Como vender na internet gratuitamente: 7 formas para começar hoje!

Muita gente tem vontade de saber como vender na internet gratuitamente. Afinal, ao trabalhar por esse canal, você pode alcançar mais pessoas, além de conseguir criar uma rotina mais flexível, podendo trabalhar de onde quiser e no melhor horário para você.

Porém, pode ser difícil encontrar formas confiáveis de começar a vender na internet. Muitas delas podem oferecer ganhos pequenos ou que não conseguem se manter com o passar do tempo, tornando-se apenas um trabalho temporário.

Sendo assim, se você quer evitar isso e começar a vender de verdade na internet com a possibilidade de escalar seus ganhos, confira neste post as 7 formas que existem para iniciar suas vendas online sem precisar de altos investimentos nesse negócio! Boa leitura!

1. Crie uma loja online em plataformas gratuitas

A primeira forma de como vender na internet gratuitamente é a mais conhecida de todas: criar uma loja online. Para quem não sabe, as principais vantagens dessa opção são:

  • Ter uma ou mais páginas com um visual personalizado;
  • Poder adicionar as informações de todos os seus produtos em um local só;
  • Fazer o público sentir mais confiança em você por possuir um ambiente próprio;
  • Facilitar na hora da divulgação, já que é só compartilhar o link da loja;
  • Sua loja pode aparecer nos resultados do Google, o que aumenta as chances de venda.

Além disso, existem diversas plataformas gratuitas de criação de lojas virtuais que oferecem um sistema pronto para você utilizar. Assim, você tem acesso a sistemas de pagamento e frete integrado, além de funções de criação de cupons e promoções.

Alguns exemplos de plataformas assim são o Wix e a Loja Integrada.

2. Aposte em marketplaces

Outra forma de como vender na internet gratuitamente é criando uma loja virtual nos marketplaces. Esses espaços online funcionam como um grande shopping virtual que reúne diversas lojas em um só lugar. 

Vale dizer que a vantagem de vender em marketplaces é que eles já possuem um público formado de consumidores que realizam suas compras por lá. Assim, é mais fácil ser encontrado e conseguir realizar boas vendas pelo ambiente.

 Alguns exemplos de marketplaces bons e gratuitos para você começar são:

  • Mercado Livre;
  • Americanas;
  • Amazon;
  • Magalu.

E assim como as plataformas de lojas online, os marketplaces já contam com sistemas prontos de pagamento e entrega de pedidos para os clientes. Dessa forma, seu único trabalho será o de cadastrar os produtos e divulgar sua loja!

3. Use o WhatsApp Business

Por mais que não pareça à primeira vista, o WhatsApp pode ser um ótimo canal para você começar a vender na internet gratuitamente. Podemos ver isso a partir das funcionalidades de vendas que a versão Business já possui. Por ela você consegue:

  • Receber pagamentos nas conversas;
  • Adicionar seu catálogo de produtos;
  • Divulgar promoções com seu público.

Além disso, você pode facilmente segmentar sua audiência pelo WhatsApp a partir de seus interesses. Isso é feito ao criar grupos ou listas de transmissão, nos quais você pode enviar produtos e promoções para o público que mais se interessa pelo produto.

Aqui, também é importante considerar que, geralmente, o WhatsApp não é utilizado sozinho. Ou seja, você deve aliá-lo a uma loja virtual ou a uma página de vendas que tenha criado em plataformas gratuitas ou em marketplaces.

No entanto, é bem comum ver algumas lojas usando o WhatsApp como forma de fidelizar e reter quem já é cliente. Assim, pode ser uma boa ideia usar o canal como forma de enviar promoções exclusivas para quem já comprou de você.

4. Faça parte de um programa de afiliados

Agora, se você não possui um produto físico nem digital para vender, mas quer trabalhar com vendas na internet, talvez o mais indicado seja entrar em um programa de afiliados.

Um programa de afiliados é basicamente uma estratégia de marketing na qual você ajuda a divulgar um produto de terceiros, seja ele físico ou digital.

Para isso, você precisa se afiliar a uma loja virtual ou infoprodutor. Assim, você atuará divulgando os produtos e ganhando uma comissão toda vez que uma pessoa comprar o produto a partir do seu link de afiliado.

Para participar desses programas, você pode entrar em plataformas que oferecem uma intermediação entre o infoprodutor e o afiliado. Nelas, você consegue encontrar os produtos e decidir qual deles vai divulgar para conseguir ganhar comissão nas vendas.

Alguns exemplos de plataformas famosas que oferecem um programa de afiliados é a Shoppe e a HeroSpark

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

5. Utilize o Instagram Shopping

Além do WhastsApp, também existem outras redes que você pode usar para fazer vendas online. Uma delas é o famoso Instagram.

A rede social que começou sendo apenas um aplicativo de compartilhamento de fotos, hoje se tornou um grande canal para fazer vendas. Isso porque, ela foi se atualizando e adicionando funcionalidades de vendas, como o Instagram Shopping.

A partir dele, você consegue marcar os produtos que aparecem nas suas fotos do feed. Com isso, o cliente consegue clicar e acessar mais informações acerca daquele produto e até entrar no seu site.

Dessa forma, ele permite que você consiga realizar vendas online de forma gratuita a partir de apenas uma foto do seu perfil. 

Mas aqui é importante ressaltar que, diferente dos marketplaces e das plataformas de lojas virtuais, o Instagram ainda não possui a funcionalidade de receber pagamento no Brasil e nem integração com sistema de frete.

Sendo assim, ao começar a vender no Instagram Shopping, é preciso ter um meio para permitir que o cliente realize o pagamento da compra.

Para isso, você pode aliar essa estratégia com uma loja virtual ou marketplace que você possua conta, ou então redirecionar os clientes para sua DM, onde você pode enviar um link de pagamento para que eles concluam a compra. 

6. Aposte no Facebook Marketplace

Outra rede social que também se atualizou e investiu em funcionalidades de vendas foi o Facebook, que criou um marketplace na plataforma.

A partir dele, todas as pessoas que possuem uma conta na rede conseguem anunciar diversos tipos de produtos e conversar com os interessados a partir do Messenger. 

Assim como o Instagram Shopping, o Facebook Marketplace não possui um sistema de pagamento. Dessa forma, será necessário redirecionar o público para o seu site ou criar um link de pagamento.

7. Crie uma página de vendas em uma plataforma gratuita 

Por último na nossa lista de como vender na internet gratuitamente, uma forma bem interessante de você realizar vendas online é criando uma página de vendas em uma plataforma gratuita, como a HeroSpark. 

Uma página de vendas, também conhecida como landing page, é basicamente uma página comum na internet que você cria para divulgar um produto. 

Assim, nessa página, você pode separar todas as informações do produto, seu preço e, principalmente, as avaliações e depoimentos de clientes.

Para você ter uma ideia melhor do que é uma página de vendas, confira a página da Carine Holística, que foi criada na HeroSpark para divulgar seu curso online.

Print de tela de página de vendas

Na página, ela mostra mais informações sobre como será o seu curso com todos os detalhes de cada aula.

Print de tela de página de vendas
Print de tela de página de vendas - opção de como vender na internet gratuitamente

Além disso, ela também adiciona os depoimentos das alunas.

Print de tela de página de vendas - opção de como vender na internet gratuitamente

E o que a pessoa ganha de bônus ao comprar naquele momento.

Print de tela de página de vendas - opção de como vender na internet gratuitamente

Essa página que a Carine fez foi montada de graça na plataforma da HeroSpark!

Com a gente, você consegue criar várias páginas no seu estilo e ainda acessar:

  • Um editor de página fácil e intuitivo;
  • Sistema de pagamento integrado;
  • Modelos prontos de página de alta conversão.

Se você quer criar uma página de vendas e, assim, começar a vender na internet gratuitamente, vem com a gente fazer esse objetivo se tornar realidade!

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.