Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Qual é a diferença entre webinar e live?

Mulher sorrindo e escrevendo em frente ao computador. Texto da imagem: diferença entre live e webinar

Você sabe qual é a diferença entre live e webinar? Esses dois termos estão muito presentes no mundo digital e passaram a fazer parte do nosso dia a dia. Ambas têm grande potencial para quem deseja se relacionar com seu público e atrair novos clientes.

Por isso, essas estratégias de marketing digital se tornaram grande tendência de mercado e, durante a pandemia da COVID-19 que teve início 2020, receberam ainda mais destaque.

É claro que, antes do isolamento, as lives e os webinars já existiam e faziam parte da vida de diversos empreendedores e produtores de conteúdo digital. Porém, em 2020, especialmente as lives (lembra do boom das lives musicais no início do ano?), ganharam ainda mais destaque.

Ambos os formatos são excelentes para atingir um grande número de pessoas sem envolver os altos custos dos encontros presenciais. Além disso, eles ajudam empreendedores a gerar autoridade, testar conteúdos, se conectar com a audiência para, assim, entendê-la, entre outros. Ainda assim, existe diferença entre webinar e live.

Se a live ou o webinar forem bem planejados e oferecerem conteúdos realmente relevantes para o público, é possível obter resultados excelentes para negócios de qualquer segmento.

 

Como é uma live?

Em inglês, live significa simplesmente “ao vivo”. Porém, o termo geralmente é utilizado para se referir a transmissões de vídeos ao vivo nas redes sociais, como Youtube, Instagram, Facebook, TikTok e LinkedIn.

Se você assistiu às lives musicais que viraram uma febre no início da pandemia, provavelmente deve ter observado que elas duravam horas e horas. Mas, em regra, as lives não têm essa duração, viu?

O ideal é que elas durem até uma hora, para você ter mais chances de conseguir reter a atenção do espectador durante todo o período.

As lives costumam ser mais descontraídas e buscam tratar de assuntos que estão em alta ou que sejam de interesse de um determinado público.

 

Por que fazer lives?

É uma oportunidade para o internauta acompanhar um evento no momento em que ele acontece, sem precisar sair de casa. 

Outra vantagem é que a live permite que os espectadores interajam com o produtor de conteúdo por meio dos comentários e curtidas, o que gera mais engajamento e conexão com o público.

Com o maior engajamento, você pode aumentar o número de vendas, através dos CTAs (Call-to-actions).

Além disso, é um espaço que permite fazer perguntas e estabelecer uma relação forte com os espectadores. Logo, é uma ótima forma de gerar mais leads para seu negócio.

Uma pesquisa realizada pela New York Magazine identificou que:

67 headlines para páginas de vendas
  • 80% das pessoas preferem assistir a uma live de uma marca do que ler o blog dela;
  • 67% do público que assistiu a uma live comprou ingresso para um evento similar;
  • 67% afirmou que qualidade é o fator mais importante ao assistir uma live.

Então, na hora de produzir as suas lives, lembre-se de ficar atento a esses detalhes! Mas, qual a diferença entre live e webinar?

 

Como é um webinar?

Já um webinar (ou webinário) nada mais é do que um seminário online sobre um assunto específico. 

Assim como a live, somente uma pessoa se expressa para as outas ouvirem. A comunicação com a audiência acontece por meio dos comentários.

Os webinars podem ser usados para diferentes propósitos:

  • Com um tema mais amplo, para atrair leads;
  • Com um tema mais avançado, para atrair leads para outra etapa do seu Funil de Vendas;
  • Para apresentar seu produto/serviço para converter leads em clientes;
  • Para focar nas dores do seu cliente, com o objetivo de fazer Marketing de Relacionamento.

Muitos profissionais usam os webinars para fazer apresentações educacionais relacionadas aos seus negócios. Outros, utilizam como uma forma de ensinar algo à sua audiência. Há, também, profissionais que os utilizam como uma ferramenta de venda.

Mas além dessas funções, os webinars também são ótimas ferramentas para a realização de entrevistas ao vivo com outros profissionais que são autoridades no assunto. Essa pode ser uma ótima opção para elevar o nível do seu negócio, pois costuma atrair muitos seguidores dessas pessoas.

Assim como no caso da live, para fazer um webinar, tudo o que você precisa é de uma boa conexão com internet e uma pitada de coragem para se conectar com outras pessoas.

O YouTube pode ser uma boa ferramenta para transmitir seu webinar. Veja como fazer:

 

 

Como planejar um webinar?

O planejamento é simples, e deve conter alguns pontos essenciais, como: 

  • Definir o tema, data, plataforma e horário para divulgar; 
  • Convidar os palestrantes participantes; 
  • Criar uma campanha de marketing digital, com landing page para captação de leads, emails marketing, posts para redes sociais e que mais fizer sentido para a sua estratégia.

Outra dica importante é disponibilizar o conteúdo para quem não o assistiu ao vivo, pois isso ajuda a reforçar a autoridade e a atrair a atenção da audiência para o seu negócio.

Agora que você já sabe a diferença entre live e webinar, é hora de colocar a mão a massa. E para ajudar você a deixar seus vídeos ainda mais profissionais, a Herospark criou o kit gratuito Ebook + Masterclass: Como montar um estúdio de gravação de acordo com o seu orçamento!

Mais de 20700 empreendedores acessaram essas dicas. Baixe agora mesmo e tenha acesso a um conteúdo que faz a diferença.

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …