fácil entender como está a sua lista, o que eles gostam e o que melhorar.

 

3. Reconquiste a confiança

Depois de conferir a sua base de contatos e a audiência do seu e-mail marketing, é hora de reconquistar a confiança das pessoas e reaquecer a lista fria de e-mail. Para fazer isso, leve três pontos em consideração:

 

1) Data de interação

Após analisar a base de contatos, estabeleça uma data como critério. Por exemplo: se você quer reconquistar os clientes dos últimos 6 meses, veja quais não interagem dentro desse período e retome o diálogo.

 

2) Ciclo de venda

O segundo passo é verificar qual é o tempo médio que o seu público-alvo demora para atingir a última etapa do funil. Vamos supor que a média é de três semanas. Então, para efetivar as vendas, trace um plano de ação dentro desse deadline que levará seu cliente do topo até o fundo do funil.

 

3) Parâmetro de atividade

A última etapa para reconquistar a confiança é criar um parâmetro para isso. Para reaquecer a lista fria de e-mail não adianta mandar mensagem eletrônica para todos os contatos da mesma forma e esperar a mesma resposta. Estabeleça padrões para definir quem é o lead inativo que sua marca pretende ir atrás.

 

4. Elabore e-mail de valor

O quarto passo para reaquecer a lista fria de e-mail é planejar e enviar mensagens de valor. Ao invés de retomar o contato pedindo desculpas pelo desaparecimento, envie uma pesquisa interessante de mercado. Você também pode descobrir o que o seu público-alvo deseja e oferecer uma solução para esse problema.

 

Outro passo muito importante para qualquer negócio é estar aberto ao diálogo com o consumidor. A comunicação horizontal tem muito mais benefícios para ambas as partes. Sendo assim:

 

1) Deixe espaço para personalização

Ofereça aos seus contatos opções disponíveis para o envio da mensagem. Seja diária, semanal, quinzenal ou mensal, o importante é deixar o seu lead confortável com o envio dos e-mails.

 

2) Pesquisa de satisfação e feedback

Peça feedbacks para seus leads. Afinal, não há ninguém mais capacitado para palpitar no seu atendimento do que o seu próprio cliente.

 

3) Seja sincero

Outra dica de diálogo importante é demonstrar como a sua marca sente falta da interação daquele lead que é tão importante. O apelo emocional pode ajudar a reconquistar o lead e demonstrar a sinceridade da relação entre marca e consumidor.

 

4) Estabeleça um deadline e deixe as portas abertas para sair ou entrar

Por fim, se todas as tentativas acima foram feitas e mesmo assim o lead continua inativo, envie uma mensagem de agradecimento e deixe as portas abertas para a pessoa ir embora. 

Uma opção é enviar uma mensagem perguntando se a pessoa deseja continuar na lista de contatos da marca. Caso contrário, será removida até uma data específica (ao seu critério).

 

Como elaborar um bom e-mail marketing?

A HeroSpark pode te ajudar a reaquecer a lista fria de e-mail! Com a ferramenta de funil de vendas da Hero, você transforma cliques em dinheiro e cria funis de venda de alta conversão.

Aprenda a transmitir webinars ao vivo diretamente do seu navegador e a extrair métricas para o gerenciamento de leads. Comece grátis com a HeroSpark!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.