herospark comece grátis agora

Buscando modelos de landing page para inspirar a criação da sua? Então este artigo é para você!

Para obter sucesso com esse tipo de página web, é preciso levar em consideração diversas características, como bons títulos, descrições, imagens de qualidade e que chamem atenção, formulário bem elaborado, um bom layout, entre outras.

Mas como alcançar um equilíbrio entre todos esses fatores? Uma das formas é buscando inspiração em landing pages de sucesso de outros profissionais. Fizemos uma seleção para te ajudar nisso!

Mas antes, vamos entender o que é uma landing page e qual é a importância dela para o seu negócio.

 

Modelos de landing page: o que são e qual a sua importância

O termo landing page, também conhecido como “página de aterrissagem” ou “página de captura” se refere a um local onde as pessoas preenchem um formulário para receber algo em troca. Ao concluir esse processo, elas deixam de ser apenas visitantes e se tornam leads ou clientes.

Esse tipo de página web é utilizado para divulgar um produto ou serviço e para captar dados relevantes sobre possíveis clientes.

Você pode utilizar uma landing page para disponibilizar um e-book gratuito, por exemplo, e receber em troca dados das pessoas que fizerem o download, como nome, e-mail e telefone.

As landing pages são muito importantes para quem deseja estudar formas de atingir um público, criar uma lista de leads qualificados e estabelecer uma relação mais próxima com essas pessoas. 

Elas tambémpodem ser usadas para a venda concreta, já que nelas é possível incluir uma página de checkout (página de pagamento). Essas landing pages são chamadas de páginas de conversão.

A estrutura de uma landing page

  • Título: geralmente a primeira frase que as pessoas leem ao acessar a página;
  • Subtítulo: costuma ficar logo abaixo do título e deve estar alinhado ao conteúdo;
  • Formulário: é onde é realizada a submissão de dados. Lembre-se que não é ideal exigir muitas informações do lead, pois o cliente pode se sentir inseguro ou intimidado. Nome e email são suficientes;
  • Identidade visual: a construção do layout é muito importante, pois é ela a responsável por fazer com que o visitante direcione o olhar para onde você deseja – nesse caso, o formulário;
  • CTA: o call to action (ou chamada para ação) é utilizado para incentivar as pessoas a fazerem alguma ação após lerem o conteúdo da sua landing page. Ele deve estar alinhado ao objetivo da sua página;
  • Conteúdo persuasivo: o conteúdo de uma landing page sempre deve estar alinhado ao objetivo de ela existir. Você deve falar dos benefícios que o seu produto entrega à audiência, bem como utilizar gatilhos mentais ao seu favor.

Agora que você já sabe o que é uma landing page e qual a sua importância, é hora de conferir alguns exemplos que podem inspirar você na construção da sua próxima página. 

 

3 Modelos de landing page

Viva da sua paixão

Esse é um exemplo de landing page criada para divulgar um evento online.

Repare que, logo no início, foi utilizado um título atraente, “Viva da sua paixão”. Afinal, quem não quer viver da própria paixão? Logo abaixo, o subtítulo já apresenta a data e horário, para que o visitante identifique desde o início se há a possibilidade de participar, conforme sua agenda.

A informação de que o evento é online e gratuito recebe destaque, em cor rosa.

Como já citamos aqui, o ideal é que o formulário solicite apenas duas informações: nome e e-mail. Isso passa mais segurança, afinal, ninguém quer sair por aí passando dados pessoais para desconhecidos, não é mesmo?

Logo abaixo, foram inseridos os nomes, profissão e imagem dos profissionais que participaram do evento. Isso passa credibilidade para o visitante e torna o produto mais atrativo.

Na seção seguinte, temos a programação do evento, apresentada de forma prática e simples.

Na próxima seção, temos os logos dos patrocinadores e, em seguida, mais informações sobre os profissionais que estiveram ministrando o evento. Esses são os mesmos profissionais que aparecem na seção inicial da landing page. Agora, foi inclusa uma descrição sobre eles, bem como um botão para que o visitante possa conhecer mais sobre eles no LinkedIn. Essa é uma forma de gerar autoridade, mostrando que as pessoas que desenvolvem o evento são especialistas.

Em seguida, temos um portfólio que destaca novamente que os participantes do evento são autoridade no assunto.

Por fim, foi inserido um rodapé, que é mais um formulário, utilizado como uma “última chance” para que o visitante se inscreva, se tornando, assim, um lead.

 

Ferramenta gratuita + Masterclass

Esse é um exemplo de landing page mais curta, que vai direto ao ponto. É um modelo muito utilizado para quem produz conteúdos para blogs, por exemplo, e deseja apenas ter um espaço na web para captar leads e disponibilizar conteúdos.

A ideia é a seguinte: se você produz um conteúdo sobre um assunto específico em seu blog e deseja divulgar um e-book ao final de cada texto, você pode inserir links que levem para landing pages como esse exemplo. 

A pessoa já vai ter sido introduzida ao assunto em seu blog post. Ela só precisa ter um espaço onde poderá inserir seus dados para baixar o material.

Repare que nesse exemplo foram inseridas poucas informações:

  • Título atraente
  • Subtítulo reforçando os benefícios do conteúdo
  • Capa do e-book inserida em um mockup de um leitor de livros digital
  • CTA
  • Formulário

 

Os Segredos do Churrasco

Nesse caso, temos uma landing page para captura de clientes (página de conversão).

O título “Os Segredos do Churrasco por Lamonnyel” traz dois pontos interessantes para serem analisados:

  • “Os segredos do churrasco”, por si, já é um título que chama atenção, pois mostra que, ao comprar o curso, o aluno terá acesso a informações que não estão disponíveis para qualquer pessoa. 
  • “por Lamonnyel” traz o gatilho da autoridade. O nome do professor foi aplicado desde o início, mostrando que não é qualquer pessoa que está disponibilizando o conteúdo, mas sim Lamonnyel, alguém que é especialista e renomado no seguimento. As pessoas gostam de aprender com quem sabe do que está falando. Se você realmente for uma autoridade no seu segmento, investir nessa estratégia pode trazer bons resultados.

Com relação à construção da landing page, podemos analisar alguns aspectos. Na primeira seção, temos o título, que já foi analisado acima. Depois, temos um subtítulo, onde é explicado em menos de duas linhas o que o aluno irá aprender com o curso. Em seguida, há o preço do produto e um botão que leva para a página de checkout (página de pagamento).

Ainda na mesma seção, foi inserido um vídeo com Lamonnyel convidando os alunos a participarem do curso. Essa é uma forma de trazer mais segurança para os alunos, tendo um contato com quem dará as aulas. 

Na lateral da mesma seção, temos novamente o preço do curso e um botão para a página de pagamento, com algumas informações sobre garantia de pagamento, bandeiras de cartões aceitas, certificado e tempo de acessibilidade ao curso. Todas essas informações trazem mais clareza e segurança para quem deseja investir no material.

Abaixo, há todo o plano de aula do curso e, no rodapé, há novamente o botão para inscrição.

Crie sua própria landing page

Se quiser algumas dicas para criar a sua própria landing page, assista a esse vídeo:

E aí, gostou dos exemplos? Algum deles tem a ver com a landing page que você deseja criar? Na HeroSpark você encontra diversos templates prontos e gratuitos, nos quais você só precisará preencher as informações sobre o seu negócio e produto.

Não perca tempo, cadastre-se na HeroSpark e crie landing pages, hospede seu curso, ebook ou mentoria e comece agora mesmo a sua jornada de sucesso no empreendedorismo digital. Tudo gratuitamente!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *