Declarar PLR no imposto de renda 2023: como funciona?

Declarar PLR no imposto de renda 2023: como funciona?

Se você trabalha com a venda de infoprodutos, precisa saber como declarar PLR imposto de renda 2023 o quanto antes!

Mas só para contextualizar, o PLR ao qual nos referimos aqui são os produtos Private Label Rights (Direitos de Marca Própria). Eles são materiais totalmente prontos, os quais você pode comprar os seus direitos autorais para, então, vender e aumentar seu lucro!

No entanto, apesar de ser um bom negócio, é preciso saber como declarar essas vendas no imposto de renda para, assim, ficar em dia com suas obrigações fiscais!

Por isso, para entender um pouco mais sobre o assunto e saber declarar PLR imposto de renda 2023, é só ficar conosco neste artigo que explicaremos tudo para você!

Hospede, divulgue e venda os seus produtos PLR na HeroSpark para ter uma boa gestão do seu negócio! Cadastre-se gratuitamente na plataforma!

É preciso declarar PLR infoproduto no imposto de renda 2023?

A resposta mais curta para a pergunta é: sim, é preciso declarar PLR imposto de renda 2023.

Isso acontece porque, ao declarar o imposto de renda para infoprodutor, você precisa adicionar todos os ganhos que recebeu ao longo do ano. Sendo assim, se você obteve dinheiro com a venda de PLR, é preciso que isso seja adicionado na sua declaração.

Mas aqui é importante se atentar que, no caso da declaração como pessoa física, ela só passa a ser obrigatória quando preenche um dos requisitos abaixo:

  • Obteve ganhos maiores que R$1.903,98 por mês durante todo o ano anterior;
  • Recebeu mais de R$40 mil com isenção de impostos, não tributáveis ou retidos na fonte;
  • Adquiriu bens por um valor maior a R$300 mil.

No primeiro requisito, entra na conta qualquer tipo de ganho recebido, tanto da venda de PLR quanto de qualquer outra fonte de renda que o infoprodutor tenha recebido como pessoa física.

no caso de pessoa jurídica, o preenchimento da declaração é sempre obrigatório. Sendo assim, independentemente do faturamento ou lucro que uma empresa tenha, ela sempre precisará realizar a declaração.

Como funciona o imposto de renda para o infoprodutor?

Agora que você sabe que precisa declarar PLR imposto de renda 2023, podem surgir muitas dúvidas sobre como fazer isso e de que forma funciona. Sendo assim, vamos começar a entender como o imposto de renda para infoprodutor funciona na prática.

Basicamente, existem duas formas de você declarar as suas vendas no imposto de renda:

  1. Como pessoa física, com seu CPF;
  2. Como pessoa jurídica, com seu CNPJ.

Dessa forma, o infoprodutor que não possui CNPJ e realiza vendas usando apenas o seu CPF, precisa fazer a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física, também conhecido pela sigla IRPF.

Nesse modelo, você deve adicionar todos os ganhos que teve ao longo do ano, incluindo as vendas com PLR. Assim, após enviar sua declaração, você pode realizar o pagamento do seu imposto a partir do Carnê-Leão.

copy com chat gpt , herocreator

Agora, para quem atua com CNPJ, precisa fazer a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, também conhecido como IRPJ. Esse modelo pode funcionar de forma diferente dependendo do regime tributário da sua empresa. No Brasil existem 3 deles:

  1. Simples Nacional: empresas que faturam mais de R$4,8 milhões por ano;
  2. Lucro Presumido: usado por prestadores de serviços, como médicos, advogados, etc;
  3. Lucro Real: usados por empresas de grande porte.

Ao optar por um dos regimes, você poderá realizar a declaração normal do seu imposto de renda como pessoa jurídica, na qual deverá informar os lucros ou faturamento obtido ao longo do ano.

Ao final, você pode realizar o pagamento dos impostos devidos. Geralmente, eles são uma porcentagem que muda conforme o tipo de regime.

Além destes, também tem o enquadramento do MEI que costuma ser o mais buscado por ser simples. A partir dele, você só precisa preencher os ganhos que teve ao longo do ano com a venda de produtos.

No modelo do MEI, não é preciso pagar impostos no momento de declarar, pois esse pagamento é feito mensalmente durante o ano.

Mas, no geral, para quem trabalha como infoprodutor, é mais vantajoso atuar como pessoa jurídica, porque os impostos cobrados são menores.

Por exemplo: ao declarar suas vendas como pessoa física, você pode pagar até 27,5% de imposto de renda, enquanto que a pessoa jurídica consegue acessar alíquotas a partir de 4,5%.

Isso representa uma forte diferença que pode impactar o seu negócio digital. Por isso, o mais recomendado é que os infoprodutores tenham seu CNPJ.

Como declarar PLR no imposto de renda 2023 (e demais vendas)?

Agora que você já sabe como funciona o imposto de renda para infoprodutor, chegou o momento de aprender a declarar PLR imposto de renda 2023. 

Para isso, é importante considerar se você realizou vendas no seu CPF ou CNPJ durante todo o ano de 2022, já que a declaração desses dois perfis é diferente.

Sendo assim, caso você tenha realizado a venda de produtos digitais PLR em 2022 com seu CPF, pode estar realizando a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física.

Para isso, você pode acessar o site gov.br ou baixar o programa do Imposto de Renda no seu computador ou celular. Feito isso, basta começar a preencher a sua declaração adicionando os valores que você recebeu durante o ano a partir das suas vendas.

Por outro lado, caso você tenha realizado vendas por meio do seu CNPJ, pode preencher a declaração anual de pessoa jurídica, na qual deve declarar os lucros ou faturamento, o seu pró-labore e outras rendas ou despesas que seu negócio tenha.

Assim, no final do preenchimento, saberá se precisa pagar algum imposto ou receber a restituição.

E aí, gostou de saber como declarar PLR imposto de renda 2023? Então aproveite para compartilhar este artigo com seus colegas e deixar um comentário abaixo com suas dúvidas!

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *