Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Como vender pelo Instagram

Como vender pelo Instagram

O Instagram deixou de ser uma mera rede social de publicações de fotos pessoais e se transformou em uma plataforma de negócios. Com isso, surgiram diversos perfis com o intuito de divulgar produtos e serviços, e a rede social tem se mostrado muito eficiente para essa finalidade. Mas, afinal, como vender pelo Instagram?

 

Aparentemente, basta colocar algumas informações sobre o seu produto ou serviço e pronto. Mas, na prática, sabemos que não é bem assim. A concorrência é alta e as pessoas esquecem rápido de um perfil para buscar a solução desejada em outros.

 

Por isso, separamos dicas valiosas que vão ajudar a alavancar as suas vendas no Instagram. Confira a seguir.

 

Configure o perfil comercial

 

O primeiro passo — e esse é indiscutível — é ter uma conta comercial no Instagram. Entre as vantagens, vale citar a possibilidade de inserir botões interativos (como o telefone e o e-mail da empresa) e de promover os posts. Outra funcionalidade disponível é a “loja”, sobre a qual falaremos mais adiante. 

 

Além disso, a conta comercial tem acesso às métricas, como alcance, impressões, número de cliques no link da bio, dados demográficos dos seguidores e quantidade de salvamentos e compartilhamentos das suas postagens.

 

Capriche na identidade visual

 

Em uma loja virtual, o perfil do Instagram é a sua vitrine. Ninguém se sente atraído por uma loja com a vitrine bagunçada. Por isso, tenha uma identidade visual padronizada e que converse com o público-alvo. É esse conjunto de aspectos visuais que fará com que a experiência do usuário seja agradável.

 

Se você ainda não consegue contratar um designer, não tem problemas. É possível  começar seguindo estes passos:

 

  • Escolha um programa de edição — sugerimos o Canva, que é gratuito e intuitivo;
  • Defina uma paleta de cores;
  • Selecione recursos gráficos e tipografia padrões;
  • Pesquise qual é o tamanho ideal da imagem.

 

Um perfil simples, mas muito bem estruturado é o do Nubank. Perceba que a cor roxa é predominante, tendo em vista que é o principal tom da marca. Isso faz com que os consumidores relacionem a identidade visual à marca.

 

como vender pelo Instagram
Artes simples podem ser eficazes e fazer a diferença na forma de vender pelo Instagram. O feed do Nubank é um exemplo de como a simplicidade funciona bem. 

 

Publique conteúdo relevante

 

Quando alguém entra em uma loja física, há uma pessoa disponível para tirar toda e qualquer dúvida que venha a ter. No caso da loja virtual, os clientes não querem esperar por uma resposta. Então, antecipe-se e deixe todas as dúvidas respondidas no Instagram. 

 

Por exemplo, um Instagram que vende cursos online pode deixar nos destaques os seguintes conteúdos:

 

  • Qual conteúdo é abordado em cada aula?
  • Como um curso online pode ser útil para a carreira?
  • Quem são os instrutores?

 

Outras curiosidades podem ser deixadas no feed. Esse tipo de conteúdo agrega valor ao negócio e ainda atrai mais consumidores, pois as pessoas querem agilidade. Não ter que esperar a resposta de perguntas básicas e comuns é um grande diferencial.

 

Explore também outros tipos de conteúdos que possam servir para a persona. Pode até não ter relação direta com o seu produto/serviço, mas vão mostrar que você realmente tem autoridade no nicho de mercado.

 

67 headlines para páginas de vendas

Para entender melhor como o Marketing de Conteúdo pode contribuir para a sua estratégia, confira este vídeo: 

 

 

Utilize a função “Loja”

 

Existe coisa mais desagradável do que ler “preço no direct”? Não, né? Além de poder configurar crime, já que de acordo com Código de Defesa do Consumidor, o cliente tem direito ao acesso a informações claras sobre os produtos e serviços, inclusive, com relação ao preço. 

 

Por isso, a função “loja” do Instagram é muito útil. Para usá-lo, basta ter um site com os produtos cadastrados ou o Facebook. Depois, siga os seguintes passos:

 

  • Clique em configurar loja;
  • Coloque o endereço;
  • Escolha uma moeda para a cobrança dos preços (no nosso caso, o Real);
  • Entre com o email do Facebook;
  • Selecione as taxas do seu país e estado;
  • Comece a cadastrar os produtos.

Isso passa mais profissionalismo e atrai o lead, que consegue realizar as suas compras com agilidade. Porém, se o seu negócio vender somente serviços, essa não é a melhor opção. Nesse caso, aconselhamos deixar os valores nos stories e feed ou disponibilizar uma forma de contato fácil e rápida para realizar orçamentos.

 

 

Humanize o perfil

 

Independentemente de vender produtos ou serviços, humanizar a marca vai construir uma relação próxima com o potencial cliente. Para os que já gostam da qualidade, vão se conectar ainda mais com o negócio. E aqueles que ainda não tiveram coragem de comprar, vão ver que o perfil não é uma fraude.

 

Apareça nos stories — na medida certa, é claro —, faça lives e reels, responda às caixinhas de perguntas, aos comentários e directs, deixe enquetes nos stories. Saber como vender no Instagram envolve muito mais do que a venda. Explore os recursos disponíveis e aproxime-se da sua audiência.

 

Algumas sugestões de conteúdo para essa finalidade é apresentar-se, contar a história da marca e mostrar os bastidores do negócio. Deixe o seguidor sentir que faz parte da sua empresa e que a conhece bem.

 

 

Use o tráfego pago

 

Sabe quando você está procurando por marketing de conteúdo na internet e, no dia seguinte, o Instagram começa a te mostrar inúmeras opções de cursos no feed? Essa é a função do tráfego pago. Entregar a propaganda a pessoas que já estão interessadas no nicho.

 

O tráfego pago é poderoso para atrair novos leads. Isso porque, se feito corretamente, vai entregar o anúncio somente para aquelas pessoas que têm características da sua persona, ou seja, pessoas que precisam do seu serviço/produto com o objetivo resolver alguma dor ou alcançar objetivos.

 

Investir em propagandas na rede social requer um baixo custo. É possível iniciar com cerca de R$6,00 por dia e atingir uma boa quantidade de pessoas. Quanto mais segmentada for a campanha, menos vai ser preciso para atingir o público desejado.

 

Saber como vender pelo Instagram e usar os recursos disponíveis é primordial para ter sucesso, independentemente da loja ser de produtos ou serviços. Então, coloque nossas dicas em prática e acompanhe a melhoria dos resultados do seu negócio. 

 

Gostou desse post? Nós temos muitas outras dicas no post sobre como ganhar seguidores no Instagram. Confira.

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …