Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Copywriting: exemplos de copy que convertem

foto de close das mãos escrevendo em um exemplo para simbolizar exemplos de copy

Copywriting é uma estratégia utilizada por profissionais de marketing digital para gerar mais tráfego a partir de textos persuasivos e com maior possibilidade de venda para o público-alvo.

Contudo, esse tipo de atividade não é tão simples e requer muito estudo e planejamento. Pensando nisso, separamos alguns exemplos de copy para vendas. Veja mais a seguir!

 

O que é copywriting?

 

Antes de partirmos direto para os exemplos de copy, é importante abordar as técnicas de copywriting. Basicamente, copywriting é uma estratégia utilizada por profissionais de marketing digital para gerar mais tráfego a partir de textos de marketing e venda persuasivos e com maior possibilidade de cativar o público-alvo.

Pode ser feito por meio de e-mails, sites, catálogos, anúncios, carta de vendas e muito mais.

A construção de um texto demanda técnicas específicas dependendo do público-alvo. Um texto escolar, por exemplo, é diferente de um artigo científico ou de uma matéria especial do jornal impresso.

Cada um tem uma linguagem, uma formatação e uma técnica de persuasão diferente.

Se uma pessoa tentar escrever uma redação do Enem com uma linguagem jornalística, provavelmente não vai ser bem avaliada na prova, pois esse não é o objetivo proposto. Algo similar acontece com as técnicas de copywriting no marketing digital.

Como já é sabido, a raiz do marketing é a publicidade e a propaganda. Sendo assim, uma campanha publicitária tenta ao máximo cativar seu público-alvo, seja para vender um produto ou serviço ou transmitir uma ideia. Está aí então, a importância do copywriting para os profissionais da área.

O diferencial do copywriting é a forma como é desenvolvido. Não basta ser uma publicidade ou necessariamente uma propaganda. Esse tipo de técnica requer um bom conteúdo aliado à campanha.

Por isso, apoiarem recursos de inbound marketing e marketing de conteúdo é um fator adicional que agrega muito valor. Afinal, mais importante do que simplesmente vender um serviço ou uma ideia, é transmitir conhecimento.

 

 

Agora que você já sabe o que é copywriting, que tal ver alguns exemplos de copy para aplicar no dia a dia da sua empresa? Confira!

 

5 exemplos de copy para vendas que convertem

 

1. Netflix

A plataforma de streaming Netflix é um ótimo exemplo de conversão de copy, pois mantém uma linguagem simples e objetiva. Mundialmente conhecida, caiu no gosto dos consumidores, principalmente pelo tom democrático e por ter uma gama extensa de filmes, séries, novelas, documentários e demais produções do tipo em seu catálogo.

Um dos principais slogans da marca, é: “Filmes, séries e muito mais. Sem limites. Assista onde quiser. Cancele quando quiser. Experimente grátis por 30 dias”.

Essa frase contém muitos pontos estratégicos como frases curtas e diretas que dão um ar de segurança e objetividade. Se fosse ao contrário, apenas com uma vírgula separando cada parte, o tom de interpretação seria mais suave.

Além do mais, os termos “cancele quando quiser” e “experimente grátis por 30 dias” demonstram como a marca confia no seu potencial e garante o serviço que propõe.

 

2. Uber

A Uber veio com a promessa de facilitar a locomoção das pessoas, simplificar o trajeto para pequenas ou longas distâncias e democratizar as viagens de carro (mais baratas para quem não pode ter um automóvel próprio). A empresa utiliza diversos recursos de copy em sua comunicação.

Ela cria oportunidades ao “colocar o mundo em movimento” e utiliza frases como: “nem todos os heróis usam capa, alguns usam capacetes” para valorizar os motoristas de aplicativo e delivery.

Outra linguagem utilizada é: “Dirija e ganhe. Cadastre-se”. Essa é voltada especialmente para os motoristas e, de cara, demonstra segurança e indica para a pessoa que ali é o lugar onde ela vai conseguir fazer uma renda extra de forma simples e garantida.

 

3. Nike

A Nike é uma marca conhecida mundialmente no ramo esportivo, sobretudo para os atletas. Uma das principais frases utilizadas e mais conhecidas é; “Just do it” que, em português, significa “Apenas faça”.

Com isso, fica clara a mensagem da empresa e a mente de uma pessoa ativa que “não deixa nada para amanhã, apenas vai e faz o que tem que ser feito”.

Um recurso aplicado constantemente pela Nike é a prática de storytelling. A maior parte das propagandas da marca contam histórias e trazem uma narrativa sobre um atleta, uma pessoa, um fato ou uma intenção. Não é à toa que boa parte dessas produções viralizam na Internet.

Uma história bem contada cativa o público, ganha a afeição das pessoas e maior notoriedade. Mas, para isso acontecer, é importante aplicar boas técnicas de copywriting em conjunto e observar exemplos de copy para ter como referência.

 

4. Apple

“Design em toda tela. A maior duração de bateria de um iPhone. Desempenho mais rápido. Fotos com qualidade de estúdio”.

