Dropshipping: o que é, como funciona e como investir nisso?

Empreendedor vendendo pela internet. Fundo roxo e legenda: "Dropshipping o que é"

O e-commerce tem sido uma boa oportunidade para quem deseja empreender no meio digital. Com ele, é possível vender de diversas formas: desde anunciando em um marketplace, criando uma loja virtual ou, ainda, na modalidade de dropshipping.

Se você ainda não conhece o dropshipping, o que é e como usá-lo para vender online, vamos explicar, neste conteúdo, como funciona esse modelo de negócio, e como ele pode ser rentável para o seu empreendimento. Vamos lá?

Dropshipping: o que é?

No dropshipping, você atua como um intermediário entre o cliente e o fornecedor. Ou seja, você é o responsável por passar informações sobre envio, entrega e, quando necessário, dar um suporte após a compra (como em situações de trocas ou devoluções).

Antes da evolução acelerada da internet, quem desejava vender produtos online encarava grandes desafios como: logística, gestão de estoque, espaço para armazenamento e outras preocupações para fazer o seu negócio acontecer. 

Nesse sentido, o modelo de dropshipping veio como uma alternativa bastante interessante para quem não queria envolver-se em todos esses processos, tampouco tem recursos para investir em grandes volumes de produtos.

 

Como funciona o dropshipping?

Imagine que você abriu uma loja virtual, mas não tem espaço e recursos para armazenar todo o estoque de produtos que deseja vender. O que antes era um empecilho para muitas pessoas, tornou-se uma grande oportunidade com o avanço da tecnologia.

Agora, é possível entrar em contato com fornecedores do mundo todo para solicitar seus produtos, sem a necessidade de tê-los fisicamente em algum lugar. Basta pedir os catálogos de produtos disponíveis e anunciar aqueles do seu interesse na sua loja virtual.

Simples, não é mesmo? E pode ser bastante rentável para quem não quer ter o seu próprio produto ou investir muito para dar o pontapé inicial em um negócio online.

 

 

Quais são as vantagens e desvantagens do dropshipping?

Apesar de ser um modelo de negócio bastante atraente, é importante conhecer os dois lados da moeda antes de começar. Por isso, veja quais são as vantagens e desvantagens de apostar neste formato.

 

Principais vantagens

Praticidade

A praticidade de não precisar ter um estoque físico é um dos grandes atrativos do dropshipping, mas esse benefício ainda vai além. Além de não precisar se preocupar com o estoque, toda a parte logística fica com o fornecedor.

Desde a embalagem até o momento da entrega, você só precisa se preocupar em manter contato com o cliente e atualizá-lo sobre o status do seu pedido. Logo, é uma ótima oportunidade para diferenciar o seu atendimento e garantir que ele compre mais vezes.

 

Economia de tempo e dinheiro

Muitas pessoas que ainda têm dúvidas sobre o dropshipping, o que é e como começar, pensam, primeiramente, na questão econômica do formato. Sem precisar investir comprando produtos, sobram recursos para você investir no seu próprio negócio.

Além disso, você também tem mais tempo para gerenciar seu empreendimento online, já que não precisará envolver-se em todo processo logístico. 

Assim, poderá identificar mais oportunidades de vendas, conhecer mais a fundo seu cliente e traçar estratégias de vendas mais assertivas.

 

Principais desvantagens

Falta de controle

O que é uma das principais vantagens para quem deseja vender, também pode ser uma desvantagem no dia a dia. Isso porque, ao estar distante da operação, você não tem acesso a informações importantes, como a confiabilidade da transportadora, a gestão de estoque etc.

Em casos nos quais o produto chega com defeito devido ao transporte ou, pior, não é entregue ao cliente, você tem a responsabilidade de remediar a situação. Isso pode afetar a percepção que o cliente tem da sua loja virtual.

 

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

Gerenciamento de fornecedores

Para garantir que você não fique na mão durante o processo, é importante contar com diversos fornecedores. Isso pode ser um desafio, já que, dependendo da sua escolha, você precisará investir tempo e energia na sua negociação.

A vantagem de poder diversificar seu catálogo de produtos também vem com o desafio de gerenciar diferentes prazos de entrega, com diferentes transportadoras e por aí vai. 

Por exemplo: um cliente que fez um pedido de diferentes fornecedores, poderá ter experiências distintas com ambos.

 

Como começar no dropshipping? 4 passos

Agora que um novo universo de oportunidades abriu-se diante de você, com oportunidades de vendas mais lucrativas e sem grandes investimentos, é hora de colocar a mão na massa. Por isso, veja como começar no dropshipping em apenas 4 passos. 

 

1. Escolha seus produtos 

Sem limites territoriais, é possível escolher entre uma infinidade de produtos nacionais ou internacionais disponíveis  É neste momento que os fornecedores enviam seus catálogos de produtos, de acordo com a sua disponibilidade em estoque. 

É importante ter em mente quem é a persona que você deseja impactar para, assim, vender o que ela precisa. Se o seu interesse é em vender maquiagem, por exemplo, observe quem é o público que compra de outras marcas.

 

2. Escolha a plataforma

Com o catálogo em mãos, é hora de decidir em qual plataforma você disponibilizará seus produtos. Para isso, conte com uma boa ferramenta de hospedagem, para que você tenha as funcionalidades necessárias para vender seus produtos de maneira segura. 

Além disso, considere quais são as ferramentas que a plataforma possui para a sua estratégia de vendas. Já existem algumas totalmente gratuitas e com recursos completos para vendas disponíveis no mercado, como a HeroSpark

 

3. Faça a solicitação ao fornecedor

Após o cliente realizar um pedido na sua loja virtual, você deve encaminhar a ordem de compra para o fornecedor. Assim, ele poderá dar início aos processos logísticos, desde a embalagem do produto até a entrega na casa do cliente.

Essa etapa acontece de maneira “invisível”, ou seja, o seu cliente não precisa saber que se trata de um modelo de negócio dropshipping, o que é e quem fornece os produtos. O importante é que a entrega seja feita no prazo e o produto entregue sem defeitos.

 

4. Fique atento ao pós-vendas

Após encaminhar a solicitação do pedido para o fornecedor, basta aguardar o envio do produto para a casa do seu cliente. Esse processo é de responsabilidade do fornecedor, ou seja, você não precisa se preocupar com o transporte da mercadoria.

Entretanto, caso o produto chegue com defeito ou diferente do esperado, você será responsável por intermediar a situação e garantir a troca do produto ou, em alguns casos, o próprio conserto. Aqui, a logística também fica a cargo do fornecedor.

 

Dropshipping ou infoprodutos: em qual investir?

Tudo vai depender do momento em que você está. Alguns aspectos precisam ser considerados na sua escolha, para que ela seja a decisão mais lucrativa para o momento, como:

  • Desejo vender produtos físicos ou digitais?
  • Possuo um conhecimento que pode ser monetizado? 
  • Tenho interesse em ter o seu próprio infoproduto?

Essas são apenas algumas perguntas que você deve se fazer antes de decidir por qual caminho seguir. Se a resposta for “sim” para as últimas duas perguntas, considere começar o seu próprio negócio com um produto desenvolvido por você! 

Apesar de o dropshipping ter diversas vantagens como a praticidade e a economia de recursos, os infoprodutos também podem ser uma opção, desde que você tenha vontade de começar do zero. 

É um desafio e tanto, porém, pode ser um investimento que gerará bons frutos no futuro, sem a necessidade de depender de outras pessoas para o seu negócio acontecer. 

No entanto, seja para hospedar o seu infoproduto ou a sua loja virtual com o dropshipping, escolha uma plataforma completa para o seu negócio online. 

A HeroSpark conta com recursos que vão desde o funil de vendas, para guiar o seu lead, até a automação de e-mail marketing, para você construir uma relação com seus clientes e mantê-los interessados no que você tem a oferecer. 

Tudo isso em uma plataforma gratuita e com o que você precisa para tornar o seu dia a dia no empreendedorismo digital possível. Portanto, conheça a HeroSpark agora mesmo e veja como impulsionar o seu negócio!

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.