Para quem deseja empreender, um dos grandes desafios é encontrar um produto que não exija grandes investimentos e que seja rentável. Nesse sentido, uma ótima alternativa é trabalhar com produtos para revenda. Mas você sabe como isso funciona?

Neste artigo, vamos lhe apresentar os melhores produtos para revenda para que você possa começar a faturar muito ainda este ano. São 15 opções para escolher e começar a escalar suas vendas na internet. Portanto, confira!

1. Roupas

Os itens de vestuário fazem parte de uma categoria de produtos com alta demanda e são uma opção com boa margem de lucratividade. Isso porque é possível adquirir roupas em grande quantidade a preços mais baixos.

Cidades como Blumenau e Brusque, em Santa Catarina, e Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, são grandes centros para quem deseja adquirir roupas de boa qualidade e com alto valor de revenda. 

Mas, para isso, é necessário ter um capital inicial para investir e começar suas vendas com um bom estoque. Caso você não possa dispor desse investimento, uma alternativa é buscar lojas de atacado ou representantes de fábricas que permitam a venda por consignação.

Nesse modelo de revenda, você recebe uma quantidade de peças sem custo inicial e realiza o pagamento apenas das roupas vendidas. Assim, ao final do período de consignação, você deve devolver as peças restantes. 

 

2. Cosméticos

Os cosméticos representam um modelo de negócio tradicional e lucrativo e são um dos melhores produtos para revender por terem um público amplo.

Esse modelo de negócio vem garantindo a independência financeira de muitas pessoas, especialmente de mulheres que construíram uma renda revendendo cosméticos por meio de catálogos.

Nos últimos anos, muitas dessas marcas passaram a oferecer a opção de revenda por meio de catálogos online, entre elas podemos citar:

  • Natura;
  • Boticário;
  • Avon;
  • Eudora;
  • Jequiti.

Para garantir o sucesso de vendas, é muito importante que você conheça o seu público e aposte em cosméticos de preços variados para garantir uma escalabilidade.

 

3. Itens de bem-estar

Além dos produtos cosméticos, outros itens voltados para cuidados e bem-estar passaram a ter um alto volume de vendas nos últimos anos. 

Os cremes especiais para skincare e até mesmo óleos essenciais para aromaterapia são produtos com grande demanda e que podem garantir o sucesso do seu e-commerce.

Esses itens são vantajosos também por propiciar revendas em conjunto, como, por exemplo, a venda de óleos essenciais e difusores.

Entre as vantagens de investir nesse segmento, podemos destacar:

  • Atratividade;
  • Recorrência;
  • Boa demanda;
  • Fidelização;
  • Baixo investimento.

Para começar a trabalhar com esses produtos para revenda, é preciso encontrar fornecedores online ou realizar uma pesquisa em sua região para conhecer boas ofertas.

 

4. Calçados 

Assim como as roupas, os sapatos e as sandálias também são alguns dos melhores produtos para revender e conquistar um público recorrente. 

Você pode, por exemplo, criar uma página de vendas e realizar campanhas nas redes sociais para impulsionar seu negócio.

O investimento inicial é atrativo, principalmente se você conseguir o fornecimento direto das fábricas de calçados. 

Vale dizer que os principais polos calçadistas do país são:

  • Franca, em São Paulo;
  • Polo de Campina Grande, na Paraíba;
  • Cidades do Vale do Rio dos Sinos, no Rio Grande do Sul;
  • Polo de Nova Serrana, em Minas Gerais;
  • Polo de São João Batista, em Santa Catarina.

Além da compra direto das fábricas, também é possível negociar com os fabricantes itens por consignação, o que pode lhe ajudar a começar seu negócio de revenda de calçados sem precisar de uma grande soma para investir.

 

5. Semijoias

A revenda de semijoias e bijuterias é extremamente atrativa, especialmente se você realizar uma boa curadoria de peças que sigam a tendência do mercado da moda. 

Normalmente, são um segmento de baixo custo de aquisição e com grandes marcas que oferecem planos de consignação. 

O segredo para garantir o sucesso na revenda de semijoias e bijuterias é verificar a qualidade dos produtos. 

Então, se você pensa em revender nesse nicho, realize uma boa pesquisa e aposte em produtos de marcas consolidadas e reconhecidas pelo público.

 

6. Aparelhos eletrônicos 

Uma aposta alta para quem quer começar no mercado de revendas é investir em produtos eletrônicos. Esses itens possuem um alto valor agregado e são considerados produtos de desejo dos consumidores.

O grande desafio, caso você queira revender produtos eletrônicos, é a competição com as gigantes do varejo. Porém, com uma boa estratégia de marketing digital, é possível conquistar seu lugar no mercado e ter uma ótima margem de lucro. 

 

 

7. Artigos de decoração

Em crescimento no mercado, os itens de decoração são uma dica quente para quem busca produtos para revenda na internet. 

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

Assim, alguns exemplos de produtos são:

  • Tapetes;
  • Vasos;
  • Quadros;
  • Peças de cerâmica, etc.

Outra possibilidade é a revenda de artigos de artesanato, em especial itens regionais que podem ser adquiridos com artesãos locais. Peças de barro, de palha e couro são bastante procuradas por decoradores profissionais e consumidores em geral.

 

8. Produtos importados

Já imaginou ganhar dinheiro revendendo produtos das principais marcas do mundo? Isso é possível por meio da importação de produtos. 

Hoje já existem diversas empresas que viabilizam os trâmites de importação e até possuem catálogos para você escolher quais itens deseja importar.

Além disso, saiba que também é possível revender produtos importados pela modalidade de dropshipping

Para quem não sabe, o dropshipping é semelhante à venda por meio de catálogos, mas você não precisa se preocupar com estoque ou qualquer outro trâmite logístico. Sua única preocupação é revender os produtos e criar anúncios para alavancar as vendas.

 

9. Livros e e-books

Com um público recorrente e com boa chance de segmentação, investir na revenda de livros e e-books é uma ótima oportunidade, além de garantir uma boa rentabilidade. 

Isso porque é possível trabalhar de variadas formas, tanto com a consignação direta com as editoras como na modalidade de dropshipping.

 

10. Produtos para animais de estimação 

Você já deve ter percebido o crescimento do mercado de produtos para pets, com uma gama de produtos para revenda de higiene, alimentação, vestuário e bem-estar dos bichinhos, não é mesmo?

Decorrente da mudança cultural e da conscientização dos tutores, o aumento da demanda por itens para animais de estimação mostra que o aquecimento do mercado é recorrente.

Então, apostar na revenda desses produtos é um excelente investimento se você busca por um segmento em crescente demanda e com alta lucratividade.

 

11. Refeições fitness

Com um cotidiano cada vez mais acelerado e com a busca por equilíbrio entre produtividade e saúde, oferecer refeições fitness pré-prontas pode ser uma escolha interessante para iniciar suas revendas.

Já existem diversas marcas de alimentação individual congelada que permitem a revenda. Mas é muito importante manter a atenção no que diz respeito aos padrões de qualidade. 

Outro ponto interessante é que você pode construir parcerias para distribuição do seu produto em academias e empresas, gerando, assim, uma recorrência. 

 

12. Suplementos alimentares

Na mesma tendência da busca por uma melhor qualidade de vida em meio a rotinas de produtividade cada vez mais intensas, os suplementos alimentares também têm se destacado bastante. 

Antes procurados apenas por atletas de alta performance, produtos como polivitamínicos, shakes e bebidas isotônicas passaram a ser utilizados por pessoas que aliam uma rotina de exercícios físicos a uma alimentação balanceada.

Portanto, os suplementos alimentares também podem ser considerados como bons produtos para revenda em razão da alta demanda. 

 

13. Dispositivos vestíveis 

Os produtos com alto apelo de consumo e considerados itens de desejo da maioria dos consumidores são alguns dos melhores produtos para revender no mercado digital.

Um exemplo de item de desejo são os wearables, também conhecidos como dispositivos vestíveis. São aparelhos que possibilitam a integração com softwares e outros dispositivos digitais e criam uma experiência de conexão para seus usuários. 

Entre eles podemos destacar:

  • Fones de ouvido sem fio;
  • Relógios com conexão bluetooth;
  • Pulseiras para acompanhamento de frequência cardíaca e perda de calorias;
  • Oculus Rift.

 

14. Utilidades domésticas

Os produtos de utilidade doméstica facilitam o dia a dia e, por isso, se tornaram o sonho de consumo de quem busca praticidade e automação de tarefas. 

Logo, revender esses produtos pode atrair um público disposto a investir alto para ter um cotidiano mais prático. 

Entre os utensílios que você pode revender na sua página de vendas, podemos citar:

  • Robô aspirador de pó;
  • Panelas elétricas;
  • Dispositivo de assistente virtual, etc.

 

15. Itens para home office 

Nos últimos anos, muitas empresas passaram a operar em trabalho remoto. Por isso, a busca por equipamentos para home office disparou. 

Além disso, houve o crescimento de novos negócios digitais, o que fez com que esses empreendedores também buscassem por itens que facilitassem o trabalho online. 

De cadeiras ergonômicas a microfones para transmissões de lives e podcasts, todos os produtos tiveram aumento nas vendas. Portanto, garantir uma parcela desse mercado é uma boa dica de produtos para revenda.

Mas para garantir que a sua estratégia de revenda tenha sucesso, é necessário saber se destacar no mercado digital. Para isso, você precisa criar anúncios de impacto para atrair pessoas até sua página de vendas.

Quer saber como isso é possível? Então baixe gratuitamente o e-book “42 modelos de anúncios que convertem” e descubra como gerar conversões e garantir o seu sucesso de revendas no digital.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.