Essa é a apresentação de tela inicial no site da Apple. O que uma pessoa que procura um telefone geralmente deseja, além de um bom design, bateria durável, alto desempenho e fotos com cara profissional?

A marca, líder no mercado, sabe utilizar muito bem as técnicas de copywriting ao seu favor. E, melhor de tudo, conhece o seu público-alvo (falamos muito disso por aqui, na HeroSpark).

A empresa foca em passar as informações mais importantes do produto de maneira objetiva e clara. Além disso, com o acúmulo de fãs ao redor do mundo, atualmente a marca possui um bom marketing “boca a boca” que mantém a sua importante posição no mercado.

 

5. Nubank

Você já quis ter uma vida financeira descomplicada, sem crises ou saldo no vermelho? Convenhamos que esse é um desejo de qualquer um, independente da classe social. Todos queremos ter a confiança de poder bancar as necessidades do dia a dia e viver sem preocupação ou burocracia.

É exatamente isso que o Nubank utiliza em seu copywriting: “Ser Nubank é ter uma vida financeira descomplicada. NuConta com rendimento acima da poupança e cartão de crédito sem anuidade”, como é mostrado na primeira aba do site.

Essa estratégia que utilizam é muito interessante pois aproveita o recurso de CTA (call-to-action) para chamar a atenção nas dores de duas personas principais:

  • Aquela que não deseja mais pagar a anuidade do cartão
  • Quem deseja tirar o dinheiro da poupança para render mais, sem necessariamente fazer investimentos a curto, médio ou longo prazo

O Nubank utiliza gatilhos mentais de exclusividade, persuasão, aprovação social e uma linguagem totalmente leve, simples e descontraída.

 

 

6. Evernote

O Evernote tem como copy a seguinte frase: “Suas notas. Organizadas. Sem esforço. Cadastre-se gratuitamente”.

O aplicativo usou as palavras semânticas referentes ao serviço que ele oferece: nota e organização, e enfatizou que é usado de uma maneira fácil e simples, “sem esforço”, além do cadastro ser gratuito. Quem não quer se organizar facilmente, não é mesmo?

Pesando mais além, é possível imaginar que o app é tão fácil de usar, que o copy nem se deu ao trabalho de fazer uma frase longa: são quatro frases curtinhas, organizadas e lidas sem esforço.

67 headlines para páginas de vendas

 

5 técnicas de copywriting que convertem

Assim como diversas técnicas de marketing, as técnicas de copywriting também precisam ser aplicadas e testadas constantemente, pois nem sempre o que funcionou uma vez vai funcionar sempre.

Da mesma forma, um conteúdo pode gerar mais tráfego que o outro, mesmo com as mesmas estratégias. Tudo depende do interesse do público-alvo e do tema proposto.

Em contrapartida, algumas estratégias funcionam bem em diferentes exemplos de copy para vendas. Por isso, separamos cinco dicas para escrever um bom texto com as técnicas de copywriting. Vamos lá!

 

1. Proporcione uma conexão entre marca e leitor

A conexão é o ponto primordial para qualquer venda, principalmente quando o intuito é gerar mais tráfego com o marketing digital. Muitas vezes, quando o conteúdo é muito técnico ou possui uma linguagem muito formal e fria (sem aproximação ao cotidiano do leitor), pode não criar conexão com a marca.
Logo, a chance dela partir para a concorrência aumenta e isso sem ter algo a ver com o seu produto ou serviço, mas sim com as suas técnicas de copywriting. Dessa forma, utilize elementos de conexão para aproximar o público-alvo da sua marca.

 

2. Indique a especificidade do serviço e os prazos

Você já se imaginou fazendo um curso sem saber o calendário do semestre, o tema das aulas, a data das provas e de entrega de atividades ou sequer quando o curso termina? Pois é. Essa ideia parece surreal, não é mesmo? Da mesma forma acontece com o seu leitor.

Se ele entra em um conteúdo que o encaminha para outras etapas do funil de vendas, ele não saberá o que fazer e irá embora. Então, se você quer apresentar o seu curso, insira um CTA (call-to-action) no texto.

Por exemplo: “Para conhecer mais sobre a HeroSpark e criar o seu funil de vendas em apenas cinco minutos, clique aqui!”

 

3. Gere uma transformação no público-alvo

A maioria das pessoas, independente da área de atuação, está diariamente em busca de mais conhecimento, transformação interna e evolução profissional ou pessoal.

Se isso acontece com quase todos nós, por que com o seu conteúdo seria diferente? O copywriting é capaz de gerar transformação nas pessoas, quando bem feito.

Por isso, ao invés de apenas falar sobre o seu produto, as qualidades do seu serviço ou o posicionamento idealista da sua marca, opte por abordar conteúdos informativos e transformativos.

Assim, o leitor sairá do seu texto sabendo algo diferente, seja uma receita nova ou um conceito diferente de marketing digital.

 

4. Demonstre autoridade no assunto

Autoridade e credibilidade são características essenciais entres esses exemplos de copy para vendas. Mostrar que a sua empresa domina o assunto citado é primordial, pois gera autoridade de mercado e credibilidade entre o público-alvo.

 

5. Utilize a regra da escassez

O gatilho da escassez não é novidade e continua valendo. É como o velho ditado: “a gente só sabe dar valor a algo (ou alguém) depois que perde”.

Quando um tipo de produto ou serviço está escasso no mercado, isso consequentemente torna a sua marca um grande alvo.

Então, esse tipo de inclinação pode ser colocada no seu texto, seja de forma literal ou metafórica.

 

5 técnicas de copy para Instagram

Copywriting é uma estratégia de marketing digital abrangente que, inclusive, também funciona muito bem nas redes sociais. As técnicas de copywriting nas mídias sociais ajudam na captação de mais clientes que, geralmente, estão distribuídos por diversas plataformas diferentes.

Além disso, também facilitam a marca a gerar mais tráfego, seja orgânico ou patrocinado. Veja cinco exemplos de copy para Instagram utilizados por vários profissionais de marketing e influenciadores digitais do mercado.

Como muitos profissionais de marketing e influenciadores digitais utilizam esse recursos, saiba cinco exemplos de copy para Instagram!

 

1. Arraste para cima

O primeiro de tudo, e muito básico, é o famoso “arraste para cima”. Nem todas as contas têm essa função disponível, ora pelo número de seguidores (para ativar esse ícone, é necessário ter, pelo menos, 10 mil seguidores), ora pela verificação da conta.

Para quem tem essa ferramenta ativada, é essencial utilizá-la para divulgar os posts do seu blog, os produtos ou serviços disponíveis no catálogo, um conteúdo extra ou até o site de algum parceiro de negócios.
Se você tem essa opção, não desperdice! Caso contrário, insira o link na bio do seu perfil do Instagram e avise as pessoas que, se clicarem, terão acesso ao conteúdo citado ou a um mega desconto, por exemplo. Além disso, a técnica de CTA (call-to-action) é um ótimo recurso nesses casos.

 

2. Utilize verbos de ação

“Compre”, “acesse aqui”, “clique aqui e veja mais”, não perca tempo e faça o seu pedido”, “cadastre-se gratuitamente”, dentre outras frases, podem ser o fator decisivo para a tomada de ação do seu lead.

Não exagere nos verbos de ação, mas utilize de modo estratégico a fim de evidenciar as técnicas de copywriting capazes de persuadir e mexer com os sentimentos e desejos dos clientes.

 

3. Elabore bons títulos e legendas

Os títulos e as legendas dos seus posts no Instagram são as chamadas principais para ganhar novos cliques e gerar mais tráfego. Contudo, se feito de maneira equivocada ou superficial, pode ser um “tiro no pé”. Então, estude diversos modelos de títulos e legendas até chegar na postagem ideal.

Vale a pena gastar tempo com a sua equipe elaborando as melhores estratégias. Afinal, é o que os profissionais de marketing fazem diariamente.

 

4. Mostre números e pesquisas que demonstrem relevância

Muitas vezes, para garantir que você tem autoridade no assunto, vale a pena investir nas métricas e números relevantes de sua marca. Mostrar para o público o número de acessos ao seu curso ou ao seu produto pode ajudar na tomada de decisão.

Por exemplo: se você acabou de lançar um curso sobre marketing digital e a metade das vagas foram ocupadas em menos de 1 hora, avise o seu público. Isso tem a ver com a regra de escassez do mercado, além de evidenciar a sua autoridade e credibilidade no assunto.

Logo, quem queria fazer o curso, mas ainda estava na dúvida, vai correr para se inscrever e garantir uma vaga.

 

5. Conte boas histórias

Contar histórias é sempre uma boa estratégia. Afinal, não é à toa que filmes e livros são utilizados como opções de lazer independente da época. Uma boa história sempre cativa novos “ouvidos” e “olhares”.

Por isso, conte a história da sua marca, humanize as suas ações, exiba os bastidores e crie campanhas que dialoguem com o propósito do seu produto ou serviço.

 

Dica bônus: programa de aceleração da HeroSpark

A nossa dica bônus, válida tanto para os exemplos de copy para vendas, quanto para os exemplos de copy para Instagram, é o programa de aceleração da HeroSpark: o SparkStart.

 

SparkStart

O programa de aceleração SparkStart oferece tudo o que é necessário para criação de um produto digital lucrativo, desde estratégias práticas até a ferramenta necessária para implementar tudo e começar a ter as primeiras vendas.

É um pacote completo e perfeito para tirar as suas ideias do papel. E, o melhor de tudo, é GRÁTIS. Clique aqui e cadastre-se!

Por fim, conte-nos abaixo o que achou dos nossos exemplos de copy para vendas e exemplos de copy para instagram. Todos os profissionais de marketing digital precisam estar engajados em técnicas de copywriting para cativar a atenção do público-alvo e gerar mais tráfego para a sua marca.

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …