Você já pensou em ter um portfólio profissional para mostrar exemplos do seu trabalho? 

Sim, esse é um recurso que permite mostrar ao seu público o que você consegue entregar e qual é a qualidade do seu trabalho. Dessa forma, é possível atrair novos clientes e fechar bons negócios!

Por isso, neste artigo, você saberá como criar um portfólio, os principais tipos que existem no mercado, além de conferir alguns portfólios de exemplo para poder se inspirar e criar o seu. Boa leitura!

O que é um portfólio?

Um portfólio é um local no qual você junta diversos materiais que criou profissionalmente para poder apresentar ao seu público. 

A partir dele, seus futuros clientes poderão analisar o seu trabalho e a qualidade dele e verificar se o que você faz consegue suprir uma necessidade que ele tenha.

Por mais que ele seja muito confundido com o currículo profissional, é importante saber separar os dois. Um currículo é utilizado para mostrar seu perfil profissional. Já o portfólio mostra o que você sabe fazer como profissional.

 

Quais são os principais tipos de portfólio?

Os portfólios são utilizados por uma grande variedade de profissionais. Designers, fotógrafos e até grandes empresas utilizam-no para fechar novos negócios e continuar crescendo no mercado.

Por conta dessa variedade de profissionais, com o passar dos anos, diversos tipos diferentes de portfólio foram surgindo no mercado para poder mostrar melhor o trabalho realizado. A seguir, você confere alguns tipos que existem.

 

Portfólio físico

Esse tipo de portfólio era mais utilizado antigamente, quando as pessoas não faziam um grande uso do mundo digital. Com ele, os profissionais separavam em pastas demonstrações de seus trabalhos anteriores.

Por mais que hoje em dia possamos usar o digital para fazer um portfólio, tem alguns profissionais que ainda fazem uso desse modelo. Os arquitetos, por exemplo, usam esse tipo de portfólio, já que ele mostra uma elegância maior para os projetos.

 

Portfólio digital

O tipo mais utilizado hoje em dia. Com o portfólio digital, os profissionais podem separar seus trabalhos em um documento PDF ou então em plataformas online feitas para comportar um portfólio.

Dessa forma, o profissional pode simplesmente compartilhar o link do portfólio com quantos clientes quiser e, assim, ter um alcance maior.

 

Portfólio de empresas

Como falamos anteriormente, a variedade de profissionais que usam o portfólio exemplo é enorme. E, nesse contexto, as empresas também viram vantagem em utilizar essa ferramenta para mostrar seus trabalhos aos clientes.

Isso fez surgir uma categoria totalmente nova para eles, já que os portfólios de empresas costumam ser mais elaborados. Esse tipo, em especial, é mais utilizado para as empresas B2B, ou seja, aquelas que fazem negócios com outras empresas.

Para conseguir atrair esses clientes, elas precisam se dedicar mais no seu portfólio e mostrar as informações de uma forma detalhada. 

Ao apresentar um projeto feito, elas podem colocar no portfólio, exemplo:

  • Os principais desafios do cliente;
  • A solução encontrada para o problema;
  • A forma em que o problema foi solucionado
  • Os resultados que a solução trouxe.

Dessa forma, as empresas conseguem mostrar como o seu trabalho é feito e quais resultados ele traz.

 

Portfólio de produtos

Por fim, temos a categoria de portfólio de produtos, que é utilizado tanto por empresas quanto por profissionais autônomos. A partir dele, é possível apresentar todos os produtos que o negócio trabalha

Assim como o portfólio da empresa, este tipo costuma ser mais detalhado, mostrando diversas informações sobre os produtos.

No mercado, podemos ver alguns infoprodutores fazendo uso desse tipo de portfólio. Eles podem criá-lo online e, assim, mostrar para o público todos os produtos digitais que possuem.

Isso ajuda tanto a divulgar o produto quanto a orientar o público sobre qual item poderia solucionar algum eventual problema.

 

 

Como fazer um bom portfólio? 

Os portfólios são ótimas ferramentas para atrair clientes e fechar novos negócios. Mas, para isso, é importante cuidar no momento de criá-lo e garantir que seu público consiga enxergar valor naquilo que você entrega.

Para ajudar você com isso, separamos abaixo algumas dicas que podem ajudar você na hora de criar o seu portfólio. Confira!

 

1. Conheça o seu público

O seu portfólio será feito com o objetivo de mostrar seus trabalhos ao seu público, certo? Então, nada melhor do que criar um portfólio com os materiais que a sua audiência deseja ver.

Para isso, é importante que você saiba como o seu futuro cliente se comporta ao pesquisar por profissionais ou soluções. Você precisa saber:

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital
  • O que ele gosta de ver;
  • Quais informações ele busca;
  • Em quais formatos prefere consumi-las.

Talvez o seu cliente goste de portfólios digitais que mostram os resultados que seu trabalho trouxe. Ou, então, você pode trabalhar com um público que prefira algo impresso, para ver presencialmente. 

Descubra a forma que ele prefere e crie seu portfólio com base nisso.

 

2. Estude a sua concorrência

Muitas vezes, você pode estar em um setor onde é comum que os profissionais criem portfólios para mostrar aos seus clientes. Se esse é o seu caso, você pode começar a estudar os portfólios da concorrência.

Ao analisá-los, você poderá ter uma noção de como os profissionais se vendem. Assim, você poderá conferir:

  • Qual tipo de portfólio é mais utilizado;
  • Como eles adicionam seus materiais;
  • De que forma as informações são distribuídas;
  • Entre outras características.

Ao fazer esse estudo, você consegue ter insights de como criar o seu portfólio para conseguir a atenção do seu público.

 

3. Escolha seus melhores trabalhos

Na hora de criar o seu portfólio, é fundamental focar em qualidade e não em quantidade. Por mais que seja legal adicionar vários trabalhos no portfólio para mostrar que você tem experiência, muitas vezes isso pode ser um tipo no pé.

Isso acontece porque nem sempre todos os nossos trabalhos têm uma boa qualidade, e divulgá-los abertamente para seus clientes pode fazê-los mudarem de ideia.

Além disso, devemos considerar também a experiência do seu cliente ao navegar pelo seu portfólio. Geralmente, as pessoas não conferem todos os trabalhos feitos, mas sim somente aqueles que mais importam para elas.

Dessa forma, ao colocar muitos trabalhos, você pode afastar um cliente ideal de ver aquele trabalho que você fez bem feito. Por conta disso, é mais interessante focar somente nos melhores trabalhos.

 

Portfólio: exemplos para se inspirar

Agora que você já sabe algumas boas práticas que deve ter na hora de criar o seu portfólio, deve estar ansioso para começar a criar o seu, não é?

Assim, para ajudar você a desenvolver um ótimo portfólio, separamos abaixo alguns portfólios exemplos para você se inspirar na hora de criar o seu! Confira!

 

1. Bruno Laurino

Bruno Laurino portfólio

O Bruno é um designer que atua criando materiais para redes sociais, lojas virtuais e identidade visual dos negócios. Para demonstrar todo o seu trabalho, ele criou um portfólio bem simples e objetivo.

Nele, ele consegue se apresentar brevemente e dar destaque para os seus trabalhos. Aqui, é interessante perceber que ele facilitou a navegação do usuário ao categorizar seus projetos.

 

2. Maruí Fogaça

Maruí Fogaça

Outro profissional que apostou na simplicidade foi a Maruí Fogaça, uma redatora publicitária. No seu portfólio, podemos ver que ela oferece bastante destaque para suas produções.

Para criar esse destaque, o uso de imagens para ilustrar o conteúdo dos artigos ajudou bastante. Assim, não fica só uma página cheia de texto, mas sim um ambiente mais fácil de navegar. 

Além disso, ela disponibiliza suas redes sociais logo no topo, facilitando assim o contato com a profissional.

 

3. Fresh Lab

FreshLab

Agora, saindo um pouco dos portfólios de profissionais e entrando no universo dos portfólios empresariais, temos este ótimo exemplo dessa agência de marketing digital.

A Fresh Lab conseguiu desenvolver um portfólio que logo de cara já mostra os resultados que seus serviços trouxeram aos clientes. Além disso, eles também facilitam a navegação entre os projetos, fazendo com que o público possa ver somente aquilo que busca.

Ao clicar em um projeto, podemos conferir diversas informações sobre ele. É possível conhecer melhor a empresa do projeto, os seus objetivos e como a agência conseguiu melhorar suas métricas.

 

4. Gas Rocket

Portfólio exemplos: gas rocket

Por fim, temos mais uma agência de marketing digital que conseguiu desenvolver um portfólio de qualidade.

Aqui, eles conseguiram oferecer um destaque maior aos trabalhos, deixando todo o fundo da página em preto e adicionando imagens bem coloridas. Assim, além de destacar, eles também conseguem trazer a ideia de criatividade que muitas agências precisam ter.

Ao clicar em cada projeto, é possível ver o cenário do cliente, o trabalho que a agência fez e quais resultados foram alcançados. Dessa forma, ela consegue mostrar ao mercado o que o seu trabalho realmente resulta.

Agora que você já conheceu alguns portfólios e exemplos, com certeza conseguirá criar um que seus clientes adorem! Mas, além de criá-lo, também é importante saber divulgar seu portfólio em várias redes, como o LinkedIn.

Assim, para conseguir fazer isso com maestria, recomendamos que você leia o nosso E-book: “Como Criar as Suas Redes Sociais”. Com ele, você vai conhecer tudo que precisa saber para começar nas redes com o pé direito e divulgar o seu trabalho! Baixe-o gratuitamente agora mesmo!

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.