Plano de vendas: aprenda como criar um para o seu negócio! [GUIA 2023]

Plano de vendas: aprenda como criar um para o seu negócio! [GUIA 2023]

Você tem um bom plano de vendas montado para a sua empresa no ano de 2023?

Se a resposta for “não”, saiba que ainda há tempo de você elaborar a sua estratégia de vendas para o ano e, assim, atingir os objetivos do seu negócio!

Para te ajudar com isso, separamos 8 passos neste post para você criar um plano de vendas que dê resultados. Além disso, no final do conteúdo, ainda mostramos uma ferramenta que pode ajudar você a fazer boas vendas em 2023!

Boa leitura!

O que é plano de vendas?

Um plano de vendas é uma forma prática de organizar todas as táticas que você utilizará no ano para atingir as principais metas do seu negócio.

A partir dele, é possível elaborar um plano de ação, no qual você documentará a sua estratégia de vendas para fazer seu negócio crescer e atingir seu principal objetivo.

Para isso, um plano de vendas costuma ter tarefas, marcos e prazos, além de delegar as principais atividades para cada pessoa do seu time. 

Assim, ao ter o plano de vendas, você consegue orientar melhor seus vendedores, parceiros e afiliados digitais para que todos trabalhem de forma mais alinhada.

Quais são as vantagens de criar um plano de vendas?

Ter um plano de vendas e, mais importante que isso, criar o hábito de elaborar um todos os anos, pode trazer inúmeros benefícios ao seu negócio, como:

  • Aumentar as vendas ao longo do ano;
  • Analisar seu desempenho com mais clareza;
  • Ganhar destaque frente a concorrência;
  • Identificar e evitar erros nas estratégias. 

Ao trabalhar com um plano, fica mais fácil para você transformar as metas do seu negócio em resultados reais, otimizando o desempenho da sua empresa como um todo.

Como elaborar um plano de vendas?

Até aqui você já entendeu a importância de ter um bom plano de vendas para o seu negócio, certo? Agora está na hora de aprender a criar o seu.

Para isso, é importante ter bastante planejamento e, principalmente, definir objetivos alcançáveis para orientar toda a estratégia.

Para ajudar você com isso, separamos abaixo um passo a passo que pode ajudar você a criar um plano de vendas duradouro e que não seja abandonado pela equipe após alguns meses. 

1. Analise o cenário atual

O primeiro passo para criar o seu plano de vendas é olhar para dentro do seu negócio. Nesse momento, você deve analisar seus resultados de vendas do ano anterior e identificar o que deu certo e quais estratégias não funcionaram.

Também é interessante trabalhar com a famosa matriz SWOT, que ajuda a definir e organizar as principais forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do seu negócio.

Assim, fica mais fácil para criar metas que realmente façam sua empresa crescer.

Por isso, após criar a sua matriz SWOT, você já pode começar a rascunhar algumas metas para o seu negócio. Mas não se preocupe em defini-las 100% agora. Isso é algo que você vai trabalhar mais para frente, quando tiver mais informações.

2. Analise seu mercado de atuação

Após olhar para dentro do seu negócio e identificar seus pontos positivos e de melhoria, chegou o momento de você olhar para fora e começar a estudar seu mercado de atuação.

Aqui, você pode fazer uma análise dos seus concorrentes e, assim, identificar os principais movimentos e estratégias que eles implantaram ao longo do ano.

Além disso, é interessante que você confira pesquisas e relatórios sobre tendências, para entender para onde seu mercado está indo e, assim, conseguir caminhar junto dele. 

3. Escolha os produtos que você vai focar

Para que seu plano de vendas consiga oferecer uma orientação ainda mais completa, o que acha de revisar seu mix de produtos?

Ao fazer essa revisão, você pode identificar e selecionar produtos para:

  • Aumentar as vendas;
  • Remover do mix de produtos ou refazê-los;
  • Criar novos de acordo com as necessidades do seu mercado.

Então, na hora de criar o seu plano, é fundamental que você verifique os seus produtos ou serviços para decidir de forma mais estratégica como você irá ofertá-los ao mercado.

acelerador digital

4. Tenha o perfil do seu cliente ideal

Além de analisar seu mix de produtos, também é interessante revisar o seu perfil de cliente ideal. Afinal, a persona que criamos para o nosso negócio pode sim mudar conforme o tempo e o mix de produtos oferecidos. 

Sendo assim, pode ser interessante analisar o perfil que você tem e até desenvolver outro que fique mais alinhado com sua oferta de produtos e as metas que rascunhou.

5. Defina metas de negócio

Agora sim você irá definir de verdade as metas do seu negócio digital. Para isso, é interessante que você trabalhe com a famosa metodologia SMART.

A partir dela, você consegue definir metas que são específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo.

Alguns bons exemplos de metas SMART são:

  • Aumentar as vendas em 38% até o mês de maio;
  • Converter 300 pessoas do meio para o fundo de funil até novembro;
  • Reter 50% dos clientes com a venda de novos produtos com condições especiais.

As metas SMART ajudam você a ter mais clareza sobre os rumos do seu negócio. Então, agora pode ser um bom momento de você revisitar as metas que rascunhou no primeiro passo e transformá-las em metas inteligentes!

6. Crie um plano de ação

Com as metas prontas, você já poderá criar de fato o seu plano de ação! Para isso, olhe para suas metas e pense nas ações que você precisa fazer para torná-las realidade.

Basicamente, nessa etapa você vai começar a traçar suas principais estratégias de vendas para o ano e definir como aplicá-las nos próximos meses.

Para isso, é interessante que você já comece a pensar nas principais tarefas que precisam ser feitas e separá-las por etapas.

Por exemplo: vamos supor que você identificou que, para “converter 300 pessoas do meio para o fundo de funil”, você precisa desenvolver materiais ricos. Para isso, você pode ter que fazer as seguintes atividades:

  • Identificar necessidades da persona;
  • Pensar qual material soluciona os problemas dela;
  • Produzir o texto do material;
  • Diagramar e adicionar elementos de design;
  • Criar landing page;
  • Desenvolver e-mail marketing;
  • Divulgar o material;
  • Analisar os resultados.

Essas são as principais atividades desse objetivo. Agora que estão definidas, você pode separar por etapas para facilitar. No exemplo acima, é possível dividir as tarefas em:

  1. Planejamento;
  2. Produção;
  3. Divulgação;
  4. Análise.

Ao dividir em etapas, fica mais fácil de ver a ordem que cada conjunto de atividades deve ser feito para alcançar a meta estabelecida. 

7. Estabeleça prazos e marcos

Outra prática que pode ajudar muito no seu plano de vendas é definir marcos e prazos para suas metas. Os marcos são como se você estivesse quebrando uma grande meta em outras menores. 

Por exemplo: se uma empresa deseja aumentar a geração de leads em 30%, ela pode definir que todos os meses a geração aumente em 2,5%. Este será seu marco.

Assim, ao quebrar uma meta, você consegue manter sua equipe mais motivada para realizar uma pequena meta de cada vez.

Além disso, adicionar um prazo ajuda a dar um senso maior de urgência para que as ações sejam feitas e aprimoradas para alcançar aquela meta.

8. Cuide do plano de vendas

Se você completou todos os passos acima, já terá um bom plano de vendas em mãos.

Mas, para que o plano tenha consistência e não seja abandonado depois de 2 ou 3 meses, é preciso que você sempre revisite-o e analise como está o andamento das estratégias.

Para isso, você pode marcar reuniões semanais, quinzenais ou mensais para ver como as atividades estão se desenvolvendo.

Nesse cenário, é importante não ter medo de mudar alguma ação no plano de vendas. Muitos empreendedores podem ficar presos ao plano por querer realizar tudo o que foi definido, e assim acabam perdendo ótimas oportunidades.

Aqui é preciso considerar que é comum o plano de vendas mudar, já que o mercado e o público que você lida também se alteram.

Nesses momentos é importante considerar a mudança, analisá-la e adaptar o seu plano de vendas para que você continue alcançando suas metas. 

E para facilitar este último passo de cuidar do plano de vendas, é imprescindível contar com boas ferramentas que permitam que você possa:

  • Analisar métricas de vendas;
  • Visualizar melhor seu funil de vendas;
  • Automatizar diversos processos do negócio.

Uma ferramenta que oferece tudo isso e muito mais é a HeroSpark! Venha conhecê-la para decolar as suas vendas!

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *