empreender com a herospark

Vamos fazer um exercício: pense rapidamente em algum comercial de televisão que fez muito sucesso. Com certeza, você lembrou bem mais rápido do que se nós pedíssemos para recordar de alguma propaganda escrita. O vídeo de vendas tem esse poder de envolver a audiência.

 

Por isso, é importante que os infoprodutores invistam nesta estratégia para divulgar os seus cursos e isso pode ser feito ao publicar vídeos online. No entanto, a gravação deve ser cuidadosa, para que a propaganda não seja negativa e realmente consiga atrair a atenção das pessoas.

 

Quer saber o que é vídeo de vendas e como fazer? Continue a leitura.

 

Vídeo de vendas: o que é

 

O vídeo de vendas é uma estratégia para a audiência conhecer os seus produtos e serviços. Essa prática não é recente, afinal, as grandes marcas a utilizam há décadas. Mas a internet proporcionou a possibilidade de outras pessoas também divulgarem a sua marca dessa forma.

 

De acordo com dados divulgados pelo Semrush, 55% das pessoas assistem vídeos online todos os dias e 78% assistem toda semana. Sendo assim, com um roteiro e gravação bem feitos você terá um grande público para assistir.

 

Este vídeo tem o objetivo e a estrutura semelhante à carta de vendas tradicional. Isso porque tem o intuito de persuadir o potencial cliente, ao explicar como o seu produto/serviço pode resolver um problema dele, quais são os diferenciais da sua solução e a sua oferta.

 

Veja como fazer um vídeo de vendas infalível:

 

Tenha atenção aos primeiros segundos do vídeo

 

Com tanta informação disponível na internet, você precisa garantir a atenção das pessoas nos primeiros 15 segundos. Recomendamos, inclusive, que a primeira frase seja de impacto e tenha a ver com a realidade do seu avatar, para servir de isca.

 

Algumas formas de introduzir o seu vídeo:

 

  • Fale uma curiosidade;
  • Use o humor;
  • Apresente o tema do vídeo de forma objetiva;
  • Fale sobre um problema comum para a persona.

Com isso, o telespectador vai se identificar e parar para assistir o restante. Caso você deixe para ser atrativo somente no meio ou final do vídeo, poucas pessoas chegarão a ver. Isso porque, diferente de um comercial na televisão, a internet tem inúmeros estímulos que levarão o potencial cliente a sair da sua página nos primeiros segundos.

 

Crie uma conexão com a audiência

 

Depois de conquistar a atenção das pessoas, é preciso aproximar-se delas. Para isso, você pode se comprometer a auxiliar o seu cliente a realizar algum sonho ou a superar medos. Seja enfático e específico, no intuito de que as pessoas realmente entendam que você está disposto a auxiliar nesse medo ou sonho.

 

Ainda não é o momento de apresentar a sua solução. Você ainda está na fase de gerar identificação, para que, quando apresentar o produto, as pessoas já estejam convencidas da sua autoridade e dos seus diferenciais.

Apresente a solução

 

Agora sim, chegou a hora de mostrar todos os pontos importantes da sua solução. Seja objetivo ao demonstrar os benefícios e fale somente aquilo que você acredita que vai agregar valor para as pessoas.

 

Por exemplo, falar que o seu curso ensina marketing digital não vai gerar desejo nem transmitir autoridade. Mas, você pode falar sobre a solução em si e os diferenciais, como “você vai aprender como vender 3x mais pela internet” ou “ temos uma área de membros e suporte rápido”.
Apresente a oferta

 

Jamais deixe de apresentar a sua oferta, exceto se o seu trabalho for precificado de forma personalizada para cada cliente. Ela pode incluir fatores como preço, bônus e descontos. Quanto mais completa for a oferta, maior é a possibilidade das pessoas enxergarem valor nela.

 

Nesse momento, não tente enganar o seu telespectador, pois antes de finalizar a compra, vai perceber e, além de ficar sem a venda, você também perderá a credibilidade. Fale sobre as formas de pagamento, como será a entrega do seu produto/serviço e, se houver período para teste, é interessante citar.

 

Prepare um CTA

 

Imagine que uma pessoa fique até o final do vídeo e tenha interesse em adquirir o seu produto, mas o vídeo acaba e não traz nenhuma chamada para ação. É provável que a pessoa acabe deixando para depois ou não saiba o que fazer e desista da compra.

 

Um Call to Action — CTA — serve justamente para evitar essa perda de clientes. Aqui, pode ser utilizado o gatilho mental da escassez ou da urgência, a fim de que a pessoa tenha mais pressa em adquirir o seu produto ou serviço.

 

Dica extra: cuidado com a filmagem

 

Não há problema algum em gravar o seu vídeo em casa e com os equipamentos que você tem. Afinal, não é sempre que o orçamento do empreendedor vai permitir contratar uma equipe profissional. Porém, é preciso ter alguns cuidados. Algumas dicas são:

 

  • Construa um cenário bonito e com elementos que remetam ao que você fornece;
  • Escolha um ambiente silencioso para não ter ruídos;
  • Cuidado para não abafar o microfone;
  • Traga a iluminação correta para o local, de preferência, com equipamentos como a softbox.

 

Para aprender mais sobre como gravar vídeos, veja este artigo.

 

Depois de produzir um vídeo de vendas com as nossas dicas e fazer a divulgação correta, os seus resultados podem melhorar e alavancar o negócio. Além disso, o público vai se sentir mais conectado com a marca.

 

Portanto, produza um material de qualidade e, caso queira, saber mais sobre programa de edição de vídeos, veja este vídeo:

 

vender cursos online herospark

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *