Modelo de funil de vendas: 8 principais para usar no seu negócio

modelo de funil de vendas

Ter um bom modelo de funil de vendas é algo que pode ajudar (e muito!) no momento de criar estratégias mais objetivas para o seu negócio.

A partir dele, você consegue entender melhor de onde seu público vem e quais são os gatilhos necessários para eles se tornarem clientes fiéis no final.

Falando assim, parece que o processo é mágico, não é mesmo?

Mas a criação de um funil de vendas envolve bastante pesquisa e conhecimento do seu público e da jornada de compra dele. No entanto, todo o esforço investido aqui fará com que seu tempo seja melhor aproveitado no futuro também!

Sendo assim, neste artigo, você conhecerá os 8 principais modelos de funil de vendas para utilizar, além de aprender a como criar seu próprio funil em 5 passos simples! Boa leitura!

O que é funil de vendas?

Basicamente, um funil de vendas representa uma série de etapas que seu público passa desde o momento que ele conhece seu negócio até o momento que ele vira um cliente.

Esse modelo é chamado de “funil” para mostrar que, de todas as pessoas que conhecem o seu negócio, será preciso fazer um trabalho de qualificação para identificar aquelas realmente interessadas e com potencial para se tornar seu cliente.

Por conta disso, esse modelo costuma ser dividido em três etapas principais, sendo elas:

  • Topo do funil: é onde as pessoas passam a saber da existência da sua empresa;
  • Meio do funil: aqui as pessoas já sabem o que seu negócio faz;
  • Fundo do funil: aqui estão as pessoas mais interessadas na sua solução.

Assim, ao trabalhar cada uma das etapas, você conseguirá desenvolver ações para fazer com que as pessoas do topo caminhem para o meio e depois para o fundo. Esse processo se chama “conversão” e permite que os visitantes se transformem em clientes fiéis.

Como elaborar um funil de vendas?

Apesar do funil trabalhar com etapas bem definidas, você ainda precisará criar seu próprio funil para conseguir trabalhar com ele. Isso acontece porque cada negócio é único e trabalha com pessoas e soluções diferentes. 

Assim, para ajudar você com isso, separamos 5 passos práticos para você criar um bom modelo de funil de vendas para o seu negócio!

1. Conheça e crie sua buyer persona

A sua buyer persona é uma representação do seu cliente ideal. Esse perfil contém todas as características que uma pessoa que compra de você costuma ter.

Ao desenvolvê-lo, você consegue ter uma noção melhor da pessoa com a qual está lidando no seu negócio. Dessa forma, fica mais fácil elaborar ações e estratégias que façam essa pessoa se converter no seu funil de vendas.

2. Elabore uma jornada de compra

Depois de conhecer bem quem é o seu cliente ideal, chegou o momento de conhecer a jornada de compra pela qual essa pessoa passa.

A jornada de compra é basicamente uma representação de todos os passos que um consumidor percorre até realizar de fato uma compra.

É a partir dela que você consegue compreender melhor:

  • O problema que sua persona busca solucionar;
  • Onde ela vai para encontrar soluções;
  • O que a influencia a realizar uma compra;
  • Entre outros pontos.

Ter essas e outras informações em mãos pode ajudar você a construir um funil de vendas melhor e mais detalhado.

3. Defina os principais marcos das conversões

Após ter mapeado a jornada de compra do seu cliente ideal, você já pode começar a definir os principais marcos que fazem uma pessoa converter no seu funil de vendas.

Basicamente, os marcos do seu funil são as principais ações que seu público faz e que indicam que ele está mais engajado com o seu negócio e próximo de virar um cliente.

Definir esses momentos é essencial porque são eles que vão nortear as principais ações que você ou sua equipe farão para conseguir atingir os resultados almejados.

4. Desenvolva as etapas do funil

No quarto passo de criação de funil, você poderá desenvolver melhor as etapas que ele terá. Apesar do funil ser criado com 3 principais, é importante considerar que é possível você mesmo criar suas próprias etapas.

Às vezes, para realizar a venda da sua solução, pode ser necessário ter uma ou duas etapas a mais que descrevam melhor uma ação que precisa ser feita.

5. Use a automação de vendas

Por fim, para fazer com que o seu funil de vendas trabalhe ainda mais e melhor, você pode contar com ferramentas ao seu lado que automatizem seu funil.

Com elas, você consegue saber em tempo real quantas pessoas têm em cada etapa do funil e pode segmentá-las com base no seu estágio para, assim, criar ações em massa e convertê-las. Um bom exemplo disso é o disparo automático de e-mail marketing

Modelo de funil de vendas: 8 exemplos 

Agora que você já sabe o que é funil e como criar o seu, chegou o momento de conhecer 8 modelos de funil de vendas para aplicar na sua estratégia! Veja só!

1. Funil de Captura

modelo de funil de vendas 1

O funil de captura é um modelo de funil de vendas praticamente clássico. Ele é utilizado em muitas estratégias, porque é a melhor forma de gerar novos leads para o seu negócio.

A partir dele, você consegue capturar e-mails e outros canais de contato de clientes em potencial para, assim, criar listas de leads altamente qualificados.

Para fazer isso, você deve oferecer um material rico para seu público em troca das suas informações. Assim, quando você tem o contato, é possível enviar mensagens que ajudem a nutrir esse lead e mostrar a ele qual é a solução do problema que ele tem. 

Para fazer isso, esse funil geralmente trabalha com as seguintes etapas:

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
  1. Material rico;
  2. Agradecimento;
  3. Nutrição do lead;
  4. Solução do seu negócio.

Para oferecer tudo isso, você pode criar uma landing page, o material rico e manter contato com seu lead pelo e-mail.

2. Funil de Oferta Direta

modelo de funil de vendas 2

Outro modelo de funil de vendas muito utilizado é o da oferta direta. Diferente do funil anterior, esse é feito para oferecer a sua solução ao público.

Ou seja, como o próprio nome diz, esse modelo de funil é mais direto e feito para um público que está mais certo da compra, mas ainda não escolheu qual solução adquirir. 

Dessa forma, ao utilizá-lo, você consegue dar a certeza ao seu lead de que sua solução é a melhor opção para ele.

Geralmente, esse modelo de funil trabalha com as seguintes etapas:

  1. Página de vendas com a oferta;
  2. Checkout da compra;
  3. Envio da solução.

3. Isca Gratuita e Oferta

modelo de funil de vendas 3

Já esse modelo de funil de vendas é uma opção mais robusta, feita para você criar um sistema que permita vender todos os dias ao manter seus leads qualificados mais engajados.

Para conseguir esse resultado, esse funil costuma trabalhar com a oferta gratuita de um material rico que seu público valoriza muito e precisa utilizar.

Ao fazer isso, você estará o ajudando com um problema e ganhando a confiança dele para começar a indicar a sua solução aos poucos e mostrar como ela já ajudou outras pessoas.

Para fazer tudo isso, esse modelo de funil trabalha com as seguintes etapas:

  1. Captura de lead com a isca;
  2. Agradecimento;
  3. Engajamento com o lead;
  4. Página de venda com a oferta;
  5. Prova social;
  6. Checkout da compra;
  7. Envio da solução.

4. Funil de Venda com Prova Social

modelo de funil de vendas 4

Todos nós sabemos que o depoimento de clientes é algo que ajuda muito na hora de realizar novas vendas. Por conta disso, o gatilho da prova social é tão utilizado nos negócios.

E nesse modelo de funil, ele ganha ainda mais destaque, uma vez que são esses depoimentos que vão ajudar a atrair as pessoas e gerar vendas para você. 

Assim, as etapas desse funil são bem parecidas com as do funil anterior, sendo:

  1. Captura de lead com a isca;
  2. Agradecimento;
  3. Página de venda com a oferta;
  4. Prova social;
  5. Checkout da compra.

A única diferença é que o contato maior com o lead será feito a partir da etapa da prova social.

5. Funil de Lançamento

modelo de funil de vendas 5

Já o funil de lançamento é perfeito para quem está com um produto novo pronto nas mãos e quer começar a vendê-lo. Para isso, você vai precisar de um isca digital forte para atrair seu público. 

Essa isca geralmente é um conteúdo em série, como lives ou aulas gravadas que sejam de um conteúdo muito relevante para seu público.

Dessa forma, esse funil pode conter as seguintes etapas:

  1. Isca digital;
  2. Agradecimento;
  3. Engajamento;
  4. Conteúdo rico;
  5. Página com a oferta final;
  6. Engajamento para fechar vendas;
  7. Checkout.

6. Funil com Webinar

modelo de funil de vendas 6

Esse modelo de funil de vendas é uma ótima opção para quem busca gerar mais autoridade para o seu negócio e conseguir captar alguns leads qualificados no caminho.

Para isso, a melhor forma de mostrar ao seu público que você sabe do que está falando é criando um conteúdo no formato Webinar.

Assim, além do público ter acesso a um conteúdo de alto valor, ele também poderá interagir mais com o seu negócio e conhecer mais sobre sua solução.

Para conseguir tudo isso, o funil geralmente possui poucas etapas:

  1. Página de captura do Webinar;
  2. Agradecimento;
  3. Engajamento;
  4. Webinar.

7. Funil para Ticket Alto

modelo de funil de vendas 7

Se você tem uma grande meta de vendas para bater, esse modelo de funil pode ser o ideal. Ele é basicamente uma união do modelo anterior junto ao modelo de lançamento, permitindo que você engaje com seus clientes e gere ainda mais valor para sua venda.

Nesse sentido, saiba que esse funil é muito utilizado por negócios que trabalham fazendo consultorias ou mentorias e precisam aumentar seus agendamentos. 

Para realizar isso, ele trabalha com as seguintes etapas:

  1. Página de captura;
  2. Página de espera;
  3. Engajamento;
  4. Webinar;
  5. Agendamento.

8. Funil de Upsell

modelo de funil de vendas 8

Por fim, esse outro modelo de funil de vendas utiliza uma estratégia muito boa para vender: o upselling. O upsell é utilizado para mostrar ao público que existe uma versão melhor de um produto que ele está interessado.

Sendo assim, ao trabalhar com esse modelo de funil, você consegue aumentar as suas vendas e gerar mais lucro para o seu negócio.

Para conseguir isso, o funil geralmente possui as seguintes etapas:

  1. Captura de leads;
  2. Oferta do primeiro produto;
  3. Engajamento;
  4. Oferta do segundo produto;
  5. Engajamento;
  6. Checkout.

E aí, gostou de conhecer os diferentes modelos de funil de vendas que existem? Todos eles podem trazer muitos resultados para sua estratégia, mas, para utilizá-los, é fundamental contar com a ferramenta certa.

Para isso, indicamos que você crie seu funil de vendas com a HeroSpark! Na nossa plataforma, você encontra todos os modelos descritos acima prontos para usar. Basta editar algumas informações e colocá-los no ar!

Além disso, na nossa ferramenta você consegue ter um editor de landing pages intuitivo e responsivo que já possui um sistema de checkout integrado para suas vendas. Incrível, não é?

Então vem com a gente e crie hoje mesmo seu funil de vendas!

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